O trabalho em parceria como instrumento de desenvolvimento profissional de professoras que ensinam matemática

Autores

DOI:

https://doi.org/10.14244/198271996252

Palavras-chave:

Noções Espaciais, Práticas Colaborativas, Aprendizagens Docentes, Pesquisa Narrativa.

Resumo

O presente texto, recorte de uma investigação de doutorado, na modalidade pesquisa narrativa, visa identificar e discutir o trabalho colaborativo, por meio de uma parceria entre professoras que ensinam matemática como instrumento de desenvolvimento profissional. Essa investigação foi realizada em uma sala de aula de 3.º ano do Ensino Fundamental, de uma escola pública municipal do estado de São Paulo, em que a pesquisadora, professora de matemática, estabeleceu uma parceria com a professora pedagoga, responsável pela turma. A produção de dados ocorreu de março a julho de 2017, período em que pesquisadora e professora parceira, em uma perspectiva colaborativa, planejaram, desenvolveram, registraram, avaliaram, replanejaram tarefas voltadas às noções espaciais e refletiram sobre elas. As aulas foram videogravadas, os momentos de planejamento de tarefas e análise de registros audiogravados e posteriormente transcritos e transformados em episódios interativos. Tomando referenciais da perspectiva histórico-cultural, das ideias bakhtinianas e da pesquisa narrativa, assume-se o desenvolvimento profissional como decorrente de aprendizagens construídas de forma alteritária, nas diferentes interações que o professor estabelece no exercício da profissão. O texto, a partir de episódios que compreendem momentos de interação entre professora parceira e pesquisadora ou entre elas e as crianças, traz indícios de como os processos intersociais e reflexivos das professoras parceiras promoveram aprendizagens e possível desenvolvimento profissional.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Iris Aparecida Custódio, Colégio Bom Jesus/Unidade Itatiba

Doutora e Mestra em Educação pela Universidade São Francisco, na linha de pesquisa "Educação, Sociedade e Processos Formativos". Graduada em Licenciatura em Matemática pela Universidade Federal de Lavras. Foi bolsista do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (Pibid) e participou do Programa Observatório da Educação (Obeduc). Atualmente é professora da Educação Básica, atuando nos anos finais do Ensino Fundamental e no Ensino Médio; e pertence aos grupos de pesquisa:  Grupo Colaborativo em Matemática (Grucomat) e Histórias de Formação de Professores que Ensinam Matemática (Hifopem), ambos vinculados a Universidade São Francisco.

Adair Mendes Nacarato, Universidade São Francisco (USF)

Licenciada em Matemática pela PUC-Campinas, Mestra e Doutora pela FE/Unicamp. Atua no Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Educação da Universidade São Francisco, campus Itatiba, na linha de pesquisa Educação Sociedade e Processos Formativos. É líder dos grupos de pesquisa Histórias de Professores que Ensinam Matemática (Hifopem) e Grupo Colaborativo em Matemática (Grucomat). Pesquisadora Produtividade do CNPq, nível E.

Referências

BAKHTIN, Mikhail. Estética da criação verbal. Tradução: Paulo Bezerra. 6. ed. São Paulo: Martins Fontes, 2011. 476p.

BOLÍVAR, Antonio. “¿De nobis ipsis silemus?”: Epistemología de la investigación biográfico-narrativa en educación. REDIE: Revista Electrónica de Investigación Educativa, Ensenada, v. 4, n. 1, p. 40-65, 2002. Disponível em: https://www.scielo.org.mx/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1607-40412002000100003. Acesso em: 20 out. 2022.

CLANDININ, D. Jean; CONELLY, F. Michael. Pesquisa narrativa: experiências e história na pesquisa qualitativa. Tradução: Grupo de Pesquisa Narrativa e educação de professores do ILEEL/UFU. 2. ed. rev. Uberlândia: EDUFU, 2015. 250 p.

CUSTÓDIO, Iris A. O movimento de significações no processo de ensino e de aprendizagem de geometria nos anos iniciais do ensino. 2016. 199 f. Dissertação (Mestrado) - Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Educação da Universidade São Francisco, Itatiba, 2016.

CUSTÓDIO, Iris A. Tecendo narrativas a partir das experiências de aprender e de ensinar noções espaciais nos anos iniciais do ensino fundamental. 2020. 252 f. Tese (Doutorado) - Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Educação da Universidade São Francisco, Itatiba, 2020.

FIORENTINI, Dario. Pesquisar práticas colaborativas ou pesquisar colaborativamente? In: BORBA, Marcelo de Carvalho; ARAÚJO, Jussara de Loiola (org.). Pesquisa qualitativa em Educação Matemática. Belo Horizonte: Autêntica, 2004. p.47-76.

HARGREAVES, Andy. Os professores em tempos de mudança: o trabalho e a cultura dos professores na idade pós-moderna. Lisboa: MacGraw-Hil, 1998. 308p.

