O projeto temático “Química e Energia em Prol de um Desenvolvimento Sustentável”: apontamentos iniciais (Thematic Project Chemistry and Energy towards sustainable development: initial appointments)

Fernanda Welter Adams, Scarlet Dandara Borges Alves, Dayane Graciele dos Santos, Simara Maria Tavares Nunes

Resumo


The use of differentiated methodologies allows to make Chemistry classes more attractive and to promote improvements in the teaching / learning process. Thus, in order to promote the active construction of knowledge, the fellows of the Chemistry subproject of the Institutional Program for the Initiation to Teaching (Pibid) of the Federal University of Goiás / Regional Catalão (UFG / RC) developed the Thematic Project "Chemistry and Energy for sustainable development ". One of the proposed activities was the elaboration / development of contextualized / problematized classes denominated "Sensitization". These ones addressed the theme "Energy and Sustainability" and the focus of the classes was the awareness for the use of Sustainable Energies. Thus, it was sought to promote the active subjects’ formation in the knowledge construction. The quantitative analysis was used in order to evaluate the impact of this project on the students’ training, considering the questionnaires as a source of data collection, with the questionnaires as a data collection instrument. It is evaluated that the contextualized classes served as a facilitating methodology of teaching / learning process, since they allowed students to experience activities that gave them an autonomous and critical formation. Thus, it is suggested that more activities of this type be worked on, who’s knowledge contextualization through a real and current problematic can help in the long sought citizen formation.

Resumo

O uso de metodologias diferenciadas permite tornar as aulas de Química mais atrativas e promover melhorias no processo ensino / aprendizagem. Assim, buscando propiciar a construção ativa do conhecimento, as bolsistas do subprojeto de Química do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (Pibid) da Universidade Federal de Goiás / Regional Catalão (UFG / RC) desenvolveram o Projeto Temático “Química e Energia em prol de um desenvolvimento sustentável”. Uma das atividades propostas foi a elaboração / desenvolvimento de aulas contextualizadas / problematizadas denominadas “Sensibilização”. Estas abordaram a temática “Energia e Sustentabilidade” e o foco das aulas foi a conscientização para o uso de Energias Sustentáveis. Assim, buscou-se propiciar a formação de sujeitos ativos na construção do conhecimento. A análise quantitativa foi utilizada a fim de avaliar o impacto deste projeto na formação dos alunos, tendo os questionários como instrumento de coleta de dados. Avalia-se que as aulas contextualizadas serviram como metodologia facilitadora do processo ensino/aprendizagem, pois permitiram que os alunos vivenciassem atividades as quais lhes propiciaram uma formação autônoma e crítica. Assim, sugere-se que sejam trabalhadas mais atividades desse tipo, cuja contextualização do conhecimento através de uma problemática real e atual possa ajudar na tão almejada formação cidadã.

Resumen

El uso de metodologías diferenciadas permite hacer las clases de Química más atractivas y promover mejoras en el proceso de enseñanza / aprendizaje. En el presente trabajo se analizaron los resultados obtenidos en el análisis de los resultados obtenidos en el análisis de los resultados obtenidos en el análisis de los resultados de la investigación para el desarrollo sostenible”. Una de las actividades propuestas fue la elaboración / desarrollo de clases contextualizadas / problematizadas denominadas de "Sensibilización". Así, se buscó propiciar que los alumnos se convirtieran en sujetos activos en la construcción del conocimiento. Para evaluar el impacto de este Proyecto en la formación de los alumnos se utilizó el análisis cualitativo, teniendo los cuestionarios como instrumento de recolección de datos. Se evalúa que las clases contextualizadas sirvieron como metodología facilitadora del proceso de enseñanza y aprendizaje pues permitieron la formación de ciudadanos autónomos y críticos.

Palavras-chave: Contextualização, Temas geradores, Metodologias diferenciadas, PIBID.

Key words: Contextualization, Teaching by subjects, Differentiated methodologies.

Palabras clave: Contextualización, Enseñanza por temas, Metodologías diferenciadas.

References

BOGDAN, R. C.; BIKLEN. S. K. Investigação qualitativa em educação: uma introdução a teoria e os métodos. Portugal: Editora Porto, 1994.

BRASIL, MEC. LDBEN-Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Lei nº 9394, de 20 de dezembro de 1996. D.O.U. de 23 de Dezembro de 1996.

