A MATEMÁTICA E O LUGAR DO PROFESSOR NOS ANOS INICIAIS: O PONTO DE VISTA DOS ALUNOS DA PEDAGOGIA

Eliane Maria Vani Ortega, Vinício de Macedo Santos

Resumo


O presente estudo investiga o processo de construção de saberes dos estudantes de Pedagogia em relação à natureza do conhecimento matemático e a ser professor de Matemática nos anos iniciais do Ensino Fundamental. Trata-se de pesquisa de natureza qualitativa, de cunho analítico-descritivo e longitudinal, que foi realizada no período 2007-2010, com alunos do curso de Pedagogia da Faculdade de Ciências e Tecnologia da UNESP, Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”, em Presidente Prudente, região oeste do interior do Estado de São Paulo. O desenvolvimento da pesquisa envolveu a utilização de questionário de apoio para a seleção dos sujeitos do curso de Pedagogia e aplicação de entrevistas semi-estruturadas ao final dos anos de 2007, 2008, 2009 e 2010. Os resultados foram analisados a partir de quadro de referência sobre a natureza do conhecimento matemático e os saberes docentes e mostram as alterações de visões dos sujeitos durante a formação inicial. Os sujeitos, a partir da reflexão sobre suas experiências vivenciadas como alunos na educação básica, em cada ano em que são entrevistados, ressignificam seus saberes por meio da influência das diferentes disciplinas estudadas no curso. Os sujeitos entrevistados demonstram uma aproximação da visão do conhecimento matemático como construção humana, preocupação predominante com a relação professor-aluno no processo de aprendizagem e se sentem capazes de sugerir metodologias de ensino. Ao final do curso, eles afirmam que mesmo não tendo domínio completo de alguns conceitos matemáticos, a relação que eles mantém com o conhecimento matemático melhorou e se dizem mais seguros e preparados para trabalhar com a Matemática.

Palavras-chave: Natureza do conhecimento matemático; Saberes; Professores dos anos iniciais; Conceitos matemáticos.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14244/19827199369

____________

Propriedade Intelectual

Revista Eletrônica de Educação adota a licença Creative Commons BY-NC do tipo "Atribuição Não Comercial".

Essa licença permite, exceto onde está identificado, que o usuário final remixe, adapte e crie a partir do seu trabalho para fins não comerciais, sob a condição de atribuir o devido crédito e da forma especificada pelo autor ou licenciante.

Para mais informações, consultar: https://br.creativecommons.org/

____________

REVISTA ELETRÔNICA DE EDUCAÇÃO. São Carlos (SP): Universidade Federal de São Carlos, Programa de Pós-Graduação em Educação, 2007- . Publicação contínua. ISSN 1982-7199. Disponível em: http://www.reveduc.ufscar.br