OFICINA DE INTERPRETAÇÃO AMBIENTAL COM ALUNOS DO ENSINO FUNDAMENTAL NA “TRILHA DO JATOBÁ” EM ILHA SOLTEIRA, SP

Autores

  • Cinthia Montibeller Santos Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”
  • Eloisa Assunção de Melo Lopes Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”
  • Milton Passipieri Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”
  • Carolina Buso Dornfeld Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”

DOI:

https://doi.org/10.14244/19827199218

Resumo

As trilhas para a interpretação de áreas naturais têm sido recomendadas em programas de Educação Ambiental por oferecerem contato direto com o ambiente natural, direcionando o aprendizado e a sensibilização. Apesar da premissa eficácia e da frequência com que têm sido implantadas, existem poucos estudos que indiquem sua validade educacional. O presente trabalho utilizou a Trilha do Jatobá, localizada no Centro de Conservação da Fauna Silvestre (CCFS-CESP - Ilha Solteira - SP), Brasil, como instrumento de aprendizagem de conteúdos de ciências por meio de interpretação da paisagem e de seus componentes. Os objetivos foram: 1) analisar a validade da execução de atividades práticas nesse ambiente natural e 2) verificar a eficiência desta atividade quando precedida de uma aula teórica. A oficina, dividida em aula teórica e prática, foi oferecida para 30 alunos do 7º ano do ensino fundamental de uma escola particular do município de Ilha Solteira (SP), divididos em dois grupos de 15 pessoas. O primeiro assistiu a uma aula teórica enquanto o outro fez o percurso pela trilha e, depois de concluídas tais atividades, os grupos foram invertidos. Foram aplicados três questionários: 1º. Diagnosticar o conhecimento prévio; 2º. Após a aula teórica e 3º Após a aula prática (trilha) para verificação do desempenho dos alunos. De acordo com os resultados a oficina foi satisfatória para todos os alunos, ressaltando que aqueles que assistiram à aula teórica antes do percurso pela trilha tiveram melhor aproveitamento.

Palavras-chave: Trilha interpretativa; Ciências naturais; Educação ambiental; Ensino fundamental.

Agência financiadora: PROEX-UNESP

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Milton Passipieri, Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”

Professor de Metodologia Científica e Anatomia Geral. Tem experiência na área de Medicina Veterinária, particularmente em anatomia e fisiologia de animais domésticos e silvestres com ênfase em anatomia da reprodução e preservação.

Carolina Buso Dornfeld, Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”

Professora do conjunto de disciplinas de Práticas Pedagógicas e Educação Ambiental. Tem experiência em Ecologia e Educação Ambiental, atuando nos temas: preservação e conservação de ecossistemas, resíduos sólidos e biodiversidade, relacionando esses temas com o ensino de ciências e biologia e a educação ambiental. Colaboradora Projeto PIBID.

Downloads

Publicado

28-11-2012

Como Citar

SANTOS, C. M.; LOPES, E. A. de M.; PASSIPIERI, M.; DORNFELD, C. B. OFICINA DE INTERPRETAÇÃO AMBIENTAL COM ALUNOS DO ENSINO FUNDAMENTAL NA “TRILHA DO JATOBÁ” EM ILHA SOLTEIRA, SP. Revista Eletrônica de Educação, [S. l.], v. 6, n. 2, p. 271–288, 2012. DOI: 10.14244/19827199218. Disponível em: https://www.reveduc.ufscar.br/index.php/reveduc/article/view/218. Acesso em: 25 jun. 2024.

Edição

Seção

Artigos
##plugins.generic.dates.received## 2011-04-04
##plugins.generic.dates.accepted## 2012-02-20
##plugins.generic.dates.published## 2012-11-28