Proposta Curricular de Santa Catarina em Educação Física na Educação Básica: Concepções e possíveis vínculos epistemológicos dos consultores

Autores

DOI:

https://doi.org/10.14244/198271995127

Palavras-chave:

Proposta Curricular de Santa Catarina, Epistemologia, Educação Física.

Resumo

Analisam-se as bases epistemológicas presentes na construção da escrita da Proposta Curricular de Santa Catarina em Educação Física na Educação Básica (PCSCEF) e os possíveis vínculos epistemológicos de seus consultores nas versões de 1991 e 1998. A pesquisa qualitativa, de caráter descritivo e interpretativo, foi realizada por meio de uma entrevista semiestruturada conduzida com os consultores que participaram na construção das respectivas versões da PCSCEF. Os dados obtidos foram tratados por meio da Análise de Conteúdo, com o auxílio do software QSR Nvivo, versão 12.0. Para a sistematização das análises foram elencadas as seguintes categorias a posteriori: bases epistemológicas da PCSCEF; o contexto da PCSC - o ecletismo teórico da Educação Física; e os possíveis vínculos epistemológicos dos consultores da PCSCEF. Como resultado, identificou-se que o Materialismo Histórico e Dialético e a teoria da aprendizagem Histórico-Cultural são as bases que norteiam ambas as versões investigadas. Como referências, a PCSCEF utiliza diferentes perspectivas da Educação Física, algumas até antagônicas ao Materialismo Histórico e Dialético. Concluiu-se que a presença de um ecletismo teórico na PCSCEF sugere indícios de um caminho para uma definição de multidisciplinaridade da Educação Física, a qual também era um reflexo dos possíveis vínculos epistemológicos dos consultores e do contexto da época em que a Proposta foi escrita. Para os consultores, o ecletismo teórico, delineado pela multidisciplinaridade, foi uma necessidade, pois a adoção de apenas uma base epistemológica e uma única teoria seria insuficiente.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Jaqueline da Silva, Faculdade IELUSC

Especialista em Educação Física Escolar pelo Centro Universitário Leonardo da Vinci (UNIASSELVI). Mestra em Educação Física na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

Ana Flávia Backes , Universidade Federal de Santa Catarina

Mestra em Educação Física pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Doutoranda em Educação Física pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

Allana Alencar, Universidade do Estado de Santa Catarina

Mestra em Ciências do Movimento Humano pela Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC). Doutoranda em Educação Física na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

Carolina Fernandes da Silva, Universidade Federal de Santa Catarina

Doutora em Ciências do Movimento Humano pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

Referências

ARRUDA, Arlene; LORENZINI, Vanir Peixer. Metodologias ativas de ensino e aprendizagem na formação docente continuada para a educação básica na perspectiva da proposta curricular de Santa Catarina. Revista Uniplac, Lages, v. 6, n. 1, p. 1-1, set. 2018.

BARDIN, Laurence. Análise de conteúdo. 2ª ed. São Paulo: Edições 70, 2011.

BRACHT, Valter. Mas, afinal, o que estamos perguntando com a pergunta "o que é Educação Física". Movimento, Porto Alegre, v. 2, n. 2, p. 1-8, ago. 1995. Disponível em: https://doi.org/10.22456/1982-8918.2188. Acesso em: 07 set. 2020.

BRASIL. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, LDB. 9394/1996. BRASIL.

BRASIL. Conselho Nacional de Saúde. Resolução nº 510, de 7 de abril de 2016. Trata sobre as diretrizes e normas regulamentadoras de pesquisa em ciências humanas e sociais. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 24 mai. 2016.

CASTELLEN, Marcella et al. Levando a diversidade ambiental para dentro da escola com embasamento na Proposta Curricular de Santa Catarina do ano de 2014 através do PROESDE/Licenciatura. Revista Uniplac, Lages, v. 5, n. 1, p. 1, set. 2017. Disponível em: http://revista.uniplac.net/ojs/index.php/uniplac/article/view/3007. Acesso em: 06 ago. 2019.

