Perfil do estudante de odontologia que realizou o ENADE

Autores

DOI:

https://doi.org/10.14244/198271994811

Palavras-chave:

Avaliação da educação, Educação superior, Enade, Estudantes de Odontologia.

Resumo

Odontologia no Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) e fatores socioeconômicos, sociodemográficos e perfil da instituição. Foram utilizados microdados do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Realizou estatística descritiva e regressão linear, considerando intervalos de confiança de 95%, estabelecendo plano amostral através do Complex Sample do SPSS 21.0. Considerou probabilidades de inclusão em cada estrato e peso amostral, testou modelos de regressão linear para amostras complexas. Os resultados obtidos revelam que 69,6% dos estudantes são do sexo feminino; 42,5% com renda de 3-10 salários mínimos; 64,8% brancos; 59,1% oriundos de ensino médio privado; 80,1% não trabalham.  Cursaram até o ensino médio, 61,9% dos pais e 54,8% das mães. Nota média bruta foi de 50,75; maior entre os alunos das IES públicas e dos ingressos por políticas afirmativas (50,84). Fatores associados ao desempenho acadêmico encontrados foram: Categoria administrativa da IES, estudantes de instituições públicas têm melhor desempenho; ensino médio privado, brancos, renda familiar maior que 10 salários mínimos, ingressos por políticas afirmativas. O estudo revelou fatores que tendem a influenciar o desempenho dos estudantes no Enade, contudo, há análises necessárias que justificam a continuação do estudo, especialmente focando a trajetória acadêmica do estudante na IES.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Juliana Martins Rodrigues, Universidade Federal de Goiás (UFG)

Graduada em Odontologia pela Universidade Federal de Goiás (2020), especialista em Odontopediatria pela Faculdade São Leopoldo Mandic. Participação do projeto de pesquisa Desempenho de Estudantes de Odontologia e Nutrição no Enade através do programa de Iniciação Científica (2016-2017) do qual participou e resultou neste trabalho.

Maria Goretti Queiroz, Universidade Federal de Goiás (UFG)

Graduada em Odontologia pela Universidade Federal de Goiás (1982), mestre (1997) e doutora (2006) em Educação pela Universidade Federal de Goiás. Atualmente sou professora adjunto IV da UFG na área da Saúde Bucal Coletiva. Pesquiso o processo de reorientação da formação do profissional de saúde e políticas públicas na educação superior e na saúde. Coordenei o Projeto de Reorientação da Formação dos Profissionais de Saúde (PROSAUDE) da Faculdade de Odontologia da UFG e fui tutora do PET-SAUDE de 200 a 2012. Sou professora nos cursos de Pós-Graduação em Saúde Coletiva (IPTSP) e em Ensino na Saúde (Faculdade de Medicina), ambos na modalidade profissional. Coordenei o curso de graduação em Odontologia da UFG de 2012 a maio de 2016. Presidi o Núcleo Docente Estruturante do Cursos de Odontologia da UFG de julho de 2016 a julho de 2019. Coordenei o Programa de Pós-graduação Ensino na Saúde no período de outubro de 2019 a 2021. Concilio a minha atividade profissional com a maternidade da Isabella (1991), do Tales (1994) e do Eduardo (2003).

Cláudio Rodrigues Leles, Universidade Federal de Goiás (UFG)

Possui graduação em pela Universidade Federal de Goiás (1992), mestrado em Odontologia (Reabilitação Oral) (Araraquara) pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1998) e doutorado em Reabilitação Oral - Área de Prótese pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2001). Também é Especialista em Odontologia em Saúde Coletiva (UFG), Avaliação de Tecnologias em Saúde (UFRGS) e Epidemiologia (UFG). É professor efetivo da Faculdade de Odontologia da Universidade Federal de Goiás desde 2002, atualmente no cargo de Professor Titular (nível E). Tem experiência na área de Odontologia, com ênfase em Prótese Dentária, atuando principalmente em projetos de pesquisa clínica em prótese e implantes. Participa como professor orientador dos Programas de Pós-Graduação em Odontologia (PPGO-UFG) e de Ciências da Saúde da UFG, nos níveis de mestrado e doutorado. Exerceu o cargo de Diretor Executivo da Fundação de Apoio à Pesquisa da UFG (FUNAPE) entre 03/2010 e 03/2014. Foi Coordenador do Programa de Pós-Graduação em Odontologia da UFG nos anos de 2007 a 2009 e 2016. Foi Pró-Reitor Adjunto de Pós-Graduação da UFG, exercendo a função de Coordenador Geral de Pós-Graduação entre 12/2016 e 01/2018. 

