A FORMAÇÃO DO PROFESSOR-PESQUISADOR DE HISTÓRIA

Autores

  • Crislane Barbosa Azevedo Universidade Federal do Rio Grande do Norte

DOI:

https://doi.org/10.14244/19827199204

Resumo

Neste artigo refletimos acerca de um processo de formação de professores de História tomando por base a promoção de pesquisas em educação, bem como acerca da importância de parte das atividades de estágio supervisionado ser desenvolvida sob a forma de pesquisa. Partimos do pressuposto básico da necessidade e da viabilidade da formação do professor-pesquisador. Com base em pesquisa bibliográfica, refletimos sobre a orientação teórica relativa à pesquisa educacional, com ênfase na pesquisa do tipo etnográfico, bem como com direcionamentos práticos na definição do lócus da pesquisa (escola campo de estágio) e na elaboração dos projetos de investigação de licenciandos, tendo como foco o ensino de História. A iniciação à pesquisa sobre o cotidiano escolar durante a formação docente inicial é condição relevante para a promoção do professor reflexivo. Verificamos que por meio de uma proposta de formação docente, baseada na pesquisa educacional, os futuros docentes experimentam o lugar de participantes de um saber que se constrói e reconstrói a todo o instante e compreendem a complexidade do seu campo de trabalho. Contudo, tal proposta de formação é permeada de desafios. Mas, os resultados positivos mostram-se reais, a exemplo da promoção de reflexões e aprendizagens coletivas nas escolas onde atuam, ainda durante o curso de formação inicial.

Palavras-chave: Formação docente; Pesquisa educacional; Ensino de História; Professor-pesquisador.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Crislane Barbosa Azevedo, Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Professora do Departamento de Educação da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. É Licenciada e Bacharel em Historia pela Universidade Federal de Sergipe (UFS), Mestre em Educação e Contemporaneidade pela Universidade do Estado da Bahia (UNEB) e Doutora em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Ensino de História e História da Educação.

Downloads

Publicado

28-11-2012

Como Citar

AZEVEDO, C. B. A FORMAÇÃO DO PROFESSOR-PESQUISADOR DE HISTÓRIA. Revista Eletrônica de Educação, [S. l.], v. 6, n. 2, p. 108–126, 2012. DOI: 10.14244/19827199204. Disponível em: https://www.reveduc.ufscar.br/index.php/reveduc/article/view/204. Acesso em: 25 jun. 2024.

Edição

Seção

Artigos
##plugins.generic.dates.received## 2011-02-22
##plugins.generic.dates.accepted## 2012-02-26
##plugins.generic.dates.published## 2012-11-28