Profissionais de educação no contexto pandêmico da Covid-19: Yoga como tecnologia social e possibilidade autopoiética

Autores

DOI:

https://doi.org/10.14244/198271995310

Palavras-chave:

Formação de profissionais da educação, Tecnologias na educação, Inovação pedagógica.

Resumo

Os projetos de pesquisa de Iniciação Científica, de Extensão e de Mestrado Profissional articularam-se, produzindo ações e reflexões a fim de verificar as possíveis contribuições do Yoga para profissionais de educação de uma rede municipal pública de ensino durante a pandemia de Covid-19. Nossas bases teóricas se assentaram no conceito de Autopoiésis (MATURANA e VARELA), no processo de produção da Tecnologia Social (RODRIGUES e BARBIERI), na tecnologia oriental (FEUERSTEIN) e na proposta de inovação pedagógica (CUNHA). As aulas de Yoga foram alicerçadas na escola do Yoga Integral de Sri Aurobindo, seguindo os oito pilares do Yoga Clássico, codificados por Patanjali e buscando focar na inclusão e na conexão Ocidente-Oriente. Realizamos pesquisa qualitativa e percorremos os princípios metodológicos da Pesquisa-ação (THIOLLENT) para superar as fronteiras entre sujeitos pesquisadores e pesquisados. Como resultados, obtivemos: um elevado número de artigos sobre o Yoga nas bases de dados científicas; um levantamento de opiniões de participantes sobre o estresse gerado pelas demandas profissionais em contato com as tecnologias informacionais durante o período de trabalho remoto; a oferta de aulas de Yoga on-line; os relatos dos participantes sobre os efeitos positivos das vivências para a saúde e para o processo de ressignificação do ser e do profissional de educação; e a geração de política de educação municipal por meio de um projeto permanente de yoga na rede pública municipal de educação.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Janaina Silva de Souza, Universidade Federal Fluminense (IBio/PGCTIn) e Secretaria Municipal de Educação de Niterói /Coordenação de Educação em Sustentabilidade, Esporte e Saúde (CESESS)

Doutoranda em Ciências, Tecnologias e Inclusão - (PGCTIn/UFF). Mestre em Diversidade e Inclusão pela UFF. Graduada e Licenciada em Letras Português e Literaturas de Língua Portuguesa pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Especialização em Leitura e Produção Textual pela UFF e em Gestão Ambiental pela UFRJ.  É formada como instrutora de Yoga pelo Curso de Desenvolvimento em Yoga (CDY), com aprofundamento em Yoga Nidra pelo Satyananda Yoga Center. Idealizou e vem desenvolvendo o YogaEduca (projeto de Yoga) na Rede Municipal de Niterói, por meio da CESESS. Atua como vice-coordenadora do Projeto de Extensão Cognição, afeto e corpo em sala de aula, da UFF e como pesquisadora no grupo de pesquisa Núcleo de Educação Inclusiva - Galileu Galilei.

Rejany dos Santos Dominick, Universidade Federal Fluminense (UFF)

Licenciada em Educação Física (1984) e em Pedagogia pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (1986). Mestra em Educação pela Universidade Federal Fluminense (1993) e doutora em História, Filosofia e Educação pela Universidade Estadual de Campinas (2003). Atualmente é professora da Faculdade de Educação da Universidade Federal Fluminense. Coordena projetos de Extensão, de Pesquisa e de Inovação Social articulados às tecnologias na educação. É uma das editoras da RevistAleph, que tem como categoria geradora as experiências instituintes. Tem pesquisado a formação de professores para as inclusões na educação.

Isis Dias de Menezes, Universidade Federal Fluminense (UFF)

Graduada em Pedagogia pela Universidade Federal Fluminense. Bolsista de pesquisa CNPQ do projeto: “Memória, Narrativas e Tecnologia nos anos iniciais da educação básica e as “artes de fazer” no trabalho docente 2020-21”. Faz parte do grupo de extensão da Universidade Estadual de Londrina de Educação Bi/Multilíngue e atualmente é Regente na Escola MiniMe no segmento da Educação Infantil.