Aline Lemes da Paixão Rocha, Universidade Federal de Goiás (UFG)

Possui graduação em Nutrição pela Universidade Federal de Goiás (2011). Especialização em Alimentação e Nutrição na Atenção básica pela ENSP/Fiocruz (2014). Mestrado em Ensino na Saúde pela Universidade Federal de Goiás (2016).

Referências

ASSIS, Lúcia Maria de; OLIVEIRA, João Ferreira de. A avaliação da educação superior no contexto das reformas e políticas educacionais. Linhas Críticas, Brasília, n. 38, jan./abr. 2013. Disponível em https://periodicos.unb.br/index.php/linhascriticas/article/view/4085. Acesso em: 18 nov. 2019.

ASSUNÇÃO, Marcus Vinícius Dantas de. Desempenho e background familiar: um estudo no acesso a uma instituição de ensino técnico federal no Brasil. 2013.126. Dissertação (Mestrado em Administração) – Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Centro de Ciências Sociais Aplicadas, Departamento de Ciências Administrativas, Programa de Pós-Graduação em Administração, Natal, 2013.

BARROS, Aparecida da Silva Xavier. Expansão da educação superior no Brasil: limites e possibilidades. Educação & Sociedade, Campinas, n. 131, Jun. 2015, Disponível em: https://doi.org/10.1590/ES0101-7330201596208. Acesso em: 18 nov. 2019.

BRASIL. Ministério da Educação. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais. Diretoria de Avaliação da Educação Superior. Microdados do Enade 2004: manual do usuário. Brasília, 2004. Disponível em: https://www.gov.br/inep/pt-br/acesso-a-informacao/dados-abertos/microdados/enade. Acesso em: 18 nov. 2019.

BRASIL. Lei nº 11.096, de 13 de janeiro de 2005. Institui o Programa Universidade para Todos – PROUNI e dá outras providências. Diário Oficial da União, Brasília, 14 jan. 2005. p. 7.

BRASIL. Decreto nº 5.773, de 9 de maio de 2006. Dispõe sobre o exercício das funções de regulação, supervisão e avaliação de instituições de educação superior e cursos superiores de graduação e sequenciais no sistema federal de ensino. Diário Oficial da União, Brasília, 2006.

BRASIL. Ministério da Educação. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais. Diretoria de Avaliação da Educação Superior. Microdados do Enade 2007: manual do usuário. Brasília, 2007. Disponível em: https://www.gov.br/inep/pt-br/acesso-a-informacao/dados-abertos/microdados/enade. Acesso em: 18 nov. 2019.

BRASIL. Ministério da educação. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais. Diretoria de Estatísticas e Avaliação da Educação Superior. Fundação Cesgranrio. Relatório Síntese Odontologia. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira e Ministério da Educação, Brasília, 2010. Disponível em: http://portal.inep.gov.br/relatorios. Acesso em: 18 nov. 2019.

BRASIL. Ministério da educação. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais. Diretoria de Avaliação da Educação Superior. Microdados do Enade 2010: manual do usuário. Brasília, 2010. Disponível em: https://www.gov.br/inep/pt-br/acesso-a-informacao/dados-abertos/microdados/enade. Acesso em: 18 nov. 2019.

BRASIL. Lei nº 12.711, de 29 de agosto de 2012. Dispõe sobre o ingresso nas universidades federais e nas instituições federais de ensino técnico de nível médio. Diário Oficial da União, Brasília, 30 ago. 2012. Seção 1, p. 1.

