Contribuições e fragilidades da formação de professores iniciantes em uma rede pública municipal de ensino

Autores

DOI:

https://doi.org/10.14244/198271996452

Palavras-chave:

Professor novato, Formação dos profissionais da educação, Formação continuada do professor, Professores de educação básica.

Resumo

Estudos sobre o período de iniciação profissional docente, que se refere aos primeiros anos de exercício profissional, têm avançado, especialmente na última década, no Brasil. Esta pesquisa, de abordagem qualitativa, tem como objetivo geral analisar contribuições e fragilidades da formação continuada de professores iniciantes ofertada pela Secretaria Municipal de Educação de um município paranaense. Com os objetivos específicos, buscou-se identificar iniciativas formativas desencadeadas pela Secretaria Municipal de Educação para professores iniciantes e verificar quais ações dessa formação continuada de professores iniciantes favoreceram, ou não, a aprendizagem profissional destes. A pesquisa foi realizada com 15 professores iniciantes, atuantes em escolas municipais de anos iniciais do Ensino Fundamental, contando também com duas Supervisoras de Gestão Pedagógica e de Ensino da Secretaria Municipal de Educação. Os dados foram produzidos através de questionário, entrevista semiestruturada e análise documental. O tratamento dos dados se deu pela análise de conteúdo. A pesquisa indicou que as iniciativas formativas vivenciadas pelos professores iniciantes ocorreram majoritariamente junto com os demais professores da rede municipal ou da escola. Os poucos momentos específicos proporcionados aos iniciantes se caracterizaram notadamente por esclarecimentos sobre a organização e funcionamento da rede de ensino. Quando da participação em cursos, no geral, eles indicaram que poucas vezes suas necessidades formativas foram atendidas, embora tenham reconhecido que, ainda assim, algo foi aprendido por eles. A predominância da abordagem teórica na formação também foi relatada, sendo que as iniciativas que tiveram enfoque mais prático, bem como troca de experiências, foram mais valorizadas por suas contribuições.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Aline Aparecida de Castro, Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG)

Mestra em Educação pela Universidade Estadual de Ponta Grossa. Licenciada em Pedagogia pela mesma instituição. Atualmente é professora da Educação Básica, atuando na rede municipal de ensino de Ponta Grossa e no Colégio Marista Pio XII. Tem experiência na área de Educação.

Silmara de Oliveira Gomes Papi, Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG)

Doutora em Educação pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (2011). Mestre em Educação pela Universidade Estadual de Ponta Grossa (2004), Especialista em Educação Especial e Licenciada em Pedagogia pela mesma instituição. Atualmente é professora Associada da Universidade Estadual de Ponta Grossa, no Departamento de Educação. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Formação Inicial e Continuada de Professores, atuando principalmente nos seguintes temas: formação de professores, profissional professor, professor iniciante, desenvolvimento profissional, profissionalização docente, educação especial e inclusiva.

Referências

ANDRÉ, Marli. Políticas de apoio aos docentes em estados e municípios brasileiros: dilemas na formação de professores. Educar em Revista, Curitiba, n. 50, p. 35-49, out./dez. 2013. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/er/n50/n50a04.pdf. Acesso em: 01 abr. 2023.

BARDIN, Laurence. Análise de conteúdo. São Paulo: Edições 70, 2016.

BRASIL. Ministério da Educação. Lei n. 9394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9394.htm. Acesso em: 03 maio 2023.

CASTRO, Aline Aparecida de. Formação continuada de professores iniciantes na Rede Municipal de Ponta Grossa: considerações acerca de suas contribuições. 2021. 123f. Dissertação (Mestrado em Educação - Área de Concentração: Educação), Universidade Estadual de Ponta Grossa, Ponta Grossa, 2021.

GIORDAN, Miriane Zanetto; HOBOLD, Márcia de Souza; ANDRÉ, Marli Elisa Dalmazo Afonso. Professores iniciantes dos anos finais do ensino fundamental: indicação das necessidades formativas. Educação: Teoria e Prática, Rio Claro, v. 27, p. 308-326, maio/ago. 2017. Disponível em: http://educa.fcc.org.br/pdf/eduteo/v27n55/1981-8106-eduteo-27-55-308.pdf. Acesso em: 03 maio 2023.

GIORDAN, Miriane Zanetti; HOBOLD, Márcia de Souza; GABARDO, Cláudia Valério Lopes. Formação inicial e continuada: implicações para o exercício profissional de professores iniciantes. Revista COCAR, Belém, v. 12, n. 23, p. 557-579, jan./jun. 2018. Disponível em: https://periodicos.uepa.br/index.php/cocar/article/view/1740. Acesso em: 03 maio 2023.