IBIAPINA, Ivana Maria L. de M. Pesquisa colaborativa: investigação, formação e produção de conhecimentos. Brasília, DF: Liber Livro, 2008. 134p.

NACARATO, Adair M.; CUSTÓDIO, Iris A.; FRARE, Rosangela E. B. The Production of Pedagogic Narratives as a Formative Process in Contexts of Collaboration. SISYPHUS - JOURNAL OF EDUCATION, v. 9, p. 11-33, 2021. Disponível em: https://revistas.rcaap.pt/sisyphus/article/view/21782. Acesso: 17 mai. 2023.

PASSOS, Cármen Lúcia. B.; NACARATO, Adair Mendes; FIORENTINI, Dario; MISKULIN, Rosana Giaretta. S.; GRANDO, Regina Célia; GAMA, Renta P.; MEGID, Maria Auxiliadora; FREITAS, Maria Teresa; MELO, Marisol Vieira de. Desenvolvimento profissional do professor que ensina Matemática: uma meta-análise de estudos brasileiros. Quadrante, Portugal, v.15, n.1-2, p.193-219, 2006. Disponível em: https://quadrante.apm.pt/article/view/22800. Acesso em: 20 out. 2022.

PINO, Angel. As marcas do humano: as origens da constituição cultural da criança na perspectiva de Lev S. Vigotski. São Paulo: Cortez, 2005. 303 p.

ROBUTTI, Ornella; CUSI, Annalisa; CLARK-WILSON, Alison; JAWORSKI, Barbara; CHAPMAN, Olive; ESTELEY, Cristina; GOOS, Merrilyn; ISODA, Masami; JOUBER, Marie. (2016). ICME international survey on teachers working and learning through collaboration. ZDM Mathematics Education, v.48, 651-690, July 2016. Disponível em: https://link.springer.com/content/pdf/10.1007/s11858-016-0797-5.pdf. Acesso em: 20 out.2022.

SIMIELLI, Maria Elena. Projeto Ápis: Geografia, 2.º ao 5.º ano. São Paulo: Ática, 2014.

SMOLKA, Ana Luiza B. O (im)pertinente na apropriação das práticas sociais. Caderno Cedes, Campinas, ano XX, n. 50, p. 26-40, abr. 2000. Disponível em: https://www.scielo.br/j/ccedes/a/KNrMXHpm3NdK3SFNycDrHfN/abstract/?lang=pt. Acesso em: 20 out. 2022.

SOBRAL, Adail; GIACOMELLI, Karina. Educação dialógica alteritária: uma reflexão. Línguas & Letras, Cascavel, Vol. 21, n.º 29, p. 7-27, 2020. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/linguaseletras/article/view/24675. Acesso em: 20 out. 2022.

VIGOTSKI, Lev S. Obras Escogidas. Organização geral: Amélia Álvarez e Pablo del Rio. Madrid: Visor,1995. v. 3.

VIGOTSKI, Lev S. Lev S. Vigotski: Manuscrito de 1929. Educação & Sociedade, Rio de Janeiro, ano XXI, n. 71, p. 21-44, 2000. Disponível em: https://www.scielo.br/j/es/a/hgR8T8mmTkKsNq7TsTK3kfC/?format=pdf&lang=pt. Acesso em: 20 out. 2022.

VIGOTSKI, Lev S. A formação social da mente. Tradução: José Cipolla Neto, Luís Silveira Menna Barreto e Solange Castro Afeche. 7. ed. São Paulo: Martins Fontes, 2007. 182 p.

VIGOTSKI, Lev S. Imaginação e criação na infância: ensaio psicológico: livro para professores. Apresentação e comentários: Ana Luiza Smolka. Tradução: Zoia Prestes. São Paulo: Ática, 2009. 135 p.

VOLÓCHINOV, Valentin. Marxismo e filosofia da linguagem: problemas fundamentais do método sociológico na ciência da linguagem. Tradução, notas e glossário: Sheila Grillo e Ekaterina Vólkova Américo. São Paulo: Editora 34, 2017. 376 p.

Publicado

13-12-2023

Como Citar

CUSTÓDIO, I. A.; NACARATO, A. M. . O trabalho em parceria como instrumento de desenvolvimento profissional de professoras que ensinam matemática. Revista Eletrônica de Educação, [S. l.], v. 17, p. e6252094, 2023. DOI: 10.14244/198271996252. Disponível em: https://www.reveduc.ufscar.br/index.php/reveduc/article/view/6252. Acesso em: 17 jun. 2024.

Edição

Seção

Dossiê Formação de Professores que Ensinam Matemática
##plugins.generic.dates.received## 2022-11-18
##plugins.generic.dates.accepted## 2023-07-15
##plugins.generic.dates.published## 2023-12-13