CEREZUELA, Cristina; MORI, Nerli Nonato Ribeiro. A educação escolar e a teoria histórico-cultural. In: XII CONGRESSO NACIONAL DE EDUCAÇÃO, 12, 2015. Curitiba. Anais eletrônicos... Curitiba: PUC-PR, 2015. Disponível em: https://educere.bruc.com.br/arquivo/pdf2015/20322_9131.pdf. Acesso em: 08 maio 2020.

DA COSTA, Lamartine. Formação profissional em educação física, esporte e lazer no Brasil: memória, diagnóstico e perspectivas. Blumenau: Ed. FURB, 1999.

DA SILVA THIESEN, Juares; STAUB, José Raul; MAURÍCIO, Wanderléa Damásio. Proposta Curricular de Santa Catarina: abordagem histórico-política sobre sua constituição. Educação: Teoria e Prática, Rio Claro, v. 21, n. 37, p. 113-134, dez. 2011. Disponível em: http://www.periodicos.rc.biblioteca.unesp.br/index.php/educacao/article/view/4227. Acesso em: 21 jun. 2020.

DENZIN, Norman Kent; LINCOLN, Yvonna Sessions. O planejamento da pesquisa qualitativa: teorias e abordagens. In: O planejamento da pesquisa qualitativa: teorias e abordagens. 2ª ed. Porto Alegre: Artmed, 2006, p. 432-432.

DE SOUZA PERES, Elisandra; TORRIGLIA, Patrícia Laura. Análise dos princípios orientadores da Proposta Curricular de Santa Catarina no contexto das reformas educacionais de 1990. In: 9ª ANPED SUL SEMINÁRIO DE PESQUISA DA REGIÃO SUL. 9, 2012, Caxias do Sul. Anais eletrônicos... Caxias do Sul: UCS, 2012. Disponível em: http://www.ucs.br/etc/conferencias/index.php/anpedsul/9anpedsul/paper/view/1816/0. Acesso em: 21 jun. 2020.

DE SOUZA PERES, Elisandra; TORRIGLIA, Patrícia Laura. Currículo, educação e emancipação. In: IV COLÓQUIO LUSO-BRASILEIRO DE EDUCAÇÃO, 4, 2018, Braga e Paredes de Coura, Portugal. Anais eletrônicos... Braga e Paredes de Coura: Universidade do Minho, 2018. Disponível em: http://www.revistas.udesc.br/index.php/colbeduca/article/view/11413. Acesso em: 21 jun. 2020.

DOURADO, Luiz Fernandes. Políticas e gestão da educação básica no Brasil: limites e perspectivas. Educação & Sociedade, Campinas, v. 28, n. 100, p. 921-946, out. 2007. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-73302007000300014. Acesso em: 11 jun. 2020.

DOURADO, Luiz Fernandes; OLIVEIRA, João Ferreira de. A qualidade da educação: perspectivas e desafios. Cadernos Cedes, v. 29, p. 201-215, ago. 2009. Disponível em: https://www.scielo.br/j/ccedes/a/Ks9m5K5Z4Pc5Qy5HRVgssjg/?lang=pt. Acesso em: 07 jan. 2022.

ELMORE, Richard; SYKES, Gary. Curriculum Policy. In: Philip W. Jackson (Org.). Handbook of research on curriculum. New York: Macmillan, 1992, p. 185-215.

ETO, Jorge; NEIRA, Marcos Garcia. Reflexões sobre as Propostas Curriculares de Educação Física do Município de São Paulo e dos Estados de Santa Catarina e Rio de Janeiro. Revista Iberoamericana de Educación, Espanha, v. 64, n.1, p. 1-11, jan. 2014. Disponível em: https://rieoei.org/RIE/article/view/342. Acesso em: 03 ago. 2019.

FARIAS, Gelcemar Oliveira et al. Propostas curriculares da região sul do Brasil: educação física e a diversidade cultural. Educação em Foco, Juiz de Fora, v. 22, n. 1, p. 1-24, jun. 2017. Disponível em: https://doi.org/10.22195/2447-524620172219896. Acesso em: 05 ago. 2019.

