Pibid e formação docente: contribuições do professor supervisor

Autores

DOI:

https://doi.org/10.14244/198271993744

Palavras-chave:

PIBID, Formação de professores, Curso de Pedagogia, Professores supervisores.

Resumo

O presente artigo tem por objetivo analisar contribuições do professor supervisor para a prática pedagógica do aluno egresso do curso de Pedagogia e em início de carreira que tenha participado do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (PIBID). Tratou-se de uma pesquisa de cunho qualitativo, tendo como instrumentos de coleta de dados um formulário fechado e entrevistas semiestruturadas, além da análise de documentos oficiais. O referencial teórico pautou-se em autores da pedagogia crítica e em estudos sobre os saberes docentes, a relação teoria e prática e a formação docente. Constatamos que, a partir das ações dos supervisores junto aos alunos bolsistas participantes do PIBID, estabeleceu-se uma parceria entre a universidade e as escolas da rede pública, beneficiando a formação dos licenciandos para atuarem na docência.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Elaine de Oliveira Carvalho Moral Queiroz, Universidade Nove de Julho

Doutora em Educação, Arte e História da Cultura pela Universidade Presbiteriana Mackenzie (2017). Mestre em Educação, área de concentração Teorias e Políticas em Educação, pela Universidade Nove de Julho - UNINOVE (2009). Habilitação em Supervisão Escolar pela UNINOVE (2006). Especialista em Psicopedagogia pelas Faculdades Integradas Teresa Martin (2000). Graduada em Pedagogia pela Faculdade de Educação e Ciências Pinheirense (1991). Graduada em Psicologia pela Universidade Paulista - UNIP (1983). Experiência docente em Educação Infantil, Ensino Fundamental I e II, sobretudo na alfabetização de crianças, e no Ensino Médio (Curso Magistério). Atuou como docente da Pós-Graduação no curso de Psicopedagogia e Educação Especial da UNINOVE. Atualmente é professora da Graduação presencial e EaD e Coordenadora do Curso de Pedagogia da UNINOVE. Faz parte do NDE do curso de Pedagogia da UNINOVE. Coordenadora Institucional do Programa Residência Pedagógica. Avaliadora ad-hoc do INEP/MEC do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira.

Maria de Fátima Ramos Andrade, Universidade Presbiteriana Mackenzie

Possui graduação em Pedagogia pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, Mestrado em Educação pela Universidade de São Paulo, Doutorado em Comunicação Semiótica pela PUC/SP e pós-doutorado em Políticas e Práticas da Educação Básica e Formação de Professores pela Fundação Carlos Chagas. Atua em cursos de graduação e pós-graduação em Educação. Desenvolve pesquisas sobre os seguintes temas: Desenvolvimento profissional da docência, Alfabetização, Educação infantil, Educação a distância, Linguagem audiovisual, cinema de animação (textos multimodais).

Maria da Graça Nicoletti Mizukami, Universidae Presbiteriana Mackenzie

possui graduação em Pedagogia pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1970), mestrado em Educação pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (1977) e doutorado em Ciências Humanas, também pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (1983). Tem especialização em Didática - Karl Ruprecht Universität Heidelberg e Pädagogische Hochschule Heidelberg, Alemanha (1971-1974 /DAAD). É professora titular pela Universidade Federal de São Carlos (1991) e desenvolveu pesquisa de pós-doutorado na Santa Clara University, Califórnia, Estados Unidos (FAPESP/1993). Atualmente é professora adjunto III na Universidade Presbiteriana Mackenzie (Centro de Educação, Filosofia e Teologia /CEFT - Programa de Pós-graduação em Educação, Arte e História da Cultura).É co-organizadora da série Aprendizagem da Docência, publicada pela UFSCar. Foi membro do comitê de assessoramento CA-ED do CNPq no período 2006-2009. Membro titular do Conselho do International Council for Education on Teaching - ICET, período 2013-2015. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Formação de Professores, atuando principalmente nos seguintes temas: base de conhecimento para o ensino, desenvolvimento profissional da docência, aprendizagem profissional da docência, praticas pedagógicas e casos de ensino.

Referências

BARDIN, L. Análise de conteúdo. Trad. Luís A. Reto e Augusto Pinheiro. Lisboa: Edições 70, 2011.

BRASIL. Ministério da Educação. Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Secretaria de Educação Superior – SESu. Edital MEC/Capes/FNDE nº Programa Institucional de Iniciação à Docência – PIBID. Brasília, DF, 2007. Disponível em: <https://www.capes.gov.br/images/stories/download/editais/Edital_PIBID.pdf>. Acesso em: 20 abr. 2016.

