PRIMEIRA EXPERIÊNCIA COM A CONSTRUÇÃO DE GRÁFICO: OS ANIMAIS DE ESTIMAÇÃO DOS ALUNOS DO 1º. ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL

Mie Kato Yokomizo, Keli Cristina Conti, Dione Lucchesi de Carvalho

Resumo


Com o objetivo de estudar Estatística, numa perspectiva de letramento, foi criado em Setembro de 2010 nas Faculdades Atibaia (FAAT), um grupo de estudos, coordenado por Keli Cristina Conti, do qual fazem parte professores da escola Básica e alunos do curso de Pedagogia da instituição. Motivados pelas discussões e apresentações de trabalhos no grupo, propusemos uma atividade para uma turma do 1.º ano do Ensino Fundamental de uma escola particular de Atibaia (SP). Para o planejamento da aula, nos baseamos nos Parâmetros Curriculares Nacionais - PCN (BRASIL, 1997), visto que apresentam o bloco de conteúdos chamado “Tratamento da Informação” que contempla o estudo da Estatística. A aula teve como tema os “animais de estimação” e como objetivos levar os alunos a: conhecer o gráfico de colunas, bem como saber interpretá-lo; contar e comparar números resultantes da contagem utilizando as informações do gráfico; conhecer a escrita do nome dos animais, abordando vogais e consoantes e a separação silábica. Descrevemos as etapas desenvolvidas com a turma como a apresentação da temática, a elaboração do gráfico, sua interpretação e a construção de uma tabela. Acreditamos que pudemos proporcionar um bom contato inicial com a Estatística, incentivando os alunos a perceber o contexto a seu redor, levantar hipóteses, coletar os dados, organizá-los (tratando-os) e lendo-os e interpretando-os quando organizados em um gráfico e em uma tabela. Podemos considerar que a escolha da temática também foi importante, buscando partir do interesse e da “vida real”, incentivando os alunos a observarem os fenômenos que ocorrem à sua volta.

Palavras-chave: Educação; Educação Matemática; Educação Estatística.

Agência financiadora: CAPES

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14244/%2519827199356

____________

Propriedade Intelectual

Revista Eletrônica de Educação adota a licença Creative Commons BY-NC do tipo "Atribuição Não Comercial".

Essa licença permite, exceto onde está identificado, que o usuário final remixe, adapte e crie a partir do seu trabalho para fins não comerciais, sob a condição de atribuir o devido crédito e da forma especificada pelo autor ou licenciante.

Para mais informações, consultar: https://br.creativecommons.org/

____________

REVISTA ELETRÔNICA DE EDUCAÇÃO. São Carlos (SP): Universidade Federal de São Carlos, Programa de Pós-Graduação em Educação, 2007- . Publicação contínua. ISSN 1982-7199. Disponível em: http://www.reveduc.ufscar.br