Prática docente do sociólogo na educação básica: simulação de parlamento

Autores

  • Manoel Moreira de Sousa Neto Universidade Federal do Paraná e Seduc Ceará
  • Márcio Kleber Morais Pessoa Universidade Estadual do Ceará e Seduc Ceará

DOI:

https://doi.org/10.14244/198271993093

Palavras-chave:

Prática docente, Sociologia no ensino médio, Simulação de parlamento, Escola pública.

Resumo

Este texto tem por objetivo apresentar uma experiência desenvolvida durante as aulas de sociologia no ensino médio pelos autores: a simulação de parlamento. A atividade foi realizada em duas escolas de ensino médio da rede estadual do Ceará, ambas localizadas em bairros periféricos da capital do estado, Fortaleza. As experiências nas escolas ocorreram nos anos letivos 2013, 2014 e 2015. O método dialógico freireano foi utilizado como referência para as atividades em sala de aula. Com esse experimento pôde-se constatar significativas diferenças entre as atividades realizadas nas duas escolas analisadas, devido, principalmente, à cultura escolar de cada estabelecimento. Ademais, a atividade passou por modificações entre e até durante as aplicações, a fim de que ocorressem adaptações favoráveis ao desenvolvimento da ação e também ao aprendizado dos alunos e das alunas.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Manoel Moreira de Sousa Neto, Universidade Federal do Paraná e Seduc Ceará

Graduado em Ciências Sociais (UFC), mestre em Sociologia (UFC) e doutorando em Sociologia (UFPR). Professor efetivo da rede estadual de educação básica do Ceará.

Márcio Kleber Morais Pessoa, Universidade Estadual do Ceará e Seduc Ceará

Graduado em Ciências Sociais e mestre em Sociologia pela Universidade Federal do Ceará. Doutorando em Sociologia pela Universidade Estadual do Ceará. Professor de Sociologia na Secretaria de Educação do Ceará.

Referências

ARROYO, Miguel G. Currículo, território em disputa. 2 ed. Petrópolis: Vozes, 2011.

BRASIL. Secretaria de Educação Média e Tecnológica. Parâmetros curriculares nacionais: Ensino Médio. Brasília, DF, 1998.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria da Educação Média e Tecnológica. Parâmetros Curriculares Nacionais + (PCN+): Ciências Humanas e suas Tecnologias. Brasília, DF, 2002.

BRASIL. Secretaria de Educação Média e Tecnológica. Orientações curriculares nacionais: ensino médio. Brasília, DF, 2006.

CEARÁ. Secretária da Educação. Metodologias de apoio: matrizes curriculares para o ensino médio. Fortaleza: SEDUC, 2009.v.1. Coleção escola aprendente.

DUBET, François. Quando o sociólogo quer saber o que é ser professor. Entrevistadoras: Angelina Teixeira Peralva e Marilia Pontes Sposito. In: Revista Brasileira de Educação, Maio/Jun/Jul/Ago 1997 Nº 5 Set/Out/Nov/Dez 1997 Nº 6.

FREIRE, Paulo. Pedagogia do oprimido. 56 ed. – Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2014.

HEITOR vai liderar “bloquinho” de oposição a Cid na Assembleia. O Povo Online. Fortaleza, 20 mar. 2014. Disponível em: https://www20.opovo.com.br/app/politica/2014/03/20/noticiaspoliticas,3223404/heitor-vai-liderar-bloquinho-de-oposicao-a-cid-na-assembleia.shtml Acesso em: 01 ago. 2018.

JULIA, Dominique. A cultura escolar como objeto histórico. Revista brasileira de história da Educação, Campinas, v. 1, n. 1, p. 9-43, jan./jun. 2001.

LIMA, Alexandre Jeronimo Correia. Uma sociologia da experiência de ensino de sociologia: reflexões, práticas e histórias de vida. 2018. 308fl. Tese (Doutorado em Sociologia) – Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2018.

LINCOLN. Direção: Steven Spielberg. Produção: Steven Spielberg e Kathleen Kennedy. Estados Unidos, 2012.

MEUCCI, Simone; BEZERRA, Rafael Ginane. Sociologia e educação básica: hipóteses sobre a dinâmica de produção de currículo. Revista de Ciências Sociais, Fortaleza, v. 45, n. 1, p. 87-101, 2014.

OLIVEIRA, Amurabi. O currículo de Sociologia na escola: um campo em construção (e disputa). Espaço do currículo, v.6, n.2, p.355-366, mai./ago. 2013.

SACRISTÁN, J. Gimeno. O currículo: uma reflexão sobre a prática. 3. ed. Porto Alegre: ArtMed, 2000.

WEBER, Max. A “objetividade” do conhecimento na Ciência Social e na Ciência Política. In: WEBER, Max. Metodologia das ciências sociais, parte 1. 2. ed. – São Paulo: Cortez; Campinas, SP; Editora da Universidade Estadual de Campinas, 1993.

Downloads

Publicado

03-03-2020

Como Citar

SOUSA NETO, M. M. de; PESSOA, M. K. M. Prática docente do sociólogo na educação básica: simulação de parlamento . Revista Eletrônica de Educação, [S. l.], v. 14, p. e3093072, 2020. DOI: 10.14244/198271993093. Disponível em: https://www.reveduc.ufscar.br/index.php/reveduc/article/view/3093. Acesso em: 24 jun. 2024.

Edição

Seção

Relatos de Experiência
##plugins.generic.dates.received## 2018-10-25
##plugins.generic.dates.accepted## 2019-07-30
##plugins.generic.dates.published## 2020-03-03