A produção do inimigo ou destruição da alteridade: uma análise dos discursos de Jair Bolsonaro

Autores

  • Larissa Júlia Paludo Universidade Federal da Fronteira Sul
  • Gerson Wasen Fraga Universidade Federal da Fronteira Sul

DOI:

https://doi.org/10.14244/198271994544

Palavras-chave:

Jair Bolsonaro, Alteridade, Doutrina de Segurança Nacional, Identidade.

Resumo

Este artigo, elaborado a partir de uma pesquisa de Mestrado que analisa os discursos de Jair Bolsonaro sob o prisma da produção da alteridade ou da diferença, sintetiza os resultados da dissertação e busca apresentar as características e as possíveis consequências do discurso e, por conseguinte, do movimento bolsonarista, no âmbito da produção do inimigo e do ataque aos direitos humanos. A partir da corrente pecheutiana de estudos da linguagem, orientação metodológica do trabalho, são apresentadas e discutidas algumas formações discursivas que estão presentes nos enunciados de Jair Bolsonaro. Tais formações são construídas, no âmbito da pesquisa, a partir da convergência interdisciplinar de estudos culturais, noções identitárias e elementos historiográficos da instituição militar e da Doutrina de Segurança Nacional. A síntese da análise do discurso de Jair Bolsonaro, neste artigo, é feita a partir do texto proferido na abertura da 74ª Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas, ocorrido em Nova Iorque, em 24 de setembro de 2019.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Larissa Júlia Paludo, Universidade Federal da Fronteira Sul

Jornalista Mestranda em Ciências Humanas da Universidade Federal da Fronteira Sul – UFFS.

Gerson Wasen Fraga, Universidade Federal da Fronteira Sul

Doutor em História pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS. Professor da Universidade Federal da Fronteira Sul – UFFS. Brasil

Referências

ALVES, Maria Helena Moreira. Estado e Oposição no Brasil. Petrópolis, RJ: Editora Vozes, 1984.

ANDERSON, Benedict. Comunidades Imaginadas. São Paulo. Companhia das Letras, 2008.

BAUMAN, Zygmunt. Modernidade Líquida. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2005.

BRASIL. Presidente (2019-2023: Jair Messias Bolsonaro) Discurso na abertura da 74ª Assembleia Geral das Nações Unidas. Nova York, 24 set. 2019. Disponível em: <http://www.itamaraty.gov.br/pt-BR/discursos-artigos-e-entrevistas-categoria/presidente-da-republica-federativa-do-brasil-discursos/20890-discurso-do-presidente-jair-bolsonaro-na-abertura-da-74-assembleia-geral-das-nacoes-unidas-nova-york-24-de-setembro-de-2019>. Acesso em: 29 mai. 2020.

CALVEIRO, Pilar. Poder e desaparecimento: os campos de concentração na Argentina. São Paulo: Boitempo, 2013.

CASTRO, Celso. O espírito militar: um estudo de antropologia social na Academia Militar das Agulhas Negras. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed, 1990.

CHIRIO, Maud. A política nos quartéis: revoltas e protestos de oficiais na ditadura militar brasileira. Rio de Janeiro: Zahar, 2012.

HALL, Stuart. A identidade cultural na pós-modernidade. Rio de Janeiro: Lamparina, 2019. 12ª edição. 2ª reimpressão.

HALL, Stuart. Cultura e representação. Rio de Janeiro: Editora PUC RIO: Apicuri, 2016, 260 p.

MOTTA, Rodrigo Patto Sá. Em guarda contra o perigo vermelho: o anticomunismo no Brasil (1917 – 1964). Tese (Doutorado em História) – Universidade de São Paulo, São Paulo, 2000.

SILVA, Tomaz Tadeu. A produção social da identidade e da diferença. In: SILVA, Tomaz Tadeu. Identidade e diferença: a perspectiva dos Estudos Culturais. 15ª ed. Petrópolis, Rio de Janeiro: Vozes, 2014.

VALDÉS, Jorge A. Tapia. El terrorismo de estado: la doutrina de Seguridade Nacional enelcono sul. México: Editorial Nueva Imagem, 1980.

WOODWART, Kathryn. Identidade e diferença: uma introdução teórica e conceitual. In: SILVA, Tomaz Tadeu. Identidade e diferença: a perspectiva dos Estudos Culturais. 15ª ed. Petrópolis, Rio de Janeiro: Vozes, 2014.

Downloads

Publicado

29-10-2020

Como Citar

JÚLIA PALUDO, L.; WASEN FRAGA, G. A produção do inimigo ou destruição da alteridade: uma análise dos discursos de Jair Bolsonaro. Revista Eletrônica de Educação, [S. l.], v. 14, p. e4544139, 2020. DOI: 10.14244/198271994544. Disponível em: https://www.reveduc.ufscar.br/index.php/reveduc/article/view/4544. Acesso em: 24 jun. 2024.

Edição

Seção

Dossiê Consequências do Bolsonarismo sobre os direitos humanos, a educação superior e a produção científica no Brasil
##plugins.generic.dates.received## 2022-04-29
##plugins.generic.dates.accepted## 2022-05-13
##plugins.generic.dates.published## 2020-10-29