Dos discursos aos sentidos: as práticas avaliativas de professores dos anos iniciais do Ensino Fundamental (From discourses to meanings: teachers’ evaluative practices in the frst grades of Elementary School)

Autores

  • Priscila Maria Vieira dos Santos Magalhães Universidade Federal de Pernambuco - Centro Acadêmico do Agreste
  • Crislainy de Lira Gonçalves Universidade Federal de Pernambuco - Centro Acadêmico do Agreste
  • Lucinalva Andrade Ataíde de Almeida Universidade Federal de Pernambuco - Centro Acadêmico do Agreste
  • Solange Alves de Oliveira-Mendes Universidade de Brasília -UNB

DOI:

https://doi.org/10.14244/198271991933

Resumo

Abstract
Discussions about learning evaluation has confgured a classic topic and focus of study in a lot of research made in the educational context in recent decades. In this direction, several meanings of evaluation, and, commonly, evaluative practices emerge from these productions. Therefore, in order to contribute to the study of this theme, we aim to analyze the meanings of evaluation pervaded in teachers’ evaluative practice in the frst grades of Elementary School at Public Schools in Caruaru, Pernambuco, Brazil. Regarding the theoretical-methodological course, we conducted semi-structured interviews with the teachers, which were analyzed in the light of Discourse Analysis, as this approach allows us to comprehend the discursive polysemy inscribed in the multiplicity of meanings about learning evaluation. In the analysis of the discourses, we identifed that their evaluative practices had a dialog with different evaluation meanings: at times, they come closer to a formative evaluation conception, at other times, they distance from this perspective pointing to a hybrid evaluative practice movement.
Keywords: Learning evaluation, Evaluative practice, Meanings of evaluation.

Resumo
As discussões acerca da avaliação da aprendizagem se confguram como tema clássico, foco de estudo em muitas pesquisas realizadas no contexto educacional das últimas décadas. Nessa direção, emergem nessas produções diversos sentidos de avaliação, e, comumente, de práticas avaliativas. Assim, no intuito de contribuir para o aprofundamento da temática em questão, objetivamos neste artigo analisar os sentidos de avaliação permeados nas práticas avaliativas de professores dos anos iniciais do Ensino Fundamental da Rede Municipal de Ensino de Caruaru-PE. No que se refere ao percurso teórico-metodológico, realizamos entrevista semiestruturada com as professoras, analisadas à luz da Análise do Discurso, que nos possibilitou compreender a polissemia discursiva inscrita na multiplicidade de sentidos acerca da avaliação da aprendizagem. Na análise dos discursos das professoras, identifcamos que suas práticas avaliativas dialogavam com diferentes sentidos de avaliação: ora aproximam-se de uma concepção de avaliação formativa, ora distanciam-se dessa perspectiva, apontando para um movimento de práticas avaliativas híbridas.
Palavras-chave: Avaliação da aprendizagem, Prática avaliativa, Sentidos de avaliação.

References

BALL, Stephen J. Diretrizes políticas globais e relações políticas locais em educação. In: Currículo sem fronteiras, v.1, n.2, pp.99-116, Jul/Dez 2001.

BRASIL, Ministério da Educação. Diretrizes Curriculares Nacionais Gerais para a Educação Básica. Resolução nº 4, de 13 de julho de 2010, CNE/CEB nº 7/2010. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/dmdocuments/rceb004_10.pdf . Acesso em: 4 mai. 2016.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Básica. Elementos conceituais e metodológicos para definição dos direitos de aprendizagem e desenvolvimento do Ciclo de Alfabetização (1º, 2º e 3º anos) do ensino fundamental. Brasília, 2012. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=12827-texto-referencia-consulta-publica-2013-cne-pdf&category_slug=marco-2013-pdf&Itemid=30192. Acesso em: 4 maio 2016.

BURITY, Joanildo. Desconstrução, hegemonia e democracia: o pós-marxismo de Ernesto Laclau. Recife: Fundaj, 1997.

CERTEAU, Michel de. A invenção do cotidiano: 1. artes de fazer. 21. ed. Trad. Ephraim Ferreira Alves. Petrópolis, RJ: Vozes, 2014.

DEPRESBITERIS, Léa. O desafio da avaliação da aprendizagem: dos fundamentos a uma proposta inovadora. São Paulo: EPU, 1989.

FERNANDES, Claudia. Escolaridade em ciclos: desafios para a escola do século XXI. Rio de Janeiro: Wak Ed., 2009.

GUBA, Egon G.; LINCOLN, Yvonna S. Fourth generation evaluation. Newbury Park, California: Sage Publications, 1989.

HOFFMANN, Jussara. Avaliar para promover: as setas do caminho. Porto Alegre: Mediação, 2001.

