A UTILIZAÇÃO DAS TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO NA PRÁTICA DE DOCENTES

Raquel Rosan Christino Gitahy, Jaqueline de Souza José

Resumo


O presente trabalho é fruto de uma pesquisa de dissertação de mestrado que investigou a compreensão que os professores de escola pública estadual têm da utilização da tecnologia da informação e comunicação na prática docente. Nesta perspectiva, foram estudados contextos, processos, fatores, disponibilidade de recursos computacionais e resultados da introdução da informática educacional nas escolas. A análise e a discussão dos dados foram feitas à luz de contribuições teóricas que subsidiam o paradigma educacional emergente, especialmente relacionadas à tecnologia da informação e comunicação aplicada ao ensino e à formação de professores. Tratou-se de uma pesquisa fundamentalmente de caráter qualitativo que envolveu a prática e a familiaridade das ferramentas computacionais de oito professores do Ensino Fundamental de uma escola da rede pública estadual de ensino da cidade de José Bonifácio – SP, Brasil. As ações elaboradas para esta pesquisa desenvolveram-se por meio de seis encontros presenciais de 2 horas cada um e 18 horas de trabalho a distância (on-line), perfazendo-se um total de 30 horas, com a utilização da plataforma de Ensino a distância denominada “TelEduc”. Os instrumentos utilizados na coleta de dados foram questionários, encontros presenciais reflexivos e realização das atividades propostas no ambiente de Ensino a distância. A análise das informações obtidas permitiu concluir que a falta de habilidade com equipamentos computacionais e a ausência de um planejamento para o uso dos recursos computacionais apresentam-se como entraves na utilização da Sala Ambiente de Informática (SAI).

Palavras-chave: Formação de professores; Informática educacional; Ensino a distância; Paradigma emergente.

DOI: http://dx.doi.org/10.14244/19827199599


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14244/19827199599

____________

Propriedade Intelectual

Revista Eletrônica de Educação adota a licença Creative Commons BY-NC do tipo "Atribuição Não Comercial".

Essa licença permite, exceto onde está identificado, que o usuário final remixe, adapte e crie a partir do seu trabalho para fins não comerciais, sob a condição de atribuir o devido crédito e da forma especificada pelo autor ou licenciante.

Para mais informações, consultar: https://br.creativecommons.org/

____________

REVISTA ELETRÔNICA DE EDUCAÇÃO. São Carlos (SP): Universidade Federal de São Carlos, Programa de Pós-Graduação em Educação, 2007- . Publicação contínua. ISSN 1982-7199. Disponível em: http://www.reveduc.ufscar.br