Marcas da matemática do processo de escolarização e suas influências na prática docente

Autores

DOI:

https://doi.org/10.14244/198271996226

Palavras-chave:

Educação Matemática, Narrativas, Relação com a Matemática, Prática docente.

Resumo

Este artigo, ampliação do texto “As marcas da matemática do processo de escolarização e suas influências na formação e prática docente”, apresentado no Seminário Internacional de Pesquisas em Educação Matemática (Sipem), decorre de uma Atividade Curricular de Integração Ensino, Pesquisa e Extensão (Aciepe) e apresenta como objetivo identificar, a partir de narrativas escritas, as marcas da matemática do processo de escolarização e como elas influenciam ou influenciaram a prática docente. Buscou-se ouvir dos participantes o que tinham a dizer sobre as formas de ensino de matemática em suas salas de aula; quais os materiais utilizados; e quais as práticas lembradas do seu processo de escolarização. A pesquisa possui uma abordagem qualitativa, e os dados foram construídos por meio de um convite à escrita de uma narrativa, proposta aos 20 participantes, apresentados neste artigo com nomes fictícios. As narrativas foram analisadas a partir de dois focos: “as práticas de ensino vivenciadas no processo de escolarização”; e “as influências das marcas da matemática escolar na prática docente”. O convite à escrita possibilitou aos participantes o movimento de olhar para si, rememorar suas experiências, produzir histórias e refletir sobre seus processos de formação e constituição. Espera-se que este artigo contribua para que professores em atuação e/ou licenciandos percebam o quanto a escrita de narrativas e o rememorar e compartilhar experiências com a matemática em grupo de estudos podem tornar-se um momento formativo para a ampliação do seu repertório de conhecimento e para reflexão da sua prática docente.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Rayane de Jesus Santos Melo, Universidade Federal do Maranhão (UFMA)

Doutora em Educação pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), Mestra em Ensino de Ciências e Matemática pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA), Especialista em Docência do Ensino Superior pelo Instituto de Ensino Superior Franciscano (IESF), Especialista em Metodologia de Ensino de Matemática pelo Centro Universitário Leonardo da Vinci, Licenciada em Matemática pela Universidade Estadual do Maranhão (UEMA) e Licenciada em Pedagogia pelo Centro Universitário Leonardo da Vinci. Atualmente é Professora Adjunta da Universidade Federal do Maranhão, campus Chapadinha, vinculada ao curso de Ciências Biológicas. Atuou em funções como: Docente no Departamento de Matemática e Informática da UEMA; Docente no Departamento de Educação I da UFMA; Docente na modalidade de Educação de Jovens e Adultos; Chefe de Departamento do Ensino Fundamental Anos Finais e chefe de Departamento de Avaliação e Currículo na Secretaria Municipal de Educação de Paço do Lumiar. Tem experiência na área de Educação, atuando principalmente nos seguintes temas: Educação Matemática, Formação de Professores, Educação de Jovens e Adultos, Metodologias de ensino de Matemática e Práticas socioculturais. Participa do Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação Matemática (GEM - UFSCar) e do Grupo de Estudos e Pesquisas em Formação de Professores que Ensinam Matemática (ForPEM - UEMA).

Keli Cristina Conti, Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)

Possui Licenciatura Plena em Matemática pelas Faculdades Integradas de Amparo (1999); Normal Superior pelo Centro Universitário Hermínio Ometto (2004); Licenciatura em Pedagogia pelo Centro Universitário de Araras (2011); Especialização em Matemática para Professores da quinta a oitava séries do Ensino Fundamental pelo Imecc/Unicamp (2006); Mestrado em Educação, linha de pesquisa Educação Matemática, pela Faculdade de Educação da Unicamp (2009); e Doutorado em Educação, linha de pesquisa Ensino e Práticas Culturais, pela Faculdade de Educação da Unicamp (2015). Durante o doutoramento, realizou estágio de pesquisa na Universidade de Lisboa (Portugal) pelo Programa de Doutorado Sanduíche no Exterior (PDSE/CAPES). Atualmente é Professora Adjunta do Departamento de Métodos e Técnicas de Ensino da Faculdade de Educação (FAE) da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), integrando o grupo de Educação Matemática e o Programa de Mestrado Profissional em Educação e Docência (Promestre). Tem experiência como docente e pesquisadora na área de Educação, com ênfase em Educação Matemática e Educação Estatística, atuando principalmente com os seguintes temas: Formação de Professores, Desenvolvimento Profissional, Educação Infantil, Ensino Fundamental e Educação de Jovens e Adultos.

Carmen Lúcia Brancaglion Passos, Universidade Federal de São Carlos (UFSCar)

