O isolamento docente e seus condicionantes no início da docência em ciências

Autores

DOI:

https://doi.org/10.14244/198271994241

Palavras-chave:

Início da docência, Inserção profissional, Isolamento docente, Professores iniciantes de ciências.

Resumo

Este trabalho direciona o olhar para o início da docência em ciências e mais especificamente para a questão do isolamento docente, trazido como um dos principais problemas enfrentados no período de inserção profissional. A partir de breve aporte teórico sobre o tema, fundamentado em autores que discutem a questão da formação, da cultura profissional e do trabalho docentes, e do contato com a perspectiva de professoras iniciantes de ciências de Florianópolis sobre o tema por meio da realização de entrevistas narrativo-reflexivas, buscou-se identificar quais são os principais condicionantes do isolamento destes sujeitos. Os condicionantes identificados se relacionam a compreensões sobre a docência e à trajetória formativa (história de vida, opção pela docência, formação profissional), a condições de trabalho (mais ou menos imediatas, mas bastante vinculadas à condição de substituto nas escolas), a relações interpessoais na escola (a importância da equipe pedagógica, as dificuldades nas relações com colegas, a motivação proporcionada pelo contato com estudantes) e aos modos de funcionamento da escola (se estimulam o isolamento ou a colaboração). A cultura escolar foi identificada como fio que conecta estes condicionantes, evidenciando que a mudança escolar necessária, que possibilite a humanização dos sujeitos, passa pela superação do choque cultural no início da docência, o que demanda da formação inicial, da escola, das redes de ensino e de políticas públicas articulações para uma maior aproximação com a realidade profissional, colocando em diálogo conhecimentos que sustentam práticas pedagógicas coerentes.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Mariana Barbosa de Amorim, Universidade Federal de Santa Catarina

Departamento de Metodologia do Ensino - Formação de professores e Ensino de Ciências e Biologia

Sylvia Regina Pedrosa Maestrelli, Universidade Federal de Santa Catarina

Departamento de Biologia Celular Embriologia e Genética e Programa de Pós-Graduação em Educação Científica e Tecnológica - Formação de professores, Ensino e aprendizagem de ciências e Educação em saúde

Referências

AMORIM, Mariana Barbosa de; MAESTRELLI, Sylvia Regina Pedrosa. A docência na Educação em Ciências: um olhar para as políticas neoliberais. In: Anais do XII Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências, Natal, 2019. Disponível em <http://abrapecnet.org.br/enpec/xii-enpec/anais/resumos/1/R0984-1.pdf>. Acesso em 12 abr. 2020.

AMORIM, Mariana Barbosa de. O isolamento no início da docência em ciências e o coletivo da escola. 2019. 201 f. Dissertação (Mestrado em Educação Científica e Tecnológica) – Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2019.

ANDRÉ, Marli. Formação de professores: a constituição de um campo de estudos. Educação, Porto Alegre, v. 33, n. 3, p. 174-181, set./dez. 2010. Disponível em <http://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/faced/article/view/8075/5719>. Acesso em: 15 abr. 2020.

ANDRÉ, Marli. Políticas e programas de apoio aos professores iniciantes no Brasil. Cadernos de Pesquisa, São Paulo, v. 42, n. 145, p.112-129, jan./abr. 2012. Disponível em <http://publicacoes.fcc.org.br/ojs/index.php/cp/article/view/50/65>. Acesso em: 19 abr. 2020.

BULLOUGH, Robert. Becoming a teacher. In: BIDDLE, Bruce (Org.). International Handbook of Teacher and Teaching. London: Kluwer, 1998. p. 79-134.

COCHRAN-SMITH, Marilyn. Stayers. Leavers, lovers, and dreamers. Insight about teacher retention. Journal of Teacher Education, v. 55, n. 5, p.387-392, nov./dez. 2004. Disponível em <https://journals.sagepub.com/doi/pdf/10.1177/0022487104270188>. Acesso em: 19 abr. 2020.

CUNHA, Maria Isabel da. O tema da formação de professores: trajetórias e tendências do campo na pesquisa e na ação. Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 39, n. 3, p. 609-625, jul./set. 2013. Disponível em <http://www.scielo.br/pdf/ep/v39n3/aop1096.pdf>. Acesso em: 19 abr. 2020.