BRASIL. Ministério da Educação. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais. Diretoria de Avaliação da Educação Superior. Microdados do Enade 2013: manual do usuário. Brasília, 2013. Disponível em: https://www.gov.br/inep/pt-br/acesso-a-informacao/dados-abertos/microdados/enade. Acesso em: 18 nov. 2019.

BRASIL. Ministério da Educação. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais. Diretoria de Estatísticas e Avaliação da Educação Superior. Fundação Cesgranrio. Relatório Síntese Odontologia. Brasília, 2013. Disponível em http://portal.inep.gov.br/relatorios. Acesso em: 18 nov. 2019.

BRASIL. Plano Nacional de Educação (PNE) 2014-2024. Brasília, 2014. Disponível em http://www.observatoriodopne.org.br/metas-pne/12-ensino-superior. Acesso em: 28 jul. 2018.

BRASIL. Lei nº 13.409, de 28 de dezembro de 2016. Altera a Lei n º12.711, de 29 de agosto de 2012, para dispor sobre a reserva de vagas para pessoas com deficiência nos cursos técnico de nível médio e superior das instituições federais de ensino. Diário Oficial da União, Brasília, 2016. Seção 1, p. 1.

BRASIL. Andifes e FONAPRACE. IV Pesquisa do Perfil Socioeconômico e Cultural dos Estudantes de Graduação das Universidades Federais. Brasília, 2016.

BRASIL. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) Censo da Educação Superior 2016. Brasília, 2017. Disponível em: http://portal.inep.gov.br/artigo/-/asset_publisher/B4AQV9zFY7Bv/content/mec-e-inep-divulgam-dados-do-censo-da-educacao-superior-2016/21206. Acesso em: 26 jun. 2019.

BRASIL. Instituto brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Pesquisa Nacional por Amostragem de Domicílios Contínua. Características Gerais dos Moradores 2012-2016 e Características Gerais dos Domicílios 2016. Brasília, 2017.

BRASIL. Andifes e FONAPRACE. V Pesquisa do Perfil Socioeconômico e Cultural dos Estudantes de Graduação das Universidades Federais. Brasília, 2019.

BRASIL. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Desigualdades Sociais por Cor ou Raça no Brasil. Brasília, 2019.

CARMO, Carlos Roberto Souza; ALMEIDA, Sirlene de Aguiar Fernandes. Exame nacional de avaliação de desempenho dos estudantes (ENADE): a influência de variáveis qualitativas no desempenho dos alunos dos cursos de ciências contábeis do Brasil. Revista de Auditoria, Governança e Contabilidade – RAGC, v. 3, n. 7, p. 71-87, set. 2015.

CASTRO, Sabrina Olimpio Caldas de; SOUZA, Lucia Helena Gazolla Reis de; GAVA, Rodrigo; SILVA, Edson Arlindo. Avaliação de educação superior no Brasil: O Exame Nacional de Desempenho dos estudantes na perspectiva do ciclo de políticas públicas. Anais do XVII Seminário em Administração: Programa de Pós-Graduação em Administração da FEA/USP, São Paulo, n.17, fev. 2013. Disponível em: https://locus.ufv.br//handle/123456789/1970. Acesso em: 18 nov. 2019.

DE AZEVEDO, Mariele Silva; et.al. Série histórica dos conceitos do ENADE em odontologia: houve mudanças ao longo de três ciclos avaliativos? Revista da ABENO, Londrina, n.1, jan./mar. 2017. Disponível em: https://revabeno.emnuvens.com.br/revabeno/article/view/337. Acesso em: 18 nov. 2019.

DE OLIVEIRA, Danillo Lyrio. Perfil do aluno de odontologia da Universidade do Sudoeste da Bahia. Rev. Saúde.Com, n.03, jul./set. 2013. Disponível em: https://periodicos2.uesb.br/index.php/rsc/article/view/249. Acesso em 17 nov. 2019.

NARDELLI, Giovanna Gaudenci; GAUDENCI, Eliana Maria; GARCIA, Bethânia Bonato; CARLETO, CíntiaTavares; GONTIJO, Laís Marques; PEDROSA, Leila Aparecida Kauchakje. Perfil dos alunos ingressantes dos cursos da área da saúde de uma Universidade Federal. REAS- Revista de Enfermagem e Atenção à Saúde, Uberaba, n.1, jul.2013. Disponível em: http://seer.uftm.edu.br/revistaeletronica. Acesso em: 18 nov. 2019.

