Identidade docente: as várias faces da constituição do ser professor

Dijnane Fernanda Vedovatto Iza, Larissa Cerignoni Benites, Luiz Sanches Neto, Marina Cyrino, Elisangela Venâncio Ananias, Rebeca Possobom Arnosti, Samuel de Souza Neto

Resumo


DOI:http://dx.doi.org/10.14244/198271999978

O presente artigo é resultado da produção conjunta de um grupo de pesquisadores dos programas de Pós-Graduação em Ciências da Motricidade e em Educação, alocados na Universidade Estadual Paulista (UNESP), Campus Rio Claro, Brasil, que tem como foco de estudos a formação de professores. Esse esforço coletivo teve como propósito apresentar os resultados das pesquisas de cada um dos autores deste artigo, tendo como objetivo explorar a identidade docente. Trata-se de uma pesquisa qualitativa, do tipo exploratória, que utilizou como fonte de dados as investigações de Trabalho de Conclusão de Curso, Mestrado e Doutorado, possibilitando a reflexão sobre a identidade docente a partir de múltiplos olhares, buscando reconhecer elementos que contribuem tanto nos momentos de formação, quanto nos momentos do exercício docente. Foram identificados três eixos de análise: Experiência e Saber da Experiência; Profissionalidade Docente, e Formação inicial e continuada. A partir destes eixos, percebeu-se o desenvolvimento pessoal do professor como elemento central. Pontua-se ainda que a identidade docente é dinâmica e tem relação direta com o contexto social no qual se está inserido. Assim, as pesquisas analisadas perpassam diferentes contextos, podendo revelar elementos significativos à formação inicial e continuada de educadores, além de oferecer contribuições para a compreensão da educação brasileira a partir de perspectivas investigativas complementares.

Palavras-chave: Identidade docente, Formação de professores, Afetividade docente, Desenvolvimento Profissional.

 


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14244/19827199978

____________

Propriedade Intelectual

Revista Eletrônica de Educação adota a licença Creative Commons BY-NC do tipo "Atribuição Não Comercial".

Essa licença permite, exceto onde está identificado, que o usuário final remixe, adapte e crie a partir do seu trabalho para fins não comerciais, sob a condição de atribuir o devido crédito e da forma especificada pelo autor ou licenciante.

Para mais informações, consultar: https://br.creativecommons.org/

____________

REVISTA ELETRÔNICA DE EDUCAÇÃO. São Carlos (SP): Universidade Federal de São Carlos, Programa de Pós-Graduação em Educação, 2007- . Publicação contínua. ISSN 1982-7199. Disponível em: http://www.reveduc.ufscar.br