FILHO, Lino Castellani. Educação Física: Diretrizes Gerais para o ensino de 2º Grau - Núcleo Comum. 1ª ed. Brasília: Editora MEC, 1988.

FREIRE, João Batista. Educação de Corpo Inteiro: teoria e prática da Educação Física. 1ª ed. São Paulo: Scipione, 1989.

FOUREZ, Gérard. A construção das ciências: introdução à filosofia e à ética das ciências. 1ª ed. São Paulo: Editora da Universidade Estadual Paulista, 1995.

FURLANETTO, Maria Marta. Proposta curricular de Santa Catarina: avaliando o percurso, abrindo caminhos. In: SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE ESTUDOS DE GÊNEROS TEXTUAIS, UNISUL. Anais eletrônicos... Tubarão: Unisul, v. 4, p. 1512-1524, 2007. Disponível em: http://linguagem.unisul.br/paginas/ensino/pos/linguagem/eventos/cd/Port/94.pdfAcesso em: 03 ago. 2019.

GARCIA, Silas Alberto; FENSTERSEIFER, Paulo Evaldo; REZER, Ricardo. Educação Física: “um bicho mais estranho que o ornitorrinco”. Research, Society and Development, Itajubá, v. 10, n. 1, p. e11410111224-e11410111224, 2021. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/11224. Acesso em: 08 jan. 2022.

GRUNDY, Shirley. Curriculum product or praxis. 1ª ed. London: The Falmer Press, 1987.

HABERMAS, Jurgen. Conhecimento e interesse. In: HABERMAS, Jurgen. Técnica e ciências como “ideologia”. Lisboa: Edições 70, 2006, p. 129-147.

HILDEBRANDT, Reiner; LAGINE, Ralf. Concepções abertas no ensino da educação física. 1ª ed. Rio de Janeiro: Ao livro técnico, 1988.

JUNIOR, Paulo Ghiraldelli. Educação Física progressista: a pedagogia crítico-social dos conteúdos e a Educação Física brasileira. 10ª ed. São Paulo: Loyola, 1988.

LOPES, Alice Casimiro. Conhecimento escolar: ciência e cotidiano. Rio de Janeiro: EdUERJ, 1999.

LOPES, Alice Casimiro. Políticas curriculares: continuidade ou mudança de rumos? Revista Brasileira de Educação, Rio de Janeiro, n. 26, p. 109-118, 2004. Disponível em: https://www.scielo.br/j/rbedu/a/bjF9YRPZJWWyGJFF9xsZprC/?format=pdf&lang=pt. Acesso em: 05 jan. 2022.

MADELA, Angelica et al. Formação de professores e hermenêutica: reflexões para o campo da educação física... Pensar a Prática, Goiânia, v. 20, n. 2, p. 257-267, abr./jun. 2017. Disponível em: https://doi.org/10.5216/rpp.v20i2.40792. Acesso em: 10 jul. 2020.

MARTINS, Lígia Márcia; LAVOURA, Tiago Nicola. Materialismo histórico-dialético: contributos para a investigação em educação. Educar em Revista, Curitiba, v. 34, n. 71, p. 223-239, set./out. 2018. Disponível em: https://doi.org/10.1590/0104-4060.59428. Acesso em: 15 ago. 2020.

MEDINA, João Paulo Subirá. A Educação Física cuida do corpo e mente. 5ª ed. Campinas: Papirus, 1986.

MENESES, Aérica de Figueiredo Pereira et al. Seminários interdisciplinares como instrumento de articulação de saberes: um relato de experiência. Revista Eletrônica de Educação, São Carlos, v. 13, n. 1, p. 336-349, jan./abr. 2019. Disponível em: http://dx.doi.org/10.14244/198271992532. Acesso em: 23 ago. 2020.

MORIN, Edgar. La complexité humaine/Human complexity. 1ª ed. Paris: Flammarion, 1994.

NAHAS, Markus Vinícius. Fundamentos da aptidão física relacionada à saúde. 2ª ed. Florianópolis: Editora da UFSC, 1989.

