A COMUNICAÇÃO ORAL NAS AULAS DE MATEMÁTICA NOS ANOS INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL

Adair Mendes Nacarato

Resumo


Desde as reformas curriculares da década de 1980 vem se discutindo a necessidade de uma nova cultura de aula que possibilite os processos de significação matemática, rompendo com práticas centradas apenas em procedimentos algorítmicos e mecanizados. Os processos de comunicação vêm se impondo como condição necessária para a aprendizagem matemática. Nos últimos anos, várias pesquisas foram desenvolvidas tomando os processos de escrita como uma das formas de comunicação entre os alunos e entre estes e os professores. No entanto, pouco se tem discutido sobre a importância da oralidade nas aulas de matemática. O presente artigo se propõe a discutir a constituição de um ambiente de aprendizagem que proporcione a oralidade nas aulas de matemática como forma de desenvolver a argumentação nos alunos e possibilitar o movimento de elaboração conceitual. Parte-se de pressupostos vigotskianos e bakhtinianos para a construção de um quadro teórico que dê sustentação aos processos de comunicação e significação em sala de aula. Tais pressupostos norteiam a análise de dois episódios em sala de aula com alunos dos anos iniciais do ensino fundamental, de escolas públicas paulistas. Nesses episódios evidenciam-se como a interação verbal e a mediação pedagógica possibilitam modos de argumentação e a circulação de significações matemáticas.

Palavras-chave: Comunicação; Interação verbal; Mediação pedagógica; Matemática nos anos iniciais.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14244/19827199410

____________

Propriedade Intelectual

Revista Eletrônica de Educação adota a licença Creative Commons BY-NC do tipo "Atribuição Não Comercial".

Essa licença permite, exceto onde está identificado, que o usuário final remixe, adapte e crie a partir do seu trabalho para fins não comerciais, sob a condição de atribuir o devido crédito e da forma especificada pelo autor ou licenciante.

Para mais informações, consultar: https://br.creativecommons.org/

____________

REVISTA ELETRÔNICA DE EDUCAÇÃO. São Carlos (SP): Universidade Federal de São Carlos, Programa de Pós-Graduação em Educação, 2007- . Publicação contínua. ISSN 1982-7199. Disponível em: http://www.reveduc.ufscar.br