Gestão e participação: um estudo sobre os modos de organização do trabalho pedagógico em duas escolas públicas paulistas

Autores

  • Marieta de Oliveira Gouvêa Penna Universidade Federal de São Paulo
  • Isabel Melero Bello Universidade Federal de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.14244/198271991061

Resumo

DOI: http://dx.doi.org/10.14244/198271991061

O artigo apresenta resultado de análise realizada em relatórios de estágio em Gestão Educacional de um curso de Pedagogia, com o objetivo de captar facetas das relações estabelecidas entre professores, alunos, funcionários e a equipe gestora em duas escolas da rede pública estadual paulista, situadas na periferia da Região Metropolitana, e assim explicitar modos de funcionamento da organização do trabalho pedagógico. Discute-se as formas como os estagiários identificam ações que favoreçam ou não a participação coletiva na tomada de decisões, ao observarem a dinâmica das relações estabelecidas entre os sujeitos, nas instituições onde realizaram seus estágios. Três eixos de análise foram estruturados: perfil das equipes gestoras; relação da equipe de gestão com os professores; gestão e inclusão, tendo como referência Blase (2000). De acordo com as análises, percebeu-se que a organização do trabalho pedagógico nas duas escolas pôde ser identificada ora com uma forma mais democrática, que supõe o envolvimento dos diversos atores escolares; ora com uma forma mais centralizadora, face aos muitos problemas e insatisfações que surgem no cotidiano, revelando o não reconhecimento daquela gestão como representativa do grupo. Tais perfis exemplificadores explicitam formas de se estabelecer relações na escola, favorecendo ou não a participação em momentos de tomadas de decisão. Mostram, também, que não há modelos puros de gestão escolar. Essas questões necessitam ser tensionadas a fim de se problematizar as relações de poder existentes nas escolas, em realidade social marcada por contradições.

Palavras-chave: Gestão escolar, Relações sociais na escola, Cotidiano escolar.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Marieta de Oliveira Gouvêa Penna, Universidade Federal de São Paulo

Bacharelado e Licenciatura em História pela Universidade de São Paulo (1985), Mestrado (2003) e Doutorado (2007) em Educação: História, Política, Sociedade: Educação e Ciências Sociais pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Tem ampla experiência na área de Educação em diferentes âmbitos. Os interesses de pesquisa encontram-se na confluência das áreas de Didática e Sociologia da Educação, incidindo principalmente nos seguintes temas: condições de trabalho do professor, formação de professores, polítcas educacionais, prática pedagógica, cultura escolar, exercício docente, habitus docente, escola na prisão. Atualmente é Professora Adjunta do Departamento de Educação e do Programa de Pós-Graduação em Educação da EFLCH da UNIFESP.

Isabel Melero Bello, Universidade Federal de São Paulo

 

Universidade Federal de São Paulo, Departamento de Educação

Av. Monteiro Lobato, 679 – Bairro Macedo – Guarulhos/SP – CEP: 07112-000 telefone (11) 3381-2000 – email: isabel.bello@unifesp.br

Doutora em Educação pela Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo. Atualmente é professora adjunta do curso de Pedagogia da Unifesp

Downloads

Publicado

27-05-2015

Como Citar

PENNA, M. de O. G.; BELLO, I. M. Gestão e participação: um estudo sobre os modos de organização do trabalho pedagógico em duas escolas públicas paulistas. Revista Eletrônica de Educação, [S. l.], v. 9, n. 1, p. 90–104, 2015. DOI: 10.14244/198271991061. Disponível em: https://www.reveduc.ufscar.br/index.php/reveduc/article/view/1061. Acesso em: 25 fev. 2024.

Edição

Seção

Artigos
##plugins.generic.dates.received## 2014-06-20
##plugins.generic.dates.accepted## 2014-11-22
##plugins.generic.dates.published## 2015-05-27