Promovendo o raciocínio matemático: tarefas de exploração na prática como componente curricular

Autores

DOI:

https://doi.org/10.14244/198271996249

Palavras-chave:

Processos de raciocínio, Experimentos de design, Formação de professores de matemática, Práticas matemáticas.

Resumo

Este artigo apresenta resultados de uma investigação sobre o raciocínio matemático por meio da implementação de Tarefas de Exploração e Desenvolvimento da Aprendizagem e do Ensino na formação de professores de matemática. O estudo faz parte de um projeto maior, guiado pela implementação de estudos em Educação Matemática com o objetivo de projetar uma intervenção em uma disciplina do curso de matemática que articule a prática de ensino de matemática e as horas de prática como componente curricular. Apoia-se em estudo de caso e em experimentos de design com foco nos processos de aprendizagem a partir de tarefas de exploração com o objetivo de identificar e documentar processos de raciocínio e mudanças no ambiente de aprendizagem e fomentar novas crenças sobre a natureza do ensino de matemática. A experiência envolveu futuros professores de matemática que estão cursando horas de Prática como Componente Curricular (PCC). Destaca-se o papel que as representações matemáticas desempenham na compreensão, organização e planejamento de sequências instrucionais. Os resultados evidenciam a importância das tarefas exploratórias, que favorecem ambientes colaborativos no processo de formação, direcionam a atenção a aspectos do conteúdo e propõem uma inovação na dinâmica da sala de aula, dando protagonismo aos alunos, e podem, ainda, desenvolver o raciocínio indutivo baseado na identificação de padrões, construindo os seus próprios esquemas visuais ou numéricos que desempenham uma dupla função de compreensão e de registro. O raciocínio dedutivo baseado em definições e propriedades matemáticas, utilizando representação algébrica para formularem conjecturas, também foi utilizado pelos licenciandos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Flávia Sueli Fabiani Marcatto, Universidade Federal de Itajubá (UNIFEI)

Doutora em Educação Matemática pelo PPGEM UNESP RC, professora associada da Universidade Federal de Itajubá - UNIFEI, Líder do Grupo de Pesquisa VIDAA-M (Visualizando, Investigando e Discutindo Ambientes de Aprendizagem Matemática e docente colaboradora do PPGEM Unesp – Rio Claro.

Referências

BRASIL. Resolução CNE/CP No 2, de 20 de dezembro de 2019. Define as Diretrizes Curriculares Nacionais para a Formação Inicial de Professores para a Educação Básica e institui a Base Nacional Comum para a Formação Inicial de Professores da Educação Básica (BNC-Formação). Diário Oficial da União, Brasília, 15 de abril de 2020, Seção 1, p. 46-49.

BOGDAN, Robert; BIKLEN, Sari. Investigação qualitativa em educação: uma introdução à teoria e aos métodos. Porto: Porto Editora, 1994.

COBB, Paul et al. Design Experiments in Education Research. Educational Researcher. V.32, no. 1, p. 9-13, jan/fev. 2003.

COBB, Paul; JACKSON, Kara. Analyzing Educational Policies: A Learning Design Perspective. The Journal of the Learning Sciences, 21:4, p. 487-521, 2012.

ERICKSON, Frederick. Qualitative methods in research on teaching. In: Wittrick, M. C.(org.). Handbook of research on teaching. New York: Macmillan, p. 119-161, 1986.

ERNEST, Paul. The Philosophy of Mathematics Education: An Overview. In: Ernest, P. (eds). The Philosophy of Mathematics Education Today. ICME-13 Monographs. Springer, Cham, 2018.

JANKVIST, Uffe Thomas et al. Launching Implementation and Replication Studies in Mathematics Education (IRME), Implementation and Replication Studies in Mathematics Education, 1(1), p.1-19, 2021.

JEANNOTTE, Doris; KIERAN, Carolyn. A conceptual model of mathematical reasoning for school mathematics. Educational Studies in Mathematics 96, 1–16, 2017.

JOHNSON, Eather Lynn; COLES, Alfa; CLARKE, David. Mathematical tasks and the student: navigating “tensions of intentions” between designers, teachers, and students. ZDM Mathematics Education 49, p. 813–822, 2017.