BRASIL. Portaria nº 46, de 11 de abril de 2016. Aprova o Regulamento do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência – PIBID. Disponível em: https://www.capes.gov.br/images/stories/download/legislacao/15042016-Portaria-46-Regulamento-PIBID-completa.pdf. Acesso em: 2 dez. 2017.

CANÁRIO, R. O papel da prática profissional na formação inicial e contínua de professores. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE QUALIDADE NA EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO DE PROFESSORES. 2001. Brasília: MEC – Secretaria de Educação Fundamental, 15/19 outubro de 2001.

DARLING-HAMMOND, L. A importância da formação docente. Cadernos Cenpec, São Paulo, v. 4, n. 2, p. 230-47, dez. 2014.

GARCIA, C. M. Formação de professores: para uma mudança educativa. Porto: Porto Editora, 1999.

GATTI, B. A. Políticas docentes no Brasil: um estado da arte. Brasília: Unesco, 2011.

GATTI, B. A. A prática pedagógica como núcleo do processo de formação de professores In: GATTI, B. A. et al. (Org.). Por uma política nacional de formação de professores. São Paulo: Editora Unesp, 2013.

GATTI, B. A. A formação inicial de professores para a educação básica: as licenciaturas. Revista da Universidade de São Paulo (USP), n. 100, p. 33-46, dez./jan./fev. 2013-2014. Disponível em: <http://dx.doi.org/10.11606/issn.2316-9036.v0i100p33-46>. Acesso em: 16 abr. 2016.

LÜDKE, M.; ANDRÉ, M. E. D. A. Pesquisa em educação: abordagens qualitativas. São Paulo: Editora Pedagógica e Universitária, 2014.

MIZUKAMI, M. da G. N. Aprendizagem da docência: professores formadores. Revista e-Curriculum PUC-SP. São Paulo, v. 01, n. 1, p. 1-17, jul. 2005-2006. Disponível em: <https://revistas.pucsp.br/index.php/curriculum/article/view/3106> Acesso em: 16 abr.2016.

NÓVOA, A. Professores: imagens do futuro presente. Lisboa: Educa, 2009.

OLIVEIRA-FORMOSINHO, J. Desenvolvimento profissional dos professores. In: FORMOSINHO, J. (Coord.). Formação de professores: aprendizagem profissional e ação docente. Porto: Porto Editora, 2009.

SHULMAN, L. S. Conhecimento e ensino: fundamentos para a nova reforma. Cadernos Cenpec – Edição especial Formação de professores, São Paulo, v. 4, n. 2, p. 196-229, dez. 2014. Disponível em: <http://dx.doi.org/10.18676/cadernoscenpec.v4i2.293>. Acesso em: out. 2016

SHULMAN, L. S.; SHULMAN, J. H. Como e o que os professores aprendem: uma perspectiva em transformação. Cadernos Cenpec, São Paulo, v. 6, n. 1, p. 120-42, jan./jun. 2016. Disponível em: <http://dx.doi.org/10.18676/cadernoscenpec.v6i1.353>. Acesso em: maio 2016

TANCREDI, R. M. S. P.; REALI, A. M. M. R.; MIZUKAMI, M. G. N. Programa de mentoria para professores das séries iniciais: implementando e avaliando um contínuo de aprendizagem docente. São Carlos: Fapesp, 2013.

TARDIF, M. Saberes profissionais dos professores e conhecimentos universitários: elementos para uma epistemologia da prática profissional dos professores e suas consequências em relação à formação para o magistério. Revista Brasileira de Educação, n. 13, p. 5-24. 2012.

TARDIF, M. Saberes docentes e formação profissional. Petrópolis: Vozes, 2014.

ZEICHNER, K. M. Repensando as conexões entre a formação na universidade e as experiências de campo na formação de professores em faculdades e universidades. Revista Educação, v. 35, n. 3, p. 479-504, 2010. Disponível em: <https://periodicos.ufsm.br/reveducacao/article/view/2357>. Acesso em: 30 mar. 2017.

Downloads

Publicado

19-05-2020

Como Citar

QUEIROZ, E. de O. C. M.; ANDRADE, M. de F. R.; MIZUKAMI, M. da G. N. Pibid e formação docente: contribuições do professor supervisor. Revista Eletrônica de Educação, [S. l.], v. 14, p. e3744091, 2020. DOI: 10.14244/198271993744. Disponível em: https://www.reveduc.ufscar.br/index.php/reveduc/article/view/3744. Acesso em: 25 jun. 2024.

Edição

Seção

Demanda Contínua - Artigos
##plugins.generic.dates.received## 2019-10-06
##plugins.generic.dates.accepted## 2020-04-09
##plugins.generic.dates.published## 2020-05-19