Formadores de professores: conceito, contextos e perspectivas de atuação em processos de indução à docência (Teacher educators: concept, contexts and perspectives of action in teaching induction processes)

Neusa Banhara Ambrosetti, Francine de Paulo Martins Lima, Glaucia Signorelli, Ana Maria Gimenes Corrêa Calil

Resumo


e4263118

The objective of this article is to contribute to the reflection around the figure of the school trainer, examining the nature and specificities of his work, the role and the perspectives of this professional's performance in the induction processes of beginning teachers. The text is presented in the form of a theoretical essay, in dialogue with authors who have been discussing these issues. The discussion was supported by studies on teacher educators who work in continuing education, within schools or education systems. The studies pointed out the complexity and relevance of this function in the professional development process of teachers and in the search for the qualification of teaching processes. Teacher educators are essential figures in the process of induction of novice teachers, with the responsibility of developing the welcoming and support actions necessary for beginners, in order to create a gradual insertion in culture and in the professional group. From the analysis of the different studies included in the text, some aspects to be considered are highlighted, in order to contribute to the development of initiatives in the design of induction processes for beginning teachers.

Resumo

O objetivo do presente artigo é contribuir para a reflexão em torno da figura do formador escolar, examinando a natureza e as especificidades do seu trabalho, o papel e as perspectivas de atuação desse profissional nos processos de indução de professores iniciantes. O texto apresenta-se em forma de um ensaio teórico, na interlocução com autores que vêm discutindo essas questões. A discussão apoiou-se em estudos sobre os formadores de professores que atuam na formação continuada, no âmbito das escolas ou sistemas de ensino. Os estudos apontaram a complexidade e relevância dessa função no processo de desenvolvimento profissional de professores e na busca pela qualificação dos processos de ensino. Os formadores de professores revelam-se figuras essenciais nos processos de indução de professores novatos, tendo sob sua responsabilidade o desenvolvimento de ações de acolhimento e apoio necessários aos iniciantes, de forma a favorecer a inserção gradativa na cultura e no grupo profissional. A partir das análises dos diferentes estudos contemplados no texto, são destacados alguns aspectos a serem considerados, no sentido de contribuir para o desenvolvimento de iniciativas no delineamento de processos de indução de professores iniciantes.

Palavras-chave: Formadores de professores, Formadores escolares, Indução à docência, Desenvolvimento profissional.

Keywords: Teacher educators, School teacher educators, Teaching induction, Professional development.

References

ALMEIDA, Laurinda Ramalho de; SOUZA, Vera Lucia Trevisan de; PLACCO, Vera Maria Nigro de Souza. Legislado versus executado: análise das atribuições formativas do coordenador pedagógico. Est. Aval. Educ., São Paulo, v. 27, n. 64, p. 70-94, jan./abr. 2016. Disponível em: http://publicacoes.fcc.org.br/ojs/index. php/eae/article/view/3647/3156. Acesso em: 30 maio 2020.

ALTET, Marguerite. (Tradução de Dagoberto Buim Arena e Adriana Pastorello Buim Arena) Profissionalização do ofício de professor e da formação em questão: explorar as contribuições da pesquisa para fortalecer e refundar a profissão. In: SPAZZIANI, Maria de Lourdes. (Org.) Profissão de Professor: cenários, tensões e perspectivas. São Paulo: Editora Unesp Digital, 2017, p. 39-66.

ALTET, Marguerite. A profissionalização incerta dos formadores de professores. In: ALTET, Marguerite; PERRENOUD Philippe; PAQUAY Léopold. (Org) A profissionalização dos formadores de professores. Trad. Fátima Murad. Porto Alegre: Artmed, 2003, p. 9-17.

ANDRÉ, Marli. Políticas e programas de apoio aos professores iniciantes no Brasil. Cadernos de Pesquisa, v.42, n.145, São Paulo, jan./abr. 2012a. p. 112-129. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/cp/v42n145/08.pdf. Acesso em:  12 fev. 2020.

ANDRÉ, Marli Eliza Dalmazo Afonso de. Professores do PED criam Mestrado Profissional em Educação: Formação de Formadores. Psicologia da Educação, São Paulo, 35, 2º sem. de 2012, p. 215-220. Disponível em: http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-69752012000200011.

ANDRÉ, Marli. Políticas de formação continuada e de inserção à docência no Brasil. Educação Unisinos, v. 19, n. 1, jan.-abr., 2015, p. 34-44. Disponível em:http://revistas.unisinos.br/index.php/educacao/article/view/edu.2015.191.03. Acesso em 30 abr. 2020.

BARBIER, Jean Marie. Formação de adultos e profissionalização: tendências e desafios. Brasília: Liber Livros, 2013. 200p.

BEILLEROT, Jacky. La formación de formadores: entre la teoría y la práctica. Buenos Aires, Ediciones Novedades Educativas, Universidade Nacional de Buenos Aires, 1998. 133 p.

BENITES, Larissa Cerignoni; SARTI, Flávia Medeiros; SOUZA NETO, Samuel de. De mestres de ensino a formadores de campo no estágio supervisionado. Cadernos de Pesquisa, vol.45, n.155, São Paulo jan.-mar., 2015. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/cp/v45n155/1980-5314-cp-45-155-00100.pdf. Acesso em: 15 abr. 2020.

