UM ENCONTRO COM LIANE MOZÈRE: PERSPECTIVAS PÓS-ESTRUTURALISTAS NOS ESTUDOS DA PEQUENA INFÂNCIA

Ana Cristina Coll Delgado

Resumo


A socióloga Liane Mozère tem se dedicado, por mais de trinta anos, às pesquisas com crianças de zero a três anos e com profissionais de creches. Ela tem várias publicações sobre infância e gênero e, desde 2002, começou a pôr em evidência, nos seus estudos, os conceitos de Gilles Deleuze e Félix Guattari, com os quais trabalhou durante anos, além das referências decorrentes de seus encontros com Michel Foucault e René Schérer. Neste texto, apresento algumas reflexões extraídas das leituras de artigos dessa autora, uma vez que temos poucas produções no Brasil sobre bebês e crianças bem pequenas com ênfase nos estudos pós-estruturalistas.

Palavras-chave: pequena infância; estudos pós-estruturalistas; creche.

DOI: http://dx.doi.org/10.14244/19827199622

 


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14244/19827199622

____________

Propriedade Intelectual

Revista Eletrônica de Educação adota a licença Creative Commons BY-NC do tipo "Atribuição Não Comercial".

Essa licença permite, exceto onde está identificado, que o usuário final remixe, adapte e crie a partir do seu trabalho para fins não comerciais, sob a condição de atribuir o devido crédito e da forma especificada pelo autor ou licenciante.

Para mais informações, consultar: https://br.creativecommons.org/

____________

REVISTA ELETRÔNICA DE EDUCAÇÃO. São Carlos (SP): Universidade Federal de São Carlos, Programa de Pós-Graduação em Educação, 2007- . Publicação contínua. ISSN 1982-7199. Disponível em: http://www.reveduc.ufscar.br