A biologia e metodologia das ciências naturais no curso normal no Maranhão (1946-1949)

Autores

  • Tiago Rodrigues da Silva Universidade Estadual Paulista (Unesp), Campus Marília
  • Odaléia Alves da Costa Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IFMA), Campus Timon

DOI:

https://doi.org/10.14244/198271995012

Palavras-chave:

c

Resumo


Este artigo analisa a prescrição dos saberes escolares da biologia e metodologia das ciências naturais no ensino normal do Instituto de Educação do Maranhão, no período de 1946 a 1949. Para a realização deste estudo foram utilizados os programas curriculares da instituição escolar maranhense e legislação educacional vigente da época. A análise incide sobre três aspectos do currículo: a legitimidade das disciplinas escolares na legislação, seleção e distribuição dos saberes escolares e as finalidades socioculturais. O ensino de biologia no curso normal, em caráter propedêutico, obteve um processo contínuo de criação, redução e, às vezes, extinção, definindo fronteiras com a disciplina escolar biologia educacional. A ordenação dos conteúdos programáticos foi pautada pela socialização de saberes escolares da classificação, diversidade e fisiologia dos animais e plantas, muito embora, também, às vezes, direcionados para cunhos higiênicos e sanitários. No âmbito da metodologia das ciências naturais houve prevalência do discurso naturalista, com princípios e fundamentos do movimento da Escola Nova. A disposição dos saberes escolares da biologia e metodologia das ciências naturais fez ressoar suas finalidades socioculturais complementares e, ao mesmo tempo, contraditórias na formação de normalistas no final dos anos 40 do século XX.

Métricas

Carregando Métricas ...

Downloads

Publicado

25-06-2024

Como Citar

RODRIGUES DA SILVA, T. .; ALVES DA COSTA, O. . A biologia e metodologia das ciências naturais no curso normal no Maranhão (1946-1949). Revista Eletrônica de Educação, [S. l.], v. 18, p. e501241, 2024. DOI: 10.14244/198271995012. Disponível em: https://www.reveduc.ufscar.br/index.php/reveduc/article/view/5012. Acesso em: 23 jul. 2024.

Edição

Seção

Demanda Contínua - Artigos
##plugins.generic.dates.received## 2022-05-01
##plugins.generic.dates.accepted## 2021-06-17
##plugins.generic.dates.published## 2024-06-25