A meta-avaliação de disciplina ministrada em pós-graduação stricto sensu (The meta-evaluation of discipline ministered in stricto sensu postgraduation)

Autores

  • Lílian Maria Ghiuro Passarelli Pontifícia Universidade Católica de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.14244/198271992130

Resumo

Abstract
This paper aims to analyze the evaluative manifestations of master students of the elective discipline given in the Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: Formação de Formadores (Formep). The discipline promotes practical work to manage productively the results obtained in large-scale evaluation processes related to reading and writing. The foundations underlying this study are based on socio-interactionist models and theories to sustain reading and writing as meaning-building processes. They are also guided by the conception of evaluation as learning. To verify if the proposed activities contributed to the expansion/construction of knowledge, an instrument was designed to allow master students to assess both themselves and the discipline at the end of the semester. In this article, the scope of analysis is restricted to the manifestations constituted by the perception of self-assessment
referring to only two activities carried out during the semester and by the evaluation of the discipline. To operationalize the analysis of such manifestations, the chosen criterion was to group them into categories related to the three dimensions of teaching practice: knowledge, knowledge to be and knowledge to do. The choice for these categories stems from the assumption that formers produce specifc knowledge throughout their educational practice and are not mere mediators of knowledge produced by others. It also implies the very nature of pedagogical action, of the historicity of praxis: a critical reflection to minimize the gap between the theoretical and practical planes. The results led to the realization of investments/adjustments on two fronts: (i) resizing of approaches and selection of contents; (ii) meta-evaluation of the
instrument with which information was collected.
Keywords: Evaluation as learning, Production of academic text, Meta-evaluation.

Resumo
Este trabalho tem por objetivo analisar as manifestações avaliativas de mestrandos de disciplina eletiva ministrada no Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: Formação de Formadores (Formep). A disciplina fomenta trabalho prático para gerir produtivamente os resultados obtidos em processos avaliativos em larga escala referentes à leitura e à escrita. Os fundamentos que alicerçam este estudo se baseiam em modelos e teorias sociointeracionistas para sustentação da leitura e da escrita como processos de construção de sentido. Também se norteiam pela concepção de avaliação como aprendizagem. A fim de averiguar se as atividades propostas contribuíram para a ampliação/construção de saberes, foi idealizado instrumento no qual os mestrandos, ao final do semestre, realizaram autoavaliação e avaliação da disciplina. Neste artigo, o escopo de análise restringe-se às manifestações constituídas pela percepção da autoavaliação referente somente a duas atividades realizadas durante o semestre letivo e pela avaliação da disciplina. Para operacionalizar a análise de tais manifestações, o critério eleito foi de agrupá-las em categorias relacionadas às três dimensões da prática docente: o saber, o saber ser e o saber fazer. A opção por essas categorias decorre da assunção de que os formadores produzem saberes específicos ao longo de sua práxis educativa e que não são meros mediadores de saberes produzidos por outrem. Implica também a própria natureza do fazer pedagógico, da historicidade da práxis: uma reflexão crítica para minimizar o hiato entre o plano teórico e o prático. Os resultados conduziram à realização de investimentos/ajustes em duas frentes: (i) redimensionamento de abordagens e seleção de conteúdos; (ii) meta-avaliação do próprio instrumento com o qual foram coletadas informações.

Palavras-chave: Avaliação como aprendizagem, Produção do texto acadêmico, Meta-avaliação.

References

ALVES, J. F. Avaliação educacional: da teoria à prática. Rio de Janeiro: LTC, 2013.

COSTA, N. O saber da investigação em didáctica e o conhecimento profissional de professores de ciências: um instrumento diagnóstico e potenciador de diálogo. In: ARAÚJO e SÁ, M. H. (org.). Investigação em didáctica e formação de professores. Porto: Porto Editora, 2000, p.11-32.

CRÓ, M. L. Formação inicial e contínua de educadores/professores: estratégias de intervenção. Porto: Porto Editora, 1998.

FREIRE, P. Pedagogia do oprimido. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1987.

GARCÍA, C. M. A formação de professores: novas perspectivas baseadas na investigação sobre o pensamento do professor. In: NÓVOA, A. (coord.). Os professores e a sua formação. Lisboa: Dom Quixote, 1992, p.51-76.

GOMÉZ, A. P. O pensamento prático do professor – A formação do professor como profissional reflexivo. In: NÓVOA, A. (coord.). Os professores e a sua formação. Lisboa: Dom Quixote, 1992, p.15-34.