CALVO, Glória. Desarrollo profesional docente: el aprendizaje profesional colaborativo. In: Temas críticos para formular nuevas políticas docentes en América Latina y el Caribe: el debate actual. Orealc, UNESCO Santiago, Paris, França, 2014.

CHARLOT, Bernard. Lógica dos discursos constituídos e lógica das práticas. Educação em Debate, Fortaleza, v. 1, n. 41, 2001, p. 5-11.

DAVIS, Claudia L.F.; NUNES, Marina Muniz R.; ALMEIDA, Patrícia Albieri de; SILVA, Ana Paula Ferreira da; SOUZA, Juliana Cedro de. Formação continuada de professores: uma análise das modalidades e das práticas em estados e municípios brasileiros. São Paulo: FCC/DPE, 2012.

ESTRELA, Maria Tereza; MADUREIRA, Isabel; LEITE Teresa. Processos de identificação de necessidades-uma reflexão. Revista de Educação, vol. 8, n.1, 1999, p. 29-47.

GATTI, Bernardete Angelina; BARRETO, Elba Siqueira de Sá; ANDRÉ, Marli Eliza Dalmazo Afonso de; ALMEIDA, Patrícia Cristina Albieri. Professores do Brasil: novos cenários de formação. Brasília: UNESCO, 2019.

HUBERMAN, Michaël. O ciclo de vida profissional dos professores. In: NÓVOA, António. (Org.) Vidas de professores. Porto: Porto, 1992, p. 31-61.

MARCELO, Carlos; VAILLANT, Denise. Políticas y programas de inducción en la docencia en Latinoamérica. Cadernos de Pesquisa, v.47 n.166 p.1224-1249, out./dez. 2017. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/cp/v47n166/1980-5314-cp-47-166-1224.pdf. Acesso em: 25 fev. 2020.

MARCELO GARCIA, Carlos. Formação de professores: para uma mudança educativa. Tradutora Isabel Narciso. Portugal: Porto Editora, 1999, 272 p.

MIZUKAMI, Maria da Graça Nicoletti. Aprendizagem da docência: Professores formadores. Revista E-Curriculum, São Paulo, v.1, n.1, dez.- jul. 2005-2006.

­­­­NÓVOA, Antônio. Professores: imagens do futuro presente. Lisboa: Educa, 2009, 95 p.

­­­­NÓVOA, Antônio. Firmar a posição como professor, afirmar a profissão docente. Cadernos de Pesquisa, v.47, n.166, p.1106-1133, out./dez. 2017. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/cp/v47n166/1980-5314-cp-47-166-1106.pdf. Acesso em: 28 fev. 2020.

OLIVEIRA, Silvia Matsuoka de. A formação de professores formadores do Cefapro-MT: desenvolvimento e identidade profissional. 2015. Tese (Doutorado em Psicologia). Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2015.

PLACCO, Vera Maria Nigro de S.; SOUZA, Vera Lucia Trevisan; ALMEIDA, Laurinda R. O coordenador pedagógico: aportes à proposição de políticas públicas. Cadernos de Pesquisa, v.42, n.147, p.754-771, set.-dez. 2012. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/cp/v42n147/06.pdf. Acesso em: 14 abr. 2020.

PLACCO, Vera Maria Nigro de S.; SOUZA, Vera Lucia Trevisan (Orgs.). Aprendizagem do adulto professor. São Paulo: Loyola, 2003, 96 p.

REALI, Aline Maria de Medeiros Rodrigues; TANCREDI, Regina Maria Simões Puccinelli; MIZUKAMI, Maria da Graça Nicoletti. Desenvolvimento profissional de professores iniciantes em um Programa de mentoria online: experiências de ensino e Aprendizagem (eea) como ferramentas investigativas e formativas. Revista e-Curriculum, São Paulo, v. 12 n. 01 jan./abr. 2014, p. 1022-1056. Disponível em: http://revistas.pucsp.br/curriculum/article/view/10369. Acesso em: 29 maio 2020.

SNOECKX, Mireille. Formadores de professores: uma identidade ainda balbuciante. In: ALTET Marguerite; PERRENOUD Philippe; PAQUAY Léopold (Org.). A profissionalização dos formadores de professores. Porto Alegre: Artmed, 2003.

VAILLANT, Denise. Formação de Formadores: estado da prática. Rio de Janeiro: PREAL (Programa de Promoção da Reforma Educativa na América Latina e Caribe), 2003.

WONG, Harry. K. Induction Programs That Keep New Teachers Teaching and Improving. NASSP Bulletin, v.88, n.638, March, 2004, p.41-58.


Texto completo:

PDF PDF (English)


DOI: https://doi.org/10.14244/198271994263

____________

Propriedade Intelectual

Revista Eletrônica de Educação adota a licença Creative Commons BY-NC do tipo "Atribuição Não Comercial".

Essa licença permite, exceto onde está identificado, que o usuário final remixe, adapte e crie a partir do seu trabalho para fins não comerciais, sob a condição de atribuir o devido crédito e da forma especificada pelo autor ou licenciante.

Para mais informações, consultar: https://br.creativecommons.org/

____________

REVISTA ELETRÔNICA DE EDUCAÇÃO. São Carlos (SP): Universidade Federal de São Carlos, Programa de Pós-Graduação em Educação, 2007- . Publicação contínua. ISSN 1982-7199. Disponível em: http://www.reveduc.ufscar.br