CURADO SILVA, Kátia Augusta Pinheiro Cordeiro. Professores em início de carreira: as dificuldades e descobertas do trabalho docente no cotidiano da escola. In: 38ª Reunião Nacional da ANPEd, 2017, São Luís. Disponível em: <http://38reuniao.anped.org.br/sites/default/files/resources/programacao/trabalhoencom_38anped_2017_gt08_i_textokatiacurado.pdf>. Acesso em: 20 abr. 2020.

FREIRE, Paulo. Educação na cidade. São Paulo: Cortez, 1991, 144p.

FREIRE, Paulo. Conscientização: Teoria e prática da libertação. Uma Introdução ao Pensamento de Paulo Freire. 3. ed. São Paulo: Centauro, 2008, 116p.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da Autonomia: saberes necessários à prática educativa. 41. reimp. São Paulo: Paz e Terra, 2010, 148p.

FREIRE, Paulo. Pedagogia do oprimido. 62. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2016, 253 p.

FULLAN, Michael; HARGREAVES, Andy. A escola como organização aprendente: buscando uma educação de qualidade. Tradução de: Regina Garcez. 2. ed. Porto Alegre: Artmed, 2000, 136 p.

GABARDO, Cláudia Valéria; HOBOLD, Márcia de Souza. Professores iniciantes: acolhimento e condições de trabalho. Atos de Pesquisa em Educação, Blumenau, v. 8, n. 2, p. 530-549, maio/ago. 2013. Disponível em <https://proxy.furb.br/ojs/index.php/atosdepesquisa/article/view/3356/2395>. Acesso em 20 abr. 2020.

HARGREAVES, Andy. Os professores em tempos de mudança: o trabalho e a cultura dos professores na idade pós-moderna. Lisboa: McGraw Hill, 1998, 308p.

HUBERMAN, Michaël. O Ciclo de Vida Profissional dos Professores. In: NÓVOA, António. (Org.) Vidas de Professores. 2. ed. Cidade do Porto: Porto Editora, 2007, p. 31-62.

JOVCHELOVITCH, Sandra; BAUER, Martin W. Entrevista Narrativa. In: BAUER, Martin W.; GASKELL, George (Ed.). Pesquisa qualitativa com texto: um manual prático. Tradução de: Pedrinho A. Guareschi. 2.ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2003, p. 90-113.

LORTIE, Dan. School teachers: a sociological study. Chicago: The University of Chicago Press, 1975.

LÜDKE, Menga; BOING, Luiz Alberto. Do trabalho à formação de professores. Cadernos de Pesquisa, São Paulo, v. 42, n. 146, p.428-451, maio/ago. 2012. Disponível em <http://publicacoes.fcc.org.br/ojs/index.php/cp/article/view/20/40>. Acesso em: 20 abr. 2020.

LÜDKE, Menga; ANDRÉ, Marli Eliza Dalmazo Afonso de. Pesquisa em Educação: abordagens qualitativas. 2. ed. Rio de Janeiro: E.p.u, 2015, 112 p.

MARCELO, Carlos. A identidade docente: constantes e desafios. Form. Doc., Belo Horizonte, v. 1, n. 1, p. 109-131, ago./dez. 2009. Disponível em <https://revformacaodocente.com.br/index.php/rbpfp/article/view/8/6>. Acesso em: 20 abr. 2020.

MARCELO GARCIA, Carlos. Constantes y desafios actuales de la profesión docente. Revista de Educación, n. 306, p. 205-242, 1995. Disponível em <http://www.educacionyfp.gob.es/dam/jcr:1b9cb46b-573d-4a2b-963f-5c11fb57b410/re3060600494-pdf.pdf>. Acesso em: 20 abr. 2020.

MARCELO GARCIA, Carlos. Formação de Professores Principiantes. In: MARCELO GARCIA, Carlos (Ed.). Formação de professores: para uma mudança educativa. Porto: Porto Editora, 1999. p.112-132.