KEMMIS, Stephen. Action research and the politics of reflection. In: BOUD, D.; KEOGH, R.; WALKER, D. (Org.). Reflection: turning experience into learning. Londres: Kogan Page, 1985, p. 139-163.

KOCH, I.V. Formas linguísticas e construção de sentido. In: SILVA, D. E.G.; VIEIRA, J. A. (Orgs.). Análise do discurso: percursos teóricos metodológicos. Brasília: UnB Oficina Editorial do Instituto de Letras; Plano, 2002, p. 21-37.

LENCASTRE, L. Leitura. A compreensão de textos. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian, 2003.

LIBÂNEO, J. C. Democratização da escola pública. A pedagogia crítico-social dos conteúdos. São Paulo: Loyola, 1998.

MÉNDEZ, J. M. A. Avaliar para conhecer, examinar para excluir. Porto Alegre: Artmed, 2002.

NÓVOA, A. Formação de professor e profissão docente. In: NÓVOA, A. (coord.). Os professores e a sua formação. Lisboa: Dom Quixote, 1992, p.13-33.

PASSARELLI, L. G. Ensino e correção na produção de textos escolares. São Paulo: Cortez, 2012.

PASSARELLI, L. G. Leitura e Produção Textual. In: ANDRADE, R.J. Avaliação de competências na educação básica: um marco referencial para a prática. São Paulo: Moderna, 2011, p. 15-55.

PASSARELLI, L. G. Da formação inicial à formação continuada: reflexões a partir da experiência da PUCSP. In: GIL, G.; VIEIRA-ABRAHÃO, M.H. (Org.). Educação de professores de línguas – os desafios do formador. Campinas, SP: Pontes, 2008, p. 219-237.

PASSARELLI, L. G. Teoria e prática na educação linguística continuada. 2002. 239f. Tese (Doutorado em Língua Portuguesa) – Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. São Paulo, 2002.

SANTOS GUERRA, M. A. Uma flecha no alvo: a avaliação como aprendizagem. São Paulo: Loyola, 2007.

SCHÖN, D. A. Formar professores como profissionais reflexivos. In: NÓVOA, A. (coord.). Os professores e a sua formação. Lisboa: Dom Quixote, 1992, p.77-92.

SCHÖN, D. A. Educando o profissional reflexivo: um novo design para o ensino e a aprendizagem. Porto Alegre-RS: Artes Médicas Sul, 2000.

TARDIF, M.; LESSARD, C.; LAHAYE, L. Os professores face ao saber. Esboço de uma problemática do saber docente. In: Teoria & Educação, 4. Porto Alegre-RS: Pannonica, 1991, pp. 215-233.

THERRIEN, J. Expérience professionnelle et savoir enseignant: la formation des enseignants mise en question. In: TARDIF, M.; LESSARD, C.; GAUTHIER, C. (orgs.). Formation des maîtres et contextes sociaux: perspectives internationales. Paris: PUF, 1998, 290p., p. 231-260.

ZEICHNER, K. Novos caminhos para o praticum: uma perspectiva para os anos 90. In: NÓVOA, A. (coord.). Os professores e a sua formação. Lisboa: Dom Quixote, 1992, p. 115-138.



Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Lílian Maria Ghiuro Passarelli, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo

Chefe do Departamento de Português da PUC-SP, professora e orientadora do Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: Formação de Formadores e do Programa de Estudos Pós-Graduados em Língua Portuguesa. Líder do Grupo de Pesquisa Estudos da Linguagem para Ensino do Português (GELEP-PUCSP).

Downloads

Publicado

07-02-2018

Como Citar

PASSARELLI, L. M. G. A meta-avaliação de disciplina ministrada em pós-graduação stricto sensu (The meta-evaluation of discipline ministered in stricto sensu postgraduation). Revista Eletrônica de Educação, [S. l.], v. 12, n. 1, p. 245–262, 2018. DOI: 10.14244/198271992130. Disponível em: https://www.reveduc.ufscar.br/index.php/reveduc/article/view/2130. Acesso em: 14 jun. 2024.

Edição

Seção

Relatos de Experiência
##plugins.generic.dates.received## 2017-03-27
##plugins.generic.dates.accepted## 2017-12-06
##plugins.generic.dates.published## 2018-02-07