PRAGMATISMO EM ARISTÓTELES: APROXIMAÇÕES COM AS COMPETÊNCIAS DO ENSINO ATUAL

Alessandro Barreta Garcia

Resumo


O objetivo deste artigo é contribuir para uma fundamentação do trabalho docente e do educador social, tendo como base exploratória a potência e ato em Aristóteles. No primeiro momento aborda-se o contexto da prática aristotélica; já no segundo, discorre-se de forma exploratória pelos caminhos das competências sob a exigência das novas tendências educacionais. E sobre a fundamentação da teoria educacional de Aristóteles foi utilizada uma análise historiográfica da obra Ética a Nicômaco. Como resultado pode-se perceber que o pragmatismo de Aristóteles pode se relacionar com as competências vivenciadas pela experiência dos indivíduos no ensino atual.


Palavras-chave
: Aristóteles; Educação; História da Educação; Pragmatismo.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14244/%2519827199268

____________

Propriedade Intelectual

Revista Eletrônica de Educação adota a licença Creative Commons BY-NC do tipo "Atribuição Não Comercial".

Essa licença permite, exceto onde está identificado, que o usuário final remixe, adapte e crie a partir do seu trabalho para fins não comerciais, sob a condição de atribuir o devido crédito e da forma especificada pelo autor ou licenciante.

Para mais informações, consultar: https://br.creativecommons.org/

____________

REVISTA ELETRÔNICA DE EDUCAÇÃO. São Carlos (SP): Universidade Federal de São Carlos, Programa de Pós-Graduação em Educação, 2007- . Publicação contínua. ISSN 1982-7199. Disponível em: http://www.reveduc.ufscar.br