MAINARDES, Jefferson. A abordagem do ciclo de políticas: uma contribuição para a análise de políticas educacionais. Educação e Sociedade, Campinas, v. 27, n. 94, p. 47-69, Jan/Abr. 2006.

MAINARDES, Jefferson. Reinterpretando os ciclos de aprendizagem. São Paulo: Cortez, 2007.

MARINHO, Paulo Manuel Teixeira. A avaliação da aprendizagem no ensino básico: contributos para a compreensão da sua relação com o sucesso escolar. 2014. 410 f. Tese (Ciências da Educação) - Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade do Porto, Porto, 2014.

MARINHO, Paulo; FERNANDES, Preciosa; LEITE, Carlinda. A avaliação da aprendizagem: da pluralidade de enunciações à dualidade de concepções. Acta Scientiarum. Maringá, v. 36, n. 1, p. 153-164, Jan.-Jun., 2014.

MELCHIOR, Maria Celina. Avaliação Pedagógica – Função e Necessidades. 3. ed. Porto Alegre: Mercado Aberto, 1994.

MÉNDEZ, Juan Manuel Álvares. Avaliar para conhecer-examinar para excluir. Porto Alegre: Artmed, 2002.

OLIVEIRA-MENDES, Solange Alves de. Avaliação das aprendizagens, ciclos e ensino de língua portuguesa. In: XII CONGRESSO NACIONAL DE EDUCAÇÃO; III SEMINÁRIO INTERNACIONAL DE REPRESENTAÇÕES SOCIAIS, SUBJETIVIDADE E EDUCAÇÃO; IX ENCONTRO NACIONAL SOBRE ATENDIMENTO ESCOLAR HOSPITALAR; V SEMINÁRIO INTERNACIONAL SOBRE PROFISSIONALIZAÇÃO DOCENTE. Formação de professores, complexidade e trabalho docente. Anais... Curitiba, PUC-Paraná, v. 01, p. 01-16, 2015.

ORLANDI, Eni Puccinelli. Análise do Discurso: Princípios e procedimentos. 9. ed. Campinas, SP: Pontes Editores, 2010.

ORLANDI, Eni Puccinelli. Discurso e leitura. São Paulo: Cortez, 2012.

PERRENOUD, Philippe. Avaliação: da excelência à regulação das aprendizagens – entre duas lógicas. Tradução Chittoni Ramos. Porto Alegre: Artmed, 1999.

SAVIANI, Dermeval. Histórias das Ideias Pedagógicas no Brasil. Campinas, SP: Autores Associados, 2007.

SCRIVEN, M. The Methodology of Evaluation: perspectivas of curriculum evaluation. AERA. Monograph 1, Rand McNally and Co., Chicago, 1967.

SILVA, Janssen Felipe da. Avaliação na perspectiva formativa-reguladora: pressupostos teóricos e práticos. Porto Alegre: Mediação, 2010.

VILLAR, Ana Paula Russo. A prática avaliativa em uma organização escolar por ciclos de aprendizagem. 2009. 257 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Centro de Educação, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2009.

VILLAS BOAS, Benigna Maria de Freitas. A avaliação no bloco inicial de alfabetização no DF. In: 29ª REUNIÃO ANUAL DA ANPEd. Anais, Gt:13, Caxambu/MG, 2006.

VILLAS BOAS, Benigna Maria de Freitas. Avaliação para aprendizagem: o que se aprende? quem aprende? In: XIV ENCONTRO NACIONAL DE DIDÁTICA E PRÁTICA DE ENSINO (ENDIPE), Anais... 2008.

VILLAS BOAS, Benigna Maria de Freitas. Virando a escola do avesso por meio da avaliação. Campinas, SP: Papirus, 2013.

ZABALA, Antoni. A prática educativa: como ensinar. Tradução Ernani F. da Rosa. Porto Alegre: Artmed, 1998.

Métricas

Carregando Métricas ...

Publicado

07-02-2018

Como Citar

MAGALHÃES, P. M. V. dos S.; GONÇALVES, C. de L.; ALMEIDA, L. A. A. de; OLIVEIRA-MENDES, S. A. de. Dos discursos aos sentidos: as práticas avaliativas de professores dos anos iniciais do Ensino Fundamental (From discourses to meanings: teachers’ evaluative practices in the frst grades of Elementary School). Revista Eletrônica de Educação, [S. l.], v. 12, n. 1, p. 90–103, 2018. DOI: 10.14244/198271991933. Disponível em: https://www.reveduc.ufscar.br/index.php/reveduc/article/view/1933. Acesso em: 15 jun. 2024.

Edição

Seção

Artigos
##plugins.generic.dates.received## 2016-11-07
##plugins.generic.dates.accepted## 2017-10-04
##plugins.generic.dates.published## 2018-02-07