Arte e estética na educação: um relato de experiência da educação (do) sensível

Autores

  • Júlia Graciela de Souza Universidade Regional de Blumenau (FURB) http://orcid.org/0000-0002-5125-9122
  • Mariana Lopes Junqueira Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC)
  • Carla Carvalho Universidade Regional de Blumenau (FURB)

DOI:

https://doi.org/10.14244/198271993246

Palavras-chave:

Educação (do) sensível, Estética, Sentidos.

Resumo

Este relato emerge da experiência de um seminário temático desenvolvido na disciplina de Arte e Estética na Educação do Programa de Pós-Graduação em Educação, Mestrado em Educação da Universidade Regional de Blumenau/Santa Catarina. A proposta elaborada como parte das atividades do componente curricular da disciplina foi organizada pelos acadêmicos e orientada pela professora que ministra a disciplina. O objetivo do seminário foi o despertar dos sentidos e a reflexão sobre o papel do professor como provocador dos sentidos. Participaram do seminário 17 acadêmicos, que são também professores de diversas áreas, matriculados na disciplina de Arte e Estética em Educação. As atividades tiveram base teórica em Duarte Júnior (2000) e aconteceram em cinco momentos: a anestesia em que se vive: análise crítica do cotidiano; reconectando a natureza; ocultando a visão e despertando o tato; despertando o sensível; e reflexões. A experiência promovida pelo seminário temático contribuiu significativamente na reflexão sobre a vida atual e o quão anestesiados se está, na (re)descoberta dos sentidos e na educação (do) sensível. Como os acadêmicos que participaram do seminário também são professores, eles foram provocados pelos mediadores a promoverem momentos de educação (do) sensível com os seus alunos. Diante disso, espera-se uma ressonância das atividades propostas, para além do momento do seminário.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Júlia Graciela de Souza, Universidade Regional de Blumenau (FURB)

Mestre em Educação pela Universidade Regional de Blumenau (FURB). Especialista em Nutrição Materno Infantil pela AVM Educacional. Graduada em Nutrição pela Faculdade Metropolitana de Blumenau (FAMEBLU). Integrante do Grupo de Estudos e Pesquisa em Educação Superior - GEPES/FURB.

Mariana Lopes Junqueira, Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC)

Doutoranda em Educação pela Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC). Mestre em Educação pela Universidade Regional de Blumenau (FURB). Especialista em Educação Musical pela Associação Catarinense de Ensino. Graduada em Artes com Licenciatura em Música pela FURB. Tem experiência na área de Artes, com ênfase em Educação Musical. Integrante dos Grupos de Pesquisa Arte e Estética na Educação e Música e Educação.

Carla Carvalho, Universidade Regional de Blumenau (FURB)

Doutora em Educação pela Universidade Federal do Paraná. Mestre em Educação pela Universidade do Vale do Itajaí. Graduada em Educação Artística pela Universidade Regional de Blumenau (FURB). Atua como professora no Programa de Pós-Graduação em Educação na FURB. Líder do Grupo de Pesquisa Arte e Estética na Educação.

Referências

ALVES, Rubem. A transformação pelo fogo. In: ZANDONÁ, Adriano. Conquistando a liberdade interior: curar as raízes da própria história. São Paulo, Planeta: 2015. Não paginado.

ALVES, Rubem. O fogo que nos transforma. 2015. Disponível em: https://www.ippb.org.br/textos/revista-online/convidados/o-fogo-que-nos-transforma. Acesso em: 20 nov. 2018.

ANDRADE, Carlos Drummond de. Amar se aprende amando: poesia de convívio e humor. São Paulo: Companhia das Letras, 2018.

BUONAROTTI, Tales. Café, o poema do café. 2017. Disponível em: http://www.mexidodeideias.com.br/cultura/poema-do-cafe/. Acesso em: 10 dez. 2018.

DUARTE JÚNIOR, João Francisco. O sentido dos sentidos: a educação (do) sensível. 2000. 234 f. Tese (Doutorado) - Curso de Faculdade de Educação, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2000.

DUSSEL, Inés; CARUSO, Marcelo. Sala de aula? Genealogia? Definições para iniciar o percurso. In: DUSSEL, Inés; CARUSO, Marcelo. A invenção da sala de aula: uma genealogia das formas de pensar. São Paulo: Moderna, 2003. Cap. 1. p. 29-46.

LARROSA, Jorge. Tremores: escritos sobre experiência. Tradução de Cristina Antunes e João Wanderley Geraldi. Belo Horizonte: Autêntica, 2016.

LEÃO, Sônia Carneiro. Um poeta no pomar. Ilustrações Walther Moreira Santos. Recife: CEPE, 2015.

MEIRA, Marly Ribeiro. Filosofia da criação: reflexões sobre o sentido do sensível. Porto Alegre: Mediação, 2003.

URIARTE, Mônica Zewe et al. Mediação cultural: função de mestre explicador ou ação de mestre emancipador? In: NEITZEL, Adair de Aguiar; CARVALHO, Carla. (orgs.). Mediação cultural, formação de leitores & educação estética. Curitiba: CRV, 2016. p. 37-51.

Downloads

Publicado

12-09-2020

Como Citar

SOUZA, J. G. de; JUNQUEIRA, M. L.; CARVALHO, C. Arte e estética na educação: um relato de experiência da educação (do) sensível . Revista Eletrônica de Educação, [S. l.], v. 14, p. e3246130, 2020. DOI: 10.14244/198271993246. Disponível em: https://www.reveduc.ufscar.br/index.php/reveduc/article/view/3246. Acesso em: 14 jun. 2024.

Edição

Seção

Relatos de Experiência
##plugins.generic.dates.received## 2019-01-29
##plugins.generic.dates.accepted## 2022-05-16
##plugins.generic.dates.published## 2020-09-12