Pedagoga (UFF) com especialização em Educação Multilíngue (UEL). ORCID id: https://orcid.org/0000-0002-1302-0647. E-mail: isisdias@id.uff.br

Laura de Almeida Conceição, Universidade Federal Fluminense (UFF)

Graduada em Pedagogia pela Universidade Federal Fluminense. Bolsista de pesquisa pela UFF do projeto: “Formando docentes no contexto da pandemia do covid-19 e para a inclusão da diversidade: Yoga como tecnologia social”. Foi estagiária do colégio Nossa Senhora da Assunção, em 2019, onde trabalhou como auxiliar e mediadora de crianças com necessidades especiais.

Pedagoga (UFF), Pós-Graduanda Neuropedagogia e Educação Positiva. ORCID id: https://orcid.org/0000-0003-1314-6159 . E-mail: almeidalau26@gmail.com

 

Referências

ALMEIDA, Izaura dos Santos; DOMINICK, Rejany dos Santos. A roda de conversa da Deleuze inclusão: possibilidades. Revista Digital Formação em Diálogo. Dossiê Inclusão. Rio de Janeiro, v. 3, n. 5, p. 42-51, mar., 2020. ISSN: 2317-0794. Disponível em: https://revistadigitalformacaoemdialogo.blogspot.com/. Acesso em: 11 dez. 2020.

ARORA, Harbans Lal. A ciência moderna à luz do yoga milenar. Rio de Janeiro: Nova Era, 1999.

CHIZZOTTI, Antônio. Pesquisa em ciências humanas e sociais. 4. ed. São Paulo: Cortez, 2000.

CORRÊA, Cinthia Andriota; VERLENGIA, Rozangela; RIBEIRO, Anna Gabriela Silva Vilela & CRISP, Alex Harley. Níveis de estresse, ansiedade, depressão e fatores associados durante a pandemia de COVID-19 em praticantes de Yoga. Revista Brasileira de Atividade Física e Saúde, [S. l.], v. 25, p. 1–7, 14 set. 2020. Disponível em: http://www.redib.org/Record/oai_articulo2754491estresse-ansiedade-depresse-fatores-associados-durante-a-pandemia-de-covid-19-em-praticantes-de-yoga. Acesso em: 01 set. 2020.

CUNHA, Maria Isabel. Inovações na educação superior: impactos na prática pedagógica e nos saberes da docência. Em Aberto, Brasília, v. 29, n. 97, p. 87-101, 2016.

DELEUZE, Gilles; GUATTARI, Félix. Mil Platôs: capitalismo e esquizofrenia. Rio de Janeiro: Editora 34, 1995, v. 1.

DOMINICK, Rejany dos Santos.; ALVES, Walcéa Barreto; SILVA, Márcia Maria e. Desafios na formação de professores em um mundo conectado: representações, práticas e linguagens inovadoras. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, [S.l.], p. 1629-1651, jun. 2020. ISSN 1982-5587.DOI: https://doi.org/10.21723/riaee.v15iesp2.13836. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/iberoamericana/article/view/13836/9344. Acesso em: 14 set. 2020.

DOMINICK, Rejany dos Santos e SOUZA, Neiva Veiga. Tecnologias em diálogo na formação de professores. Revista Aleph (UFF. Online), ano 5, v.15, p. 50-64, jul., 2011. Home page: http://www.uff.br/revistaleph/pdf/revista15.pdf. ISSN 18076211.

ELIADE, Mircea. Yoga: imortalidade e liberdade. 8 ed. São Paulo: Palas Athena, 2019.

FEUERSTEIN, Georg. Uma visão profunda do Yoga: teoria e prática. São Paulo: Pensamento, 2005.

FEUERSTEIN, Georg. A tradição do Yoga: história, literatura, filosofia e prática. São Paulo: Pensamento, 2006.