Licenciada em Matemática, PUC de Campinas, 1977, Mestre em Educação: Metodologia de Ensino, Unicamp, 1995 (CNPq) e Doutora em Educação: Educação Matemática, Unicamp, 2000, (CNPq). Pós-Doutorado na Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa (CAPES, 2008) e na FE-USP (2016-2017), com estágio de pesquisa no Instituto de Educação da Universidade de Lisboa (FAPESP). Professora Titular - Sênior - da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) desde 08/03/2019, junto ao CECH/Departamento de Teorias e Práticas Pedagógicas e ao Programa de Pós-Graduação em Educação. Na UFSCar atuou nos cursos de Licenciaturas em Pedagogia (Presencial e EaD) e em Matemática. Coordenou o Programa de Pós-Graduação em Educação da UFSCar (julho/2010 a junho/2015). Coordenou a Área de Educação Matemática do Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa (PNAIC) desenvolvido na UFSCar (2014-2016). Coordena projetos de Extensão ligados ao ensino de matemática e à formação de professores na Educação Básica. Investiga e orienta pesquisas de Mestrado e Doutorado em temáticas da área de Educação e Educação Matemática como: formação e desenvolvimento profissional de professores que ensinam matemática; narrativas na formação e pesquisa. Supervisora de pesquisas de pós-doutoramento. Coordena o Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação Matemática (GEM) na UFSCar. Coordenou o GT-19 Educação Matemática - Anped (2019-2021). É pesquisadora do grupo Grupo de Estudos e Pesquisa sobre Formação de Professores de Matemática - GEPFPM - Unicamp e do Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação Matemática e Educação - GEPEME-USP. Membro do Conselho Fiscal da Associação Brasileira de Pesquisa (Auto)Biográficas - Biograph (desde 2018). Bolsista CNPq Produtividade (mar.2011 a fev.2018; e desde mar. 2019). Orcid: 0000-0002-5501-3584.

Referências

BENJAMIN, Walter. Obras escolhidas I – Magia e técnica, arte e política. Ensaios sobre literatura e história da cultura. 8. ed. São Paulo: Brasiliense, 2012.

COSTA, Conceição Leal de et al. Aprender pensando sobre a própria vida – Um ateliê biográfico na formação de educadores/professores. Revista de Sociología de la Educación (RASE), vol. 11, n.º 2, 2018.

CUNHA, Maria Isabel. Conta-me agora! As narrativas como alternativas pedagógicas na pesquisa e no ensino. Rev. Fac. Educ., São Paulo, v. 23, n. 1-2, p. 185-195, jan./dez. 1997.

DELORY-MOMBERGER, Christine. A pesquisa biográfica ou a construção compartilhada de um saber do singular. Revista Brasileira de Pesquisa (Auto) Biográfica, Salvador, v. 01, n. 01, p. 133-147, jan./abr. 2016.

DUBAR, Claude. A socialização: construção das identidades sociais e profissionais. São Paulo: Martins Fontes, 2005.

FIGUEIREDO, Ana Paula S.; LEITE, Sérgio Antonio da S. A afetividade e ensino: marcas de dois professores inesquecíveis da área da Matemática. Rev. Docência Ens. Sup., Belo Horizonte, v. 9, 2019.

FIORENTINI, Dario. Alguns modos de ver e conceber o ensino da Matemática no Brasil. Zetetiké, Campinas, ano 3, n. 4, 1995.

KENSKI, Vani Moreira. Memória e ensino. Cad. Pesq., São Paulo, n. 90, p. 45-51, ago. 1994.

KENSKI, Vani Moreira. Memória e prática docente. In: BRANDÃO, Carlos Rodrigues (org.). As faces da memória. Campinas: Centro de Memória-Unicamp, 1996.

MOURA, Jónata Ferreira. Narrativas de professoras da educação infantil: marcas da matemática escolar na trajetória de formação. In: NACARATO, Adair Mendes. Pesquisas (com) narrativas: a produção de sentidos para experiências discentes e docentes. São Paulo: Livraria da Física, 2018.

NACARATO, Adair Mendes; MENGALI, Brenda Leme da Silva; PASSOS, Cármen Lúcia Brancaglion. A matemática nos anos iniciais do ensino fundamental: tecendo fios do ensinar e do aprender. Belo Horizonte: Autêntica, 2011.

NACARATO, Adair Mendes; PASSEGGI, Maria da Conceição. Narrativas autobiográficas produzidas por futuras professoras: representações sobre a matemática escolar. Rev. Educ. PUC-Camp., Campinas, n. 18, v. 3, p. 287-299, set./dez., 2013.

OLIVEIRA, Rosa Maria M. Anunciato. Narrativas: contribuições para a formação de professores, para as práticas pedagógicas e para a pesquisa em educação. Revista de Educação Pública (UFMT), v. 20, p. 289-305, 2011.

PASSEGGI, Maria da Conceição. Reflexividade narrativa e poder auto(trans)formador. Revista Práxis Educacional, v.17, n.44, p. 1-21, jan./mar., 2021.

PASSOS, Cármen Lúcia B.; OLIVEIRA, Rosa Maria M. Anunciato; GAMA, Renata Prenstteter. Narrativas em grupo de professores e licenciandos: ressignificando a aprendizagem da matemática. Rev. Educ. PUC-Camp., Campinas, n. 18, v. 3, p. 327-339, set./dez., 2013.

TARDIF, Maurice. Saberes docentes e formação profissional. Petrópolis – RJ: Vozes, 2014.

VALENTE, Wagner Rodrigues. Quem somos nós, professores de Matemática? Cad. Cedes, Campinas, v. 28, n. 74, p. 11-23, jan./abr. 2008.

Publicado

13-12-2023

Como Citar

MELO, R. de J. S.; CONTI, K. C. .; PASSOS, C. L. B. . Marcas da matemática do processo de escolarização e suas influências na prática docente. Revista Eletrônica de Educação, [S. l.], v. 17, p. e6226096, 2023. DOI: 10.14244/198271996226. Disponível em: https://www.reveduc.ufscar.br/index.php/reveduc/article/view/6226. Acesso em: 1 mar. 2024.

Edição

Seção

Dossiê Formação de Professores que Ensinam Matemática
##plugins.generic.dates.received## 2022-11-08
##plugins.generic.dates.accepted## 2023-07-20
##plugins.generic.dates.published## 2023-12-13

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>