Educação, leitura, pobreza e analfabetismo em tempo de pandemia em Codó, Maranhão

Autores

DOI:

https://doi.org/10.14244/198271995414

Palavras-chave:

Educação, Leitura, Pobreza, Analfabetismo.

Resumo

Este artigo trata de educação, leitura, pobreza e analfabetismo em tempo de pandemia em Codó, localizado no estado do Maranhão. O texto é resultado de observações realizadas no ano de 2020 a partir do início da pandemia do Novo Coronavírus, quando o fechamento das escolas estaduais e municipais e a limitação do acesso ao trabalho pelas camadas populares tornou mais evidente as condições de pobreza em que se encontra o município de Codó. Para adentarmos nos temas centrais desse trabalho, iniciamos com uma discussão sinóptica acerca das bases para uma educação democrática e de qualidade, onde evidenciamos a importância da Constituição de 1988, marco referencial para a democratização do país, assim como da escola e, consequentemente, do acesso à leitura da palavra e de mundo pelos discentes. Nossa interpretação sobre a importância da leitura de mundo ou do letramento social é realizada com base nas análises de Freire (1987, 1989), Street (1995) e Soares (2000, 2017) acerca do tema. A última análise que realizamos no texto está focada na pobreza e no analfabetismo como fenômenos crônicos em nosso país, nosso estado e, inegavelmente, em Codó. Nessa parte interpretamos e evidenciamos os dados que mostram a relação permanente e histórica que existe entre a pobreza e analfabetismo, a qual submete e exclui ainda milhões de brasileiros.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

José Carlos Aragão Silva, Universidade Federal do Maranhão (UFMA)

Docente do Curso de Ciências Humanas/História da Universidade Federal do Maranhão – UFMA, Doutor em História. Vice-líder do Grupo de Pesquisa Formação Docente: Letramentos e suas mediações “FORDOC”.

Cristiane Dias Martins da Costa, Universidade Federal do Maranhão (UFMA)

Docente do Curso de Licenciatura em Pedagogia da Universidade Federal do Maranhão – UFMA, Doutora em Educação. Líder do Grupo de Pesquisa Formação Docente: Letramentos e suas mediações “FORDOC”.

Alex de Sousa Lima, Universidade Federal do Maranhão (UFMA)

Docente do Curso de Ciências Humanas/História da Universidade Federal do Maranhão – UFMA, Doutor em Geografia. Líder do Grupo de Pesquisa e Ensino de Ciências Humanas “PEnCiH”.

Referências

BERTHOFF, Ann E. Literacy: Reading the word and the world (Prefácio). In: FREIRE, Paulo; MACEDO, Donaldo. Literacy: Reading the Word and the World. South Hadley, MA: Bergin & Garvey, 1987, 184p.

BOMENY, Helena. Quando os números confirmam impressões: desafios na educação brasileira. Rio de Janeiro: CPDOC, 2003, 29f.

CENTRO DE ESTUDOS ESTRATÉGICOS FIOCRUZ. IBGE: Em um ano pobreza aumenta e atinge 54,8 milhões de pessoas. Rio de Janeiro, 2018. https://cee.fiocruz.br/?q=IBGE-Pobreza-aumenta-e-atinge-54%2C8-milhoes-de-pessoas. Acesso em: 05 jul. 2020.

IBGE - Instituto Brasileiro De Geografia E Estatística. PNAD Educação 2019: mais da metade das pessoas de 25 anos ou mais não completaram o ensino médio. Agência IBGE, Rio de Janeiro, 2019. https://agenciadenoticias.ibge.gov.br/agencia-sala-de-imprensa/2013-agencia-de-noticias /releases/28285-pnad-educacao-2019-mais-da-metade-das-pessoas-de-25-anos-ou-mais-nao-completaram-o-ensino-medio. Acesso em: 05 jul. 2020.

IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua – PNAD Contínua. 2019. Disponível em: https://sidra.ibge.gov.br/home/pms/brasil. Acesso em: 20 de nov. 2021.

IBGE. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. 2018. Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua – PNAD Contínua. 2019. Disponível em: https://sidra.ibge.gov.br/home/pms/brasil. Acesso em: 20 de nov. 2021.

FERRARO, Alceu Ravanello; KREIDLOW, Daniel. Analfabetismo no Brasil: configuração e gênese das desigualdades regionais. Educação & Realidade. Porto Alegre, vol. 29, no. 02, jul./dez. 2004, p. 179-200.

FREIRE, Paulo. A importância do ato de ler: em três artigos que se completam. São Paulo: Autores Associados, 1989, 49p.

FREIRE, Paulo; MACEDO, Donaldo. Literacy: Reading the Word and the World. South Hadley, MA: Bergin & Garvey, 1987, 184p.

MOL, Suzanne E.; BUS, Adriana G. To read or not to read: a meta-analysis of print exposure from infancy to early adulthood. American Psychological Assotiation, Psychological Bulletin, vol. 137, n. 02, 2011, p. 267-296.

ROCHA, Sonia. Pobreza no Brasil: o que mudou nos últimos 30 anos. Estudos e pesquisas, v. 83, 2004, 26p.

SINGER, Paul. Repartição de renda: pobres e ricos sob o regime militar. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor, 2. Ed, 1986, 95p.

SOARES, Magda. Letramento: um tema em três gêneros. Belo Horizonte: Autêntica, 2000, 128p.

SOARES, Magda. Linguagem e escola: uma perspectiva social. São Paulo: Editora Contexto, 2017, 160p.

STREET, Brian V. Literacy in theory and practice. Cambridge University Press, 1984, Printed in United State, 1995, 256p.

Downloads

Publicado

31-07-2023

Como Citar

SILVA, J. C. A.; COSTA, C. D. M. da .; LIMA, A. de S. . Educação, leitura, pobreza e analfabetismo em tempo de pandemia em Codó, Maranhão. Revista Eletrônica de Educação, [S. l.], v. 17, p. e5414042, 2023. DOI: 10.14244/198271995414. Disponível em: https://www.reveduc.ufscar.br/index.php/reveduc/article/view/5414. Acesso em: 19 abr. 2024.

Edição

Seção

Demanda Contínua - Artigos
##plugins.generic.dates.received## 2022-05-05
##plugins.generic.dates.accepted## 2021-12-22
##plugins.generic.dates.published## 2023-07-31