O PAPEL DO PROFESSOR FORMADOR EM UMA AÇÃO DE FORMAÇÃO: UMA EXPERIÊNCIA NA ABORDAGEM CONSTRUCIONISTA

Ádamo Duarte de Oliveira, Suely Scherer

Resumo


Este artigo, recorte de uma pesquisa, tem como objetivo analisar o papel desempenhado pelo professor formador em uma ação de formação continuada, vivenciada por um grupo de dez professores de matemática de 6° ao 9° ano do ensino fundamental. Essa formação foi organizada para discutir o uso de laptops educacionais, com foco no uso do software Klogo, distribuídos nas escolas contempladas pelo Projeto UCA (Um Computador por Aluno), no município de Terenos, no estado do Mato Grosso do Sul, Brasil. A ação de formação foi orientada pelos estudos de Papert (2008), sobre abordagem construcionista, os estudos realizados por Brousseau (2008), sobre a Teoria das Situações Didáticas (TSD), que contribuíram para a definição do papel do professor formador durante o processo de formação dos professores envolvidos, e, os estudos desenvolvidos por Valente (2005) sobre o Ciclo de Ações e a Espiral de Aprendizagem, que possibilitaram compreender alguns dos papéis do professor formador no processo de construção de conhecimentos com uso de computadores. As análises evidenciam algumas das características do papel do professor formador, tais como a de propor e criar problemas significativos; não intervir diretamente sobre o saber nas situações propostas; criar um ambiente desafiador, questionando constantemente os professores sobre suas certezas, levando-os a pensar sobre o seu pensar e consequentemente favorecendo o processo de construção de conhecimentos.

Palavras–chave: Formação continuada; professor formador; Construção do conhecimento; Laptops educacionais.

DOI: http://dx.doi.org/10.14244/19827199726


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14244/19827199726

____________

Propriedade Intelectual

Revista Eletrônica de Educação adota a licença Creative Commons BY-NC do tipo "Atribuição Não Comercial".

Essa licença permite, exceto onde está identificado, que o usuário final remixe, adapte e crie a partir do seu trabalho para fins não comerciais, sob a condição de atribuir o devido crédito e da forma especificada pelo autor ou licenciante.

Para mais informações, consultar: https://br.creativecommons.org/

____________

REVISTA ELETRÔNICA DE EDUCAÇÃO. São Carlos (SP): Universidade Federal de São Carlos, Programa de Pós-Graduação em Educação, 2007- . Publicação contínua. ISSN 1982-7199. Disponível em: http://www.reveduc.ufscar.br