NEVES, Alberio Pinto; DOMINGUES, Maria José de Souza. Desempenho dos estudantes das instituições públicas e privadas no ENADE: um estudo no estado de Roraima. SEGeT- Simpósio de Excelência em Gestão e Tecnologia. Resende. out./nov. 2006.

NIQUINI, Roberta Pereira et al. Características do trabalho de estudantes universitários associadas ao seu desempenho acadêmico. Educação em Revista, Belo Horizonte, n. 1, jan./mar. 2015. Disponível em: https://doi.org/10.1590/0102-4698122477. Acesso em: 18 nov. 2019.

NOGUEIRA, Eduardo Dimas Aquino; TSUDONA, Denise Fukumi. Mineração de dados para análise da relação entre as características socioeconômicas de concluintes do Ensino Superior e o desempenho desses estudantes no ENADE 2012. Revista Percurso, v. 15, n.1, p.1-23. 2015.

QUERINO, Jeanne Paula Ferreira de Oliveira; PEIXOTO, Larissa Rangel; SAMPAIO, Gêisa Aiane de Morais. Perfil dos concluintes de Odontologia da Universidade Estadual da Paraíba. Revista da ABENO, Londrina, n. 1, jan./mar. 2018. Disponível em: https://revabeno.emnuvens.com.br/revabeno/article/view/416. Acesso em: 18 nov. 2019.

RISTOFF, Dilvo. Perfil socioeconômico do estudante de graduação: uma análise de dois ciclos completos do ENADE (2004 a 2009). Cadernos de GEA, Rio de Janeiro, n.4. jul./dez. 2013.

ROCHA, Aline Lemes da Paixão, LELES, Claudio Rodrigues; QUEIROZ, Maria Goretti. Fatores associados ao desempenho acadêmico de estudantes de Nutrição no Enade. Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos, Brasília, n. 251, jan./abr. 2018. Disponível em: https://doi.org/10.24109/2176-6681.rbep.99i251.3162. Acesso em: 18 nov. 2019.

SAN MARTIN, Alissa Schmidt; CHISINI, Luiz Alexandre; MARTELLI, Stephani; SARTORI, Letícia Regina Morello; RAMOS, Ezequiel Caruccio; DEMARCO, Flávio Fernando. Distribuição dos cursos de Odontologia e de cirurgiões-dentistas no Brasil: uma visão do mercado de trabalho. Revista da ABENO, Londrina, jan./mar. 2018. Disponível em: https://revabeno.emnuvens.com.br/revabeno/article/view/399. Acesso em: 18 nov. 2019.

VARGAS, Guiselle Maria Garbanzo. Factores asociados al rendimiento académico tomando en cuenta el nível socioeconómico: estudio de regresion múltiple em estudiantes universitários. Revista Electrónica Educare, Heredia, Costa Rica, n. 1, jan/abr. 2014. Disponível em: http://www.una.ac.cr/educare CORREO: educare@una.cr. Acesso em: 18 nov. 2019.

WALTENBERG, Fábio D; DE CARVALHO, Marcia. Cotas aumentam a diversidade dos estudantes sem comprometer o desempenho? Cede, Centro de estudos sobre desigualdade e desenvolvimento, n°73, p. 8-9, mar. 2013.

Downloads

Publicado

11-04-2023

Como Citar

RODRIGUES, J. M.; QUEIROZ, M. G.; LELES, C. R.; ROCHA, A. L. da P. Perfil do estudante de odontologia que realizou o ENADE. Revista Eletrônica de Educação, [S. l.], v. 17, p. e4811030, 2023. DOI: 10.14244/198271994811. Disponível em: https://www.reveduc.ufscar.br/index.php/reveduc/article/view/4811. Acesso em: 19 abr. 2024.

Edição

Seção

Demanda Contínua - Artigos
##plugins.generic.dates.received## 2022-04-30
##plugins.generic.dates.accepted## 2021-11-11
##plugins.generic.dates.published## 2023-04-11