BRASIL, MEC. Ministério da Educação e do Desporto. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros Curriculares Nacionais: Química. MEC/SEF, 1999.

BRASIL, MEC. Secretaria de Educação Média e Tecnológica - Ministério da Educação e Cultura. PCN + Ensino Médio: Orientações educacionais complementares aos Parâmetros Curriculares Nacionais. Brasília: MEC/SEMTEC, 2002.

BRASIL, MEC. Ministério da Educação e do Desporto. Secretaria de Educação Fundamental. Orientações Curriculares Nacionais: Química. MEC/SEF, 2006.

BRASIL, MEC. Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular. 2. ed. abr. 2016.

CANIVEZ, P. Educar o cidadão? Campinas: Papirus, 1991.

DELIZOICOV, D.; ANGOTTI, J. A.; PERNAMBUCO, M. M. Ensino de Ciências: fundamentos e métodos. São Paulo: Cortez, 2002.

FREIRE, P. Pedagogia do oprimido. 17. Ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1987.

GOMES, A. P.; ROÇAS, G.; DIAS COELHO, U. C.; CAVALHEIRO, P. O.; GONÇALVEZ, C. A. N.; SIQUEIRA BATISTA., R. Ensino de Ciências: Dialogando com David Ausubel. Revista Ciências&Ideias, n1, volume 1- outubro/ março, 2010.

GONZÁLEZ, C. V. Reflexiones y Ejemplos de Situaciones Didácticas para una Adecuada Contextualización de los Contenidos Científicos en el Proceso de Enseñanza. Revista Eureka sobre Ensenanza y Divulgación de las Ciencias. v.1, n. 3, p. 214-223, 2004.

LAVILLE, C.; DIONNE, J. A construção do saber: manual de metodologia de pesquisa em ciências humanas. Porto Alegre: Artmed, 1999.

OLIVEIRA, P. R. S. O ensino de química e as novas abordagens no ensino médio, Santa Catarina, 2004. Anais da 7ª SEMANA DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO (SEPEX) da UFSC. Disponível em:  / http://anais.sepex.ufsc.br/anais_4/index_fixo800600.html >. Acesso em: 07 de fevereiro de 2019.

PRADO, M. E. B. B. Articulando saberes e transformando a prática. Boletim do Salto para o Futuro. Série Tecnologia e Currículo, TV Escola. Brasília: Secretaria de Educação a Distância – Seed. Ministério da Educação, 2001.

RUDIO, F. V. Introdução ao projeto de pesquisa cientifica. Petrópolis: Vozes, 2002.

SANTOS, W. L. P.; SCHNETZLER, R. P. Educação em química – compromisso com a cidadania. 3. Ed. Rio Grande do Sul: Unijui, 2003.

SANTOS, W. L. P. Contextualização no ensino de ciências por meio de temas CTS em uma perspectiva crítica. Ciência & Ensino, v. 1, n. especial, p. 1-12, nov. 2007.

SCARFI, S. H. F.. Contextualização do Ensino de Química em uma Escola Militar. Química nova na escola. Vol. 32, N° 3, p. 176-183, 2010.

SILVA, E. L.; MARCONDES, M. E. R. Visões de contextualização de professores de química na elaboração de seus próprios materiais didáticos. Rev. Ensaio | Belo Horizonte. v.12 n.01 p.101-118. 2010.

SILVA, A. M. da. Proposta para tornar o ensino de química mais atraente. Revista de química Industrial, n. 731, p. 7-12, 2º. trim. 2011.

SPRINTHALL, N. A.; SPRINTHALL, R. C. Psicologia educacional: Uma Abordagem Desenvolvimentalista. Lisboa: Edit McGraw, 1993.

e2887022



Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14244/198271992887

____________

Propriedade Intelectual

Revista Eletrônica de Educação adota a licença Creative Commons BY-NC do tipo "Atribuição Não Comercial".

Essa licença permite, exceto onde está identificado, que o usuário final remixe, adapte e crie a partir do seu trabalho para fins não comerciais, sob a condição de atribuir o devido crédito e da forma especificada pelo autor ou licenciante.

Para mais informações, consultar: https://br.creativecommons.org/

____________

REVISTA ELETRÔNICA DE EDUCAÇÃO. São Carlos (SP): Universidade Federal de São Carlos, Programa de Pós-Graduação em Educação, 2007- . Publicação contínua. ISSN 1982-7199. Disponível em: http://www.reveduc.ufscar.br