ATENÇÃO! Prorrogado o prazo para 20/12/2020 do Edital de chamada de submissões para o dossiê “Formação de professores alfabetizadores: políticas, saberes e práticas”.

Da submissão dos trabalhos

1-A postagem das submissões deverá ser feita individualmente por cada autor, mediante seu cadastro na Revista. As diretrizes para autores estão disponíveis em: http://www.reveduc.ufscar.br/index.php/reveduc/about/submissions#authorGuidelines

2-O responsável pela postagem escolherá no campo relativo à seção:    Dossiê   “Formação de professores alfabetizadores: políticas, saberes e práticas”.

3-Os trabalhos deverão ser originais e inéditos nos formatos de artigo ou ensaio.

4-Não serão aceitos trabalhos que apresentem plágio ou autoplágio. Veja definição de plágio e autoplágio em: http://www.reveduc.ufscar.br/index.php/reveduc/issue/view/35

5-Somente serão avaliados para essa temática os textos enviados até a data de 20/12/2020, à meia-noite. Textos enviados fora do prazo poderão ser avaliados dentro do fluxo normal da Revista.

Dos autores proponentes

Os proponentes deverão ser professores e pesquisadores de instituições de ensino superior nacionais ou estrangeiras que possuam reconhecida competência acadêmica na área temática sobre a qual versa o Dossiê e terem seus currículos Lattes atualizados, bem como o registro ORCID.

Do processo de avaliação e de revisão dos artigos

Os artigos passarão individualmente pelo seguinte processo de avaliação:

a) análise quanto à forma: nessa fase, os artigos serão submetidos à leitura dos coordenadores do dossiê e avaliados quanto a sua adequação aos critérios gerais da Revista Eletrônica de Educação e às normas para submissão disponíveis em: http://www.reveduc.ufscar.br/index.php/reveduc/about/submissions#authorGuidelines

Caso não atendam às exigências, serão devolvidos os artigos que:

1. configuram-se unicamente como revisão bibliográfica;
2. configuram-se notadamente como simples recorte de uma dissertação ou tese, sem a devida adaptação;
3. apresentam-se sob forma de projeto de pesquisa ou relatório de pesquisa;
4. não apresentam análise aprofundada da temática que se propõem a discutir;
5. não centram sua problemática, nem de forma indireta, no campo da Educação;
6. possuem excessivos erros de redação bem como de estruturação de texto, de modo a dificultar a compreensão;
7. são meramente descritivos e não apresentam uma análise da problemática abordada;
8. não apresentam a forma de artigo científico e/ou acadêmico;
9. não cumprem as normas da revista Eletrônica de Educação (utilização do Template adequado, com inclusive a manutenção dos dados da revista no rodapé, normas ABNT etc.). Veja template disponível em http://www.reveduc.ufscar.br/index.php/reveduc/issue/view/36

Esses artigos serão devolvidos aos autores com a sugestão de reformulação e nova submissão, podendo ser avaliados para a demanda normal da revista e não mais para este dossiê.

b) revisão cega por pares quanto ao mérito:

Nessa segunda fase, a revista encaminha o artigo, sem identificação do autor, para avaliação de dois pareceristas da área temática (membros do Conselho Editorial ou pareceristas ad hoc). Os pareceristas podem aceitar integralmente o artigo, solicitar reformulações ou rejeitar. Essas decisões são feitas através de parecer descritivo. Quando dois pareceristas aceitam o artigo, o mesmo passa para a fase seguinte. Quando um ou dois pareceristas solicitam reformulação, o artigo é devolvido ao autor para proceder às reformulações. Quando o autor reenvia o texto reformulado, o mesmo é reavaliado, passando para a etapa final.

c) revisão e adequação do trabalho às normas da Revista Eletrônica de Educação:

Nessa última etapa, o artigo passa por revisão de linguagem e normalização. Caso seja necessário, o artigo é enviado ao autor para correções e adequações, para finalmente ser encaminhado para publicação.

d) dos artigos que comporão o dossiê:

O dossiê a ser publicado contemplará diversidade de autores, de instituições e de regiões do país e será composto de no mínimo 8 e máximo de 18 artigos. Os artigos que, embora aprovados, não comporão o dossiê poderão ser publicados em números posteriores como parte da demanda normal da revista, se os autores assim o desejarem.

São Carlos, 21 de setembro 2020.

 

Ilsa do Carmo Vieira Goulart e Giovanna Rodrigues Cabral

Coordenação do Dossiê

 

Aline Maria de Medeiros Rodrigues Reali

Editora-chefe Reveduc-UFSCar