NETTO, José Paulo. Introdução ao estudo do método de Marx. 1ª ed. São Paulo: Expressão Popular, 2011.

OLIVEIRA, Iara Regina Damiani de. [Entrevista concedida a] AUTORAS/ES. Florianópolis, p. 1-25, 06 mai. 2020.

PACHECO, José. A flexibilização das políticas curriculares. In: SEMINÁRIO “O PAPEL DOS DIVERSOS ACTORES EDUCATIVOS NA CONSTRUÇÃO DE UMA ESCOLA DEMOCRÁTICA”. Guimarães, Portugal, 2020. Actas... Guimarães: Centro de Formação Francisco de Holanda, 2000, p. 71-78. Disponível em: http://hdl.handle.net/1822/8974.

PIRES, Marília Freitas de Campos. O materialismo histórico-dialético e a educação. Interface-comunicação, saúde, educação, Botucatu, v. 1, n. 1, p. 83-94, ago.1997. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/S1414-32831997000200006. Acesso em: 13 jul. 2020.

POMBO, Olga. Epistemologia da interdisciplinaridade. Ideação, [S.l.], v. 10, n. 1, p. 9-40, set. 2008. Disponível em: http://erevista.unioeste.br/index.php/ideacao/article/view/4141/3187. Acesso em: 23 ago. 2020.

POSSAMAI, Kauana et al. Aproximações entre saberes docentes e educação física: um olhar hermenêutico. In: VIII CONGRESSO SULBRASILEIRO DE CIÊNCIAS DO ESPORTE. 7, 2016, Criciúma. Anais eletrônicos... Criciúma: CBCE, 2016. Disponível em: http://congressos.cbce.org.br/index.php/8csbce/2016sul/paper/view/8258. Acesso em: 12 jun. 2020.

ROCHA, Julio Cesar Schmitt. [Entrevista concedida a] AUTORAS/ES. Florianópolis, p. 1-33, 22 jan. 2020.

RUEDELL, Aloísio. Hermenêutica. In: GONZÁLEZ, Fernando Jaime; FENSTERSEIFER, Paulo Evaldo (Orgs.). Dicionário crítico de Educação Física. Ijuí: Ed. da Unijuí, 2005.

RULE, Ian Austin Christopher. A Philosophical Inquiry Into the Meaning (s) of "curriculum". Doctoral Thesis in Philosophy. School of Education of New York University, New York, 1973. Disponível em: https://www.proquest.com/docview/302685545?pq-origsite=gscholar&fromopenview=true. Acesso em: 05 jan. 2022.

SACRISTÁN, José Gimeno. El curriculum: una reflexión sobre la práctica. 5ª ed. Madrid: Morata, 1998.

SANTA CATARINA. Secretaria do Estado e Educação: Proposta Curricular: uma contribuição para a escola pública do Pré-Escolar, 1° grau, 2° grau e Educação de Adultos. Florianópolis: Secretaria de Estado da Educação/Coordenadoria de Ensino, 1991.

SANTA CATARINA. Secretaria de Estado da Educação e do Desporto. Proposta Curricular de Santa Catarina: Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio: Disciplinas curriculares. Florianópolis: COGEN, 1998.

SANTA CATARINA. Secretaria de Estado da Educação, Ciência e Tecnologia. Proposta Curricular de Santa Catarina: Estudos Temáticos. Florianópolis: IOESC, 2005.

SANTA CATARINA. Governo do Estado. Secretaria de Estado da Educação. Proposta Curricular de Santa Catarina: formação integral na educação básica. Florianópolis: Estado de Santa Catarina, 2014.

SKRSYPCSAK, Daniel. Proposta Curricular de Santa Catarina: Pressupostos teóricos e especificidades da Educação Física. Dissertação (Mestrado em Educação). Universidade do Extremo Sul Catarinense. Criciúma: UNESC, 2007. Disponível em: http://200.18.15.60:8080/pergamumweb/vinculos/000030/000030F6.pdf. Acesso em: 15 mai. 2019.

