Grégoire Chamayou e a “genealogia do liberalismo autoritário” e “ingovernável”

Autores

DOI:

https://doi.org/10.14244/198271996184

Palavras-chave:

Neoliberalismo, Políticas públicas, Luta de classes

Resumo

RESENHA: CHAMAYOU, Grégoire. A sociedade ingovernável: uma genealogia do liberalismo autoritário. São Paulo: Ubu Editora, 2020.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Marcelo Micke Doti, Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza (CEETEPS – CPS) / Faculdade de Tecnologia do Estado de São Paulo (FATEC)

Professor e pesquisador em regime integral (RJI) do CPS (CEETEPS) do Estado de São Paulo na Faculdade de Tecnologia (Fatec/Campus de Araraquara/Mococa), psicanalista (IBPC/Campinas e Espaço Lacan/Sedes Sapientiae) e onívoro intelectual. Formado em Ciências Econômicas (Unesp/FCLAr) estudando a problemática e dimensões do trabalho em Marx. Mestrado em Filosofia Política (Unicamp/IFCH) e em Sociologia (Unesp/FCLAr) abordando a "Ontologia do Ser Social", o conceito de irracionalismo e os problemas advindos desses conceitos e G. Lukács. Doutorado em Planejamento de Sistemas Energéticos (Unicamp/FEM) defendendo tese sobre filosofia da natureza, espaços antropogênicos e os problemas da civilização atual seguindo no pós-doutorado em Pesquisas Energéticas (UFABC/CECS) com mesmo tema. O campo intelectual de pesquisas navega e pendula entre vários núcleos discursivos. O foco central está nas interfaces de sujeito e sociedade tentando apreender as estruturas atravessadoras da subjetiva, ou seja, a construção das subjetividades e suas potencialidades de emancipação, construção de um ser ou ainda as possiblidades de vir a ser um sujeito (social/individual) através e apesar de estruturas impeditivas. Por isso os estudos: psicanálise, ideologia e cultura, especialmente o supereu (Überich) e história; filosofia e psicanálise como campos coextensivos; teoria e filosofia política; estruturas das objetividades sociais. Neste último caso surgem as grandes questões econômicas, sociais, estratificação de classes, relação de classes, relações produtivas entre outras estruturas objetivas. Destaca-se neste ponto também a compreensão do mundo do trabalho e os processos e potenciais de empregabilidade do aluno/egresso do “Centro Paula Souza” (CPS).

Referências

BOLTANSKI, Luc; CHIAPELLO, Ève. O novo espírito do capitalismo. São Paulo: WMF Martins Fontes, 2009.

CHAMAYOU, Grégoire. A sociedade ingovernável: uma genealogia do liberalismo autoritário. São Paulo: Ubu Editora, 2020.

DARDOT, Pierre; LAVAL, Christian. A nova razão do mundo: ensaios sobre a sociedade neoliberal. São Paulo: Boitempo, 2016.

KLEIN, Naomi. A doutrina do choque: a ascensão do capitalismo de desastre. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2008.

Downloads

Publicado

29-08-2023

Como Citar

DOTI, M. M. Grégoire Chamayou e a “genealogia do liberalismo autoritário” e “ingovernável”. Revista Eletrônica de Educação, [S. l.], v. 17, p. e6184057, 2023. DOI: 10.14244/198271996184. Disponível em: https://www.reveduc.ufscar.br/index.php/reveduc/article/view/6184. Acesso em: 17 jul. 2024.

Edição

Seção

Dossiê Políticas Educativas e Perspectivas Formativas Pós-Covid-19
##plugins.generic.dates.received## 2022-09-19
##plugins.generic.dates.accepted## 2022-12-20
##plugins.generic.dates.published## 2023-08-29