MUNDOS VIRTUAIS E EDUCAÇÃO: DESAFIOS E POSSIBILIDADES

Aristóteles da Silva Oliveira, Fernando Silvio Cavalcante Pimentel, Luís Paulo Leopoldo Mercado, Tatiane Campos

Resumo


Este artigo apresenta uma análise dos mundos virtuais com foco no estudo de novas metodologias para o ensino superior. Durante a pesquisa, numa abordagem webgráfica e analítica, foram analisados quatro mundos virtuais a partir de suas características, confrontando com a teoria do conectivismo e tendo como aporte teórico as indicações da necessidade de se buscar novas metodologias que atendam a realidade da sociedade em rede, a partir do estudo de teóricos como Moita (2012), Mattar e Valente (2007), Alves (2008) e Mauri e Onrubia (2010). Os resultados apontam as possibilidades de interação e de uso para fins educacionais específicos, como no caso de engenharia ou arquitetura. Faz-se necessária a realização de pesquisas empíricas que usem os mundos virtuais no cotidiano do ensino superior, com foco na aplicação dos estudos realizados nesta etapa formativa. O currículo dos cursos de formação de professores deve ser revisto, buscando-se uma adequação para que professores sejam formados a partir de competências que atendam a esta realidade da sociedade.

Palavras-chave: conectivismo; mundos virtuais; educação superior.

DOI: http://dx.doi.org/10.14244/19827199639


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14244/19827199639

____________

Propriedade Intelectual

Revista Eletrônica de Educação adota a licença Creative Commons BY-NC do tipo "Atribuição Não Comercial".

Essa licença permite, exceto onde está identificado, que o usuário final remixe, adapte e crie a partir do seu trabalho para fins não comerciais, sob a condição de atribuir o devido crédito e da forma especificada pelo autor ou licenciante.

Para mais informações, consultar: https://br.creativecommons.org/

____________

REVISTA ELETRÔNICA DE EDUCAÇÃO. São Carlos (SP): Universidade Federal de São Carlos, Programa de Pós-Graduação em Educação, 2007- . Publicação contínua. ISSN 1982-7199. Disponível em: http://www.reveduc.ufscar.br