MARCELO GARCIA, Carlos. O professor iniciante, a prática pedagógica e o sentido da experiência. Form. Doc., Belo Horizonte, v. 2, n. 3, p.11-49, ago./dez. 2010. Disponível em <https://revformacaodocente.com.br/index.php/rbpfp/article/view/17/15>. Acesso em: 20 abr. 2020.

NÓVOA, António. Formação de professores e profissão docente. In: NÓVOA, António (Ed.). Os professores e a sua formação. Lisboa: Publicações Dom Quixote, 1992. p. 15-34.

PAPI, Silmara de Oliveira Gomes; MARTINS, Pura Lúcia Oliver. As pesquisas sobre professores iniciantes: algumas aproximações. Educação em Revista. v. 26, n. 03, p.39-56, dez. 2010. Disponível em <http://www.scielo.br/pdf/edur/v26n3/v26n3a03.pdf>. Acesso em: 2 ago. 2017.

PÉREZ GÓMEZ, Angel. O pensamento prático do professor: a formação do professor como profissional reflexivo. In: NÓVOA, António (Ed.). Os professores e a sua formação. Lisboa: Publicações Dom Quixote, 1992, p. 93-114.

REBOLO, Flavinês; TEIXEIRA, Leny Rodrigues Martins; PERRELLI, Maria Aparecida de Souza; NOGUEIRA, Eliane Greice Davanço; BROSTOLIN, Marta Regina. Mal-estar no início da docência: narrativas produzidas em diferentes cenários de pesquisa. EccoS – Rev. Cient., São Paulo, n.30, p. 183-198, jan./abr. 2013. Disponível em <https://periodicos.uninove.br/index.php?journal=eccos&page=article&op=view&path%5B%5D=3738&path%5B%5D=2441>. Acesso em: 20 abr. 2020.

SCHLICHTE; Jacqueline; YSSEL, Nina; MERBLER, John. Pathways to Burnout: Case Studies in Teacher Isolation and Alienation. Preventing School Failure, v. 50, n. 1, p. 35-40, 2005. Disponível em <https://doi.org/10.3200/PSFL.50.1.35-40>. Acesso em: 20 abr. 2020.

SZYMANSKI, Heloisa; ALMEIDA, Laurinda Ramalho de; PRANDINI, Regina Célia Almeida Rego. A Entrevista na Pesquisa em Educação: a prática reflexiva. 2. ed; Série pesquisa, v.4. Brasília: Liber Livro Editora, 2008, 86p.

TARDIF, Maurice. Saberes profissionais dos professores e conhecimentos universitários: Elementos para uma epistemologia da prática profissional dos professores e suas consequências em relação à formação para o magistério. Revista Brasileira de Educação, Rio de Janeiro, n.13, p.5-24, jan./fev./mar./abr. 2000.

TARDIF, Maurice; LESSARD, Claude. O Trabalho Docente: elementos para uma teoria da docência como profissão de interações humanas Tradução de: João Batista Kreuch. 5. ed. Petrópolis/RJ: Vozes, 2005, 317p.

TARDIF, Maurice. A profissionalização do ensino passados trinta anos: dois passos para a frente, três para trás. Educ. Soc., Campinas, v. 34, n. 123, p. 551-571, abr./jun. 2013. Disponível em <http://www.scielo.br/pdf/es/v34n123/13.pdf>. Acesso em: 20 abr. 2020.

VEENMAN, Simon. Perceived problems of beginning teachers. Review of Educational Research, n. 54, p. 143–178, 1984.

Downloads

Publicado

09-10-2020

Como Citar

AMORIM, M. B. de; MAESTRELLI, S. R. P. O isolamento docente e seus condicionantes no início da docência em ciências. Revista Eletrônica de Educação, [S. l.], v. 14, p. e4241121, 2020. DOI: 10.14244/198271994241. Disponível em: https://www.reveduc.ufscar.br/index.php/reveduc/article/view/4241. Acesso em: 24 jun. 2024.

Edição

Seção

Dossiê Formação e inserção profissional de professores iniciantes: conceitos e práticas
##plugins.generic.dates.received## 2020-04-20
##plugins.generic.dates.accepted## 2020-06-17
##plugins.generic.dates.published## 2020-10-09