HUBERMAN, Michaël. O ciclo de vida profissional dos professores. In: NÓVOA, António (Org.). Vidas de professores. Porto: Porto Editora, 1995.

IMBERNÓN, Francisco. Formação docente e profissional: formar-se para a mudança e a incerteza. São Paulo: Cortez, 2011.

IMBERNÓN, Francisco. La formación y el desarrollo professional del profesorado: hacia una nueva cultura professional. 1. ed. Barcelona: Graó, 1998.

LEONE, Naiara Mendonça. Necessidades formativas dos professores dos anos iniciais na sua inserção no exercício da docência. 2011. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Estadual Pauli, Presidente Prudente, 2011.

LIMA, Emília Freitas de. Análise de necessidades formativas de docentes ingressantes numa universidade pública. Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos, Brasília, v. 96, n. 243, p. 343-358, maio 2015. Disponível em: https://www.scielo.br/j/rbeped/a/GXjFrdsX4j8L4dV56h9yD9G/abstract/?lang=pt#. Acesso em: 07 maio 2023.

MARCELO GARCÍA, Carlos. Formação de Professores: para uma mudança educativa. Porto: Porto Editora, 1999.

MARCELO, Carlos. Políticas de inserción a la docencia: de eslabón perdido a puente para el desarrollo profesional docente. In: MARCELO, Carlos (Coord.). El profesorado principiante: inserción a la docencia. Barcelona: Octaedro, 2008. Disponível em: https://www.researchgate.net/publication/236000852_El_profesorado_principiante_Insercion_a_la_docencia. Acesso em: 20 fev. 2024.

NASCIMENTO, Maria das Graças C. de Arruda; REIS, Rosemary F. dos. Formação docente: percepções de professores ingressantes na rede municipal de ensino do Rio de Janeiro. Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 43, n. 1, p. 49-64, jan./mar. 2017. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/ep/v43n1/1517-9702-ep-43-1-0049.pdf. Acesso em: 13 out. 2020.

OLIVEIRA, Oséias Santos de. Formação continuada de professores: implicações políticas dos programas executados no âmbito de um sistema municipal de ensino. In: OLIVEIRA, Oséias Santos de; PRYJMA, Marielda Ferreira (Orgs). O desenvolvimento profissional docente em discussão. Curitiba: Ed. UTFPR, 2016. p. 277-295.

PONTA GROSSA. Secretaria Municipal de Educação. Referenciais Curriculares para os anos iniciais do ensino fundamental. Ponta Grossa, 2020.

ROMANOWSKI, Joana Paulin. Formação e profissionalização docente. Curitiba: Inter Saberes, 2012.

SANTOS, Terezinha Fátima Andrade Monteiro dos. A gestão da escolar e a formação dos profissionais da educação. Santarém, Exitus, v. 3, n. 2, jul./dez. 2013, p. 45-54. Disponível em: https://portaldeperiodicos.ufopa.edu.br/index.php/revistaexitus/article/view/149/149. Acesso em: 04 set. 2023.

SILVA, Mendes Solange Lemes da. Práticas formativas em Mato Grosso sob o olhar de professores iniciantes. 2014. 121 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal de Mato Grosso, Rondonópolis, 2014.

SOUSA, Sandra Novais et al. Necessidades formativas de professores iniciantes na educação básica: conceitos, concepções e revisão de literatura. Revista Eletrônica de Educação, São Carlos, v. 14, p. 1-20, jan./dez. 2020. Disponível em: https://www.reveduc.ufscar.br/index.php/reveduc/article/view/4175. Acesso em: 04 maio. 2023.

VAILLANT, Denise; MARCELO, Carlos. Ensinando a ensinar: as quatro etapas de uma aprendizagem. Curitiba: Ed. UTFPR, 2012.

Publicado

31-05-2024

Como Citar

CASTRO, A. A. de; PAPI, S. de O. G. . Contribuições e fragilidades da formação de professores iniciantes em uma rede pública municipal de ensino. Revista Eletrônica de Educação, [S. l.], v. 18, p. e6452017, 2024. DOI: 10.14244/198271996452. Disponível em: https://www.reveduc.ufscar.br/index.php/reveduc/article/view/6452. Acesso em: 14 jun. 2024.

Edição

Seção

Dossiê Concepções, Políticas e Práticas de Indução Docente
##plugins.generic.dates.received## 2023-05-10
##plugins.generic.dates.accepted## 2023-09-12
##plugins.generic.dates.published## 2024-05-31