DESENVOLVIMENTO NA PRIMEIRA INFÂNCIA: CARACTERÍSTICAS VALORIZADAS PELOS FUTUROS EDUCADORES DE INFÂNCIA

Isabel Simões Dias, Sónia Correia, Patrícia Marcelino

Resumo


Este trabalho de investigação procura identificar os saberes que cinquenta estudantes do curso de formação inicial em Educação de Infância (Escola Superior de Educação e Ciências Sociais - Instituto Politécnico de Leiria, Portugal) revelaram possuir sobre o desenvolvimento das crianças na primeira infância (dos zero aos três anos). Recorrendo-se a uma metodologia qualitativa, analisaram-se vinte e cinco trabalhos de revisão de literatura sobre o desenvolvimento infantil elaborados no âmbito da unidade de Prática Pedagógica II (3.º ano), no ano letivo de 2008-2009. A análise de conteúdo efetuada por um painel de três juízes revelou o olhar dos estudantes sobre o conceito e as características do desenvolvimento que ocorrem durante estes primeiros anos de vida. Os dados obtidos permitem-nos inferir que a característica holística do desenvolvimento foi pouco enfatizada pelos estudantes e que, ao nível dos diferentes domínios do desenvolvimento humano, os futuros educadores valorizaram o domínio físico-motor e linguístico em comparação com os domínios cognitivo e psicossocial. Estes resultados assumem-se como importantes para o processo de reflexão relativo à construção da profissionalidade docente, principalmente no que se refere ao trabalho desenvolvido na formação inicial, com futuros educadores de infância. Na verdade, o conhecimento das características do desenvolvimento da criança até aos três anos é um dos principais suportes para a intencionalidade educativa e intervenção adequada com as crianças nestas idades.

Palavras-chave: Desenvolvimento; Primeira Infância; Formação Inicial.

DOI: http://dx.doi.org/10.14244/19827199483


 


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14244/19827199483

____________

Propriedade Intelectual

Revista Eletrônica de Educação adota a licença Creative Commons BY-NC do tipo "Atribuição Não Comercial".

Essa licença permite, exceto onde está identificado, que o usuário final remixe, adapte e crie a partir do seu trabalho para fins não comerciais, sob a condição de atribuir o devido crédito e da forma especificada pelo autor ou licenciante.

Para mais informações, consultar: https://br.creativecommons.org/

____________

REVISTA ELETRÔNICA DE EDUCAÇÃO. São Carlos (SP): Universidade Federal de São Carlos, Programa de Pós-Graduação em Educação, 2007- . Publicação contínua. ISSN 1982-7199. Disponível em: http://www.reveduc.ufscar.br