LESTER JR, Frank K.; CAI, Jinfa. Can Mathematical Problem Solving Be Taught? Preliminary Answers from Thirty Years of Research. In: FELMER, P., KILPATRICK, J., e PEHKONNEN, E. (Eds.). Posing and solving mathematical problems: Advances and new perspectives. Buenos Aires: Springer, p. 2-30, 2015.

LITHNER, Johan. Principles for designing mathematical tasks that enhance imitative and creative reasoning. ZDM Mathematics Education 49, 937–949, 2017.

MARCATTO, Flávia S. F. A prática como componente curricular em projetos pedagógicos de cursos de licenciatura em matemática. Tese (doutorado). Programa de Pós-Graduação em Educação Matemática. IGCE/UNESP, Rio Claro, 151p., 2012.

MARCATTO, Flávia S. F. O Desenvolvimento Profissional do Professor de Matemática para Promover o Raciocínio Matemático. Revista de Educação Matemática, [S. l.], v. 18, p. e021013, 2021.

MOSCHKOVICH, Judit N. Issues regarding the concept of mathematical practices. In: Y. Li & J. N. Moschkovich (Eds.), Proficiency and beliefs in learning and teaching mathematics: Learning from Alan Schoenfeld and Günter Toerner. Rotterdam, Netherlands: Sense Publishers, pp. 257–275, 2013.

MOSCHKOVICH, Judit N. Scaffolding student participation in mathematical practices. ZDM Mathematics Education 47, 1067–1078, 2015.

PONTE, João Pedro da. Estudos de caso em educação matemática. Bolema, Rio Claro, n. 25, p. 55-81, 2006.

PONTE, João Pedro da; MATA-PEREIRA, Joana; HENRIQUES, Ana. O raciocínio matemático nos alunos do ensino básico e do ensino superior. Práxis Educativa, Ponta Grossa, PR, v. 7, n. 2, 2012.

POST, Monika; PREDIGER, Susanne. Teaching practices for unfolding information and connecting multiple representations: the case of conditional probability information. Mathematics Education Research Journal, 2022.

REZAT, Sebastian; STRÄßER, Rudolf. From the didactical triangle to the socio-didactical tetrahedron: artifacts as fundamental constituents of the didactical situation. ZDM Mathematics Education 44, 641–651, 2012.

ROBUTTI, Ornela et al. ICME international survey on teachers working and learning through collaboration: June 2016. ZDM Mathematics Education 48, 651–690, 2016.

ROTT, Benjamin. Teachers’ Behaviors, Epistemological Beliefs, and Their Interplay in Lessons on the Topic of Problem Solving. Int J of Sci and Math Educ 18, 903–924, 2020.

SAADATI, Farzaneh; REYES, Cristián. Collaborative Learning to Improve Problem-Solving Skills: A Relation Affecting Through Attitude Toward Mathematics. In: Felmer, P.; Liljedahl, P.; Koichu, B. (eds). Problem Solving in Mathematics Instruction and Teacher Professional Development. Research in Mathematics Education. Springer, Cham, 2019.

SKOVSMOSE, Ole; PENTEADO, Miriam G. Mathematics Education an Democracy: An Open Landscape of Tensions, Uncertainties and Challeges. Handbook of International Research in Mathematics Education. By. Lyn D. English. David Kirshner, 792-825, 2016.

TATTO, Maria Teresa. Developing teachers’ research capacity: the essential role of teacher education. Teaching Education, 32:1, p.27-46, 2021.

WENGER, Etienne. Communities of practice: learning, meaning, and identity. Cambridge university press, 1999.

YANG, Xi et al. Relationship between pre-service mathematics teachers’ knowledge, beliefs and instructional practices in China. ZDM Mathematics Education 52, 281–294, 2020.

Downloads

Publicado

13-12-2023

Como Citar

MARCATTO, F. S. F. . Promovendo o raciocínio matemático: tarefas de exploração na prática como componente curricular. Revista Eletrônica de Educação, [S. l.], v. 17, p. e6249087, 2023. DOI: 10.14244/198271996249. Disponível em: https://www.reveduc.ufscar.br/index.php/reveduc/article/view/6249. Acesso em: 17 jul. 2024.

Edição

Seção

Dossiê Formação de Professores que Ensinam Matemática
##plugins.generic.dates.received## 2022-11-17
##plugins.generic.dates.accepted## 2023-07-20
##plugins.generic.dates.published## 2023-12-13