SKRSYPCSAK, Daniel. Pressupostos da educação física na proposta curricular de Santa Catarina, s.d., p. 1-18. Disponível em: https://pt.scribd.com/document/242286844/PRESSUPOSTOS-DA-EDUCACAO-FISICA-NA-PROPOSTA-CURRICULAR-DE-SANTA-pdf. Acesso em: 11 maio 2020.

SOARES, Carmen Lúcia et al. Coletivo de Autores. Metodologia do ensino da educação. 1ª ed. São Paulo: Cortez, 1992.

TANI, Go et al. Educação Física escolar: fundamentos de uma abordagem desenvolvimentista. 1ª ed. São Paulo: EPU, 1988.

TOMAZ, Maria Helena; VIANA, Isabel Maria da Torre Carvalho. Proposta curricular para a educação básica da rede estadual de ensino de Santa Catarina: dos textos aos contextos. In: AGUIAR, Márcia Angela da Silva; GUIMARÃES, Edilene Rocha; MORGADO, José Carlos (Orgs.). Currículo, escola, ensino superior e espaços não escolares. Recife: ANPAE, 2016, p. 666-675.

TOMAZ, Maria Helena. A proposta curricular da educação básica de Santa Catarina e suas atualizações:(re) significados dos saberes docentes. Ciências humanas na educação básica e superior: currículos, livros didáticos e tecnologias educacionais. In: III CONGRESSO IBERO-AMERICANO DE HUMANIDADES, CIÊNCIAS E EDUCAÇÃO, 3, 2018, Criciúma. Anais eletrônicos... Criciúma: UNESC, 2018. Disponível em: http://periodicos.unesc.net/congressoeducacao/article/viewFile/4495/4108. Acesso em: 15 abr. 2020.

TOMAZ, Maria Helena; VIANA, Isabel Maria da Torre Carvalho; MARTINS FILHO, Lourival José. A Proposta Curricular da Educação Básica de Santa Catarina: apontamentos críticos sobre o currículo. III COLÓQUIO LUSO-BRASILEIRO DE EDUCAÇÃO, 3, 2017, Florianópolis. Anais eletrônicos... Florianópolis: UDESC, 2017. Disponível em: http://www.revistas.udesc.br/index.php/colbeduca/article/view/10751/7388. Acesso em: 14 jun. 2020.

VYGOTSKY, Lev Semenovich; LURIA, Alexander Romanovich; LEONTIEV, Alexei Nikolaevich. Linguagem, desenvolvimento e aprendizagem. 10ª ed. São Paulo: Ícone, 1988.

VYGOTSKI, Lev Semenovich. Obras escogidas I: problemas teóricos y metodológicos de la Psicología. 1ª ed. Madrid: Visor, 1991.

VYGOTSKI, Lev Semenovich. Obras escogidas II: problemas de Psicologia general. 1ª ed. Madrid: Visor, 1993.

VYGOTSKY, Lev Semenovich. Pensamento e Linguagem. 2ª ed. São Paulo: Copyright, Martins Fontes, 1989.

WALLON, Henri. Psicologia e Educação da Infância. Lisboa: Edições 70/Estampa, 1981.

WISE, Arthur. Legislated learning: the bureaucratization of the American classroom. 1ª ed. Berkeley: University of California Press, 1979.

ZABALA, Antoni. A prática educativa: como ensinar. 1ª ed. Porto Alegre: Artmed, 1998.

Downloads

Publicado

29-12-2022

Como Citar

SILVA, J. da .; BACKES , A. F.; ALENCAR, A. . .; SILVA, C. F. da . Proposta Curricular de Santa Catarina em Educação Física na Educação Básica: Concepções e possíveis vínculos epistemológicos dos consultores. Revista Eletrônica de Educação, [S. l.], v. 16, p. e5127029, 2022. DOI: 10.14244/198271995127. Disponível em: https://www.reveduc.ufscar.br/index.php/reveduc/article/view/5127. Acesso em: 14 jun. 2024.

Edição

Seção

Demanda Contínua - Artigos
##plugins.generic.dates.received## 2022-05-03
##plugins.generic.dates.accepted## 2022-03-14
##plugins.generic.dates.published## 2022-12-29