ITS. Reflexões sobre a construção do conceito de tecnologia social. In: Fundação Banco do Brasil. Tecnologia Social: uma estratégia para o desenvolvimento. RJ: EGB, 2004.

IYENGAR, Bellur Krishnamachar Sundararaja. Luz na vida: a jornada da ioga para a totalidade, a paz interior e a liberdade suprema. São Paulo: Summus, 2007.

HARARI, Yuval Noah. 21 Lições para o século 21. 1 ed. São Paulo: Companhia das Letras, 2018.

KYTE, Darlene. Toward a Sustainable Sense of Self in Teaching and Teacher Education: Sustainable Happiness and Well-Being through Mindfulness. McGill Journal of Education / Revue Des Sciences De l’éducation De McGill, v.51 n.3 p. 1143-1162, 2016. Disponível em: https://mje.mcgill.ca/article/view/9321. Acesso em: 01 set. 2020.

LÉVY, Pierre. Cibercultura. São Paulo: Editora 34, 1999.

MATURANA, Humberto Romesín. A ontologia da realidade. Belo Horizonte: Ed. UFMG, 1997.

MATURANA, Humberto Romesín; VARELA, Francisco Javier. De máquinas e seres vivos: autopoiese – a organização do vivo. 3. ed. Porto Alegre: Artes Médicas, 1997.

MERLO, Vicente. Os ensinamentos de Sri Aurobindo: o Yoga integral e o caminho da vida. São Paulo: Pensamento, 2010.

RANCIÈRE, Jacqués. A Partilha do sensível: Estética e Política. Trad. Mônica Costa Netto. 2. ed. São Paulo: Editora 34, 2009.

RODRIGUES, Ivete; BARBIERI, José Carlos. A emergência da tecnologia social: revisitando o movimento da tecnologia apropriada como estratégia de desenvolvimento sustentável. Revista de Administração Pública-RAP, [S.l.], v. 42, n. 6, nov. 2008.

SANTOS, Boaventura de Sousa. Renovar a teoria crítica e reinventar a emancipação social. São Paulo: Boitempo, 2007.

SCHÖN, Donald. Educando o Profissional Reflexivo: um novo design para o ensino e a aprendizagem. Trad. Roberto Costa. Porto Alegre: Artmed, 2000, 256p.

TAMILSELVI, Balasundaram.; THANGARAJATHI, Saradha. Subjective Well-Being of School Teachers after Yoga – An experimental study. I-manager’s Journal on Educational Psychology, v. 9, n. 4, feb./apr. 2016. Disponível em: https://files.eric.ed.gov/fulltext/EJ1131857.pdf. Acesso em: 01 set. 2020.

THIOLLENT, Michel. Metodologia da pesquisa-ação. São Paulo: Cortez, 1994.

WARSCHAUER, Cecília. A roda e o registro: uma parceria entre professor, alunos e conhecimento. 3. ed. São Paulo: Paz e terra, 2001. 238 p.

WHO World Health Organization. Traditional Medicine Strategy 2002-2005. Geneva: WHO, 2002. 74 p. Disponível em: http://whqlibdoc.who.int/hq/2002/WHO_EDM_TRM_2002.1.pdf. Acesso em: 06 set. 2020.

Downloads

Publicado

28-11-2023

Como Citar

SOUZA, J. S. de; DOMINICK, R. dos S. .; MENEZES, I. D. de; CONCEIÇÃO, L. de A. Profissionais de educação no contexto pandêmico da Covid-19: Yoga como tecnologia social e possibilidade autopoiética. Revista Eletrônica de Educação, [S. l.], v. 17, p. e5310076, 2023. DOI: 10.14244/198271995310. Disponível em: https://www.reveduc.ufscar.br/index.php/reveduc/article/view/5310. Acesso em: 17 jul. 2024.

Edição

Seção

Demanda Contínua - Artigos
##plugins.generic.dates.received## 2022-05-04
##plugins.generic.dates.accepted## 2022-11-29
##plugins.generic